Mais do que você gosta.

Publicidade

Polêmica

O Golpista do Tinder dá declaração inusitada sobre acusações

Simon Leviev fala sobre a série exibida pela Netflix baseada em sua vida

Publicado por Bruno Cunha

19/02/2022 13:19

Simon Leviev enganou inúmeras mulheres antes de protagonizar o documentário da Netflix. O filme acompanha a história real de Simon Leviev, um prolífico vigarista conhecido por ganhar a confiança de mulheres no Tinder e aplicar golpes nas vítimas. 

Em entrevista ao portal Inside Edition ele conta que o documentário é ficcional.

Continua depois da publicidade

“O documentário é ficcional, um história totalmente inventada”, afirmou.

Na mesma entrevista Simon descaracteriza sua fama, “Eu não sou o Golpista do Tinder, eu sou apenas um cara que queria conhecer mulheres no Tinder”.

Conheça a história

Shimon Yehuda Hayut é o golpista profissional que mudou seu nome para Simon Leviev em 2017, para fingir um parentesco com o bilionário Lev Leviev, conhecido como o Rei dos Diamantes.

Mas na verdade, Simon não tinha qualquer relação com a família Leviev. O golpista do Tinder só mudou de nome para justificar seu estilo de vida luxuoso e extravagante com o “dinheiro da família” – mais uma informação falsa usada para conquistar as vítimas.

O verdadeiro Shimon nasceu em uma família humilde de Tel Aviv, Israel

Em 2011, quando ainda morava em Israel, Shimon foi acusado de roubar cheques de seu patrão. O jovem não compareceu ao próprio julgamento, e deixou o país com um passaporte forjado.

Já em 2015 – com o nome de Simon – o golpista se mudou para a Finlândia, onde foi condenado a 3 anos de prisão por fraude. Nessa época, o vigarista começou a conquistar mulheres em aplicativos de relacionamentos e convencê-las a fazer empréstimos e dar a ele o dinheiro.

Após cumprir sua pena na Finlândia, Simon foi extraditado para Israel, de onde fugiu novamente com outro passaporte forjado.

O Golpista do Tinder está disponível na Netflix.

Publicidade