Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar | Filme é criticado por organização dos direitos dos animais por causa de macaco que vomitava no set

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O quinto filme da franquia foi duramente criticado pela PETA depois que a atriz Kaya Scodelario disse que encontrou um macaco vomitando no set e que achou a cena “hilariante”.

“O membro do elenco mais memorável era o macaco, porque ele vomitava o tempo todo”, disse a atriz ao jornal The Sun.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Ele tinha um estômago muito pequeno e quando estávamos filmando no barco, ele só vomitava no meio das cenas, o que eu achei hilário”, completou.

Mas a organização dos direitos dos animais, PETA, ficou menos impressionada, pois já havia advertido os responsáveis pelo filme sobre as consequências do uso de animais vivos nas filmagens.

“Pedimos aos produtores do filme que usem imagens geradas por computador em vez de animais vivos. Hollywood deve aprender a lição de que simplesmente não há nenhuma maneira segura ou humana de forçar um animal selvagem a fazer um filme”, disse os representantes da PETA.

Em Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar, a única esperança de sobrevivência para Jack é o Tridente de Poseidon, mas para encontrá-lo ele tem que fazer uma aliança com Carina Smyth (Kaya Scodelario), uma brilhante astrônoma, e com Henry (Brenton Thwaites), um teimoso marujo da Marinha Real.

Comandando o Dying Gull, seu novo e pequeno navio, o Capitão Jack quer não só reverter sua recente má sorte, como salvar a própria vida de uma das ameaças mais formidáveis que já enfrentou.

Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar está nos cinemas brasileiros desde o dia 25 de maio.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio