Mais do que você gosta.

Publicidade

Entenda

Filme proibido de Danilo Gentili continua disponível na Netflix

Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola causa polêmica

Publicado por Karol M.

16/03/2022 15:21

Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola, filme de 2017 que foi recentemente acusado de fazer apologia a pedofilia, teve sua veiculação suspensa pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública nesta terça-feira (15), mas inda está disponível na Netflix.

Apesar de ser um filme de cinco anos atrás, a produção estrelada por Danilo Gentili e Fábio Porchat subiu para o TOP 3 de filmes mais vistos da plataforma de streaming nesta semana, com as recentes polêmicas envolvendo o longa-metragem.

Segundo determinação do ministro Anderson Torres, as plataformas de streaming Netflix, Telecine, Globoplay, YouTube, Apple e Amazon têm cinco dias para cumprir a decisão e remover o filme Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola de seu catálogo.

Caso contrário, serão multadas em R$ 50 mil por dia que o título continuar disponível.

A polêmica de Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola

Dirigido por Fabrício Bittar, o filme foi lançado em 2017 no Brasil e está disponível em diversas plataformas de streaming e em aluguel digital.

O filme conta a história de dois alunos, Bernardo e Pedro, que não conseguem cumprir as regras do diretor Ademar. No banheiro da escola, encontram um diário com dicas de como instaurar o caos no colégio, mas acabam passando por maus bocados.

Em uma das cenas, o personagem de Fábio Porchat chantageia os meninos, propondo favores sexuais, e a dupla sai correndo.

A cena foi acusada de apologia a pedofilia, mas o ator defendeu o projeto ao afirmar que se tratava de uma crítica, e não de uma apologia, e que quando o vilão faz coisas horríveis no filme, isso não é apologia ou incentivo àquilo que ele pratica, isso é o mundo perverso daquele personagem sendo revelado”, em suas palavras.

A polêmica de Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola segue disponível na Netflix.

Publicidade