Mais do que você gosta.

Publicidade

Sem spoilers

Moonfall pode acontecer na vida real? Veja o que a ciência diz

Filme de ficção científica tem Halle Berry, Patrick Wilson e grande elenco

Publicado por Alexandre Guglielmelli

06/02/2022 08:00

Em cartaz nos cinemas brasileiros, Moonfall: Ameaça Lunar ousa questionar uma inusitada possibilidade: o que aconteceria se a Lua caísse na Terra? Dirigido por Roland Emmerich, o filme de ficção científica tem feito sucesso com o público e provocado interessantes discussões entre cientistas e a crítica especializada.

Por motivos desconhecidos, a Lua sai de sua órbita e passa a se deslocar em direção à Terra. Em situação de emergência, um grupo de cientistas aceita a missão de ir até o satélite e impedir a colisão, antes que a vida humana seja extinta”, afirma a sinopse oficial de Moonfall.

Continua depois da publicidade

O longa é protagonizado por Halle Berry e Patrick Wilson, e conta também com John Bradley, Michael Peña, Charlie Plummer, Kelly Yu e Donald Sutherland no elenco.

Quem já conferiu a trama quer saber: uma situação do tipo poderia acontecer na vida real? O site Syfy consultou pesquisadores especializados e respondeu essa importante questão; veja abaixo.

Moonfall pode acontecer na vida real?

Para entender o que aconteceria se a lua caísse na Terra, como acontece em Moonfall, é preciso analisar o motivo da queda.

Na verdade, a lua está “caindo” na Terra o tempo todo. Mas devido à sua alta velocidade em relação à rotação da Terra, nunca chega a atingir a superfície.

Se você arremessar um objeto com força, poderá entender a trajetória das órbitas. No momento do arremesso, é possível concluir que o objeto se afasta enquanto simultaneamente cai em direção ao solo.

Quanto maior for a velocidade do arremesso, maior será a distância percorrida pelo objeto. Como a Terra é uma esfera (independente do que digam os terraplanistas), o solo lentamente se inclina para baixo.

Há uma velocidade na qual o impulso dianteiro de um objeto corresponde à curvatura da Terra. Nessa velocidade, um objeto pode continuar caindo para sempre, desde que não desacelere”, afirma o site Syfy.

As órbitas são mais complexas que essa explicação, mas basicamente, é isso que acontece. A gravidade puxa a Lua em direção à Terra, mas devido à velocidade, o satélite não chega perto de atingir a superfície – é uma órbita estável.

Dessa forma, para fazer a Lua cair na Terra, seria necessário diminuir a velocidade entre os corpos celestes.

O que aconteceria se Moonfall: Ameaça Lunar fosse real?

Caso a Lua realmente caísse na Terra, como indica a premissa de Moonfall: Ameaça Lunar, o planeta passaria por um evento catastrófico até então inédito.

O asteroide responsável pela extinção dos dinossauros, por exemplo, tinha apenas 12 quilômetros de diâmetro. A Lua, por sua vez, tem mais de 3500 quilômetros.

A vida humana seria extinta. Não apenas isso, mas todos os resquícios de civilização seriam destruídos.

No entanto, não existe a possibilidade disso acontecer na vida real, devido ao Limite de Roche.

O limite de Roche é um ponto entre dois objetos gravitacionalmente ligados, onde as forças das marés superam a gravidade. Em termos mais simples, se a lua chegasse a cerca de 11.500 milhas acima da superfície do planeta, a gravidade da Terra seria mais forte do que a gravidade que a sustenta. Dessa forma, ela seria destruída antes de aterrissar”, informa o site Syfy.

Os pedaços da lua destruída seriam espalhados, e provavelmente, formariam anéis como os de Saturno – o que também representaria uma grande ameaça à Terra, devido à constante queda de partes soltas.

Moonfall: Ameaça Lunar está em cartaz nos cinemas brasileiros.

Publicidade