Mais do que você gosta.

Publicidade

Reviravolta

O Golpista do Tinder da vida real é processado pela verdadeira família Leviev

Filhos verdadeiros de Lev Leviev não deixam barato

Publicado por Guilherme Coral

01/03/2022 14:55

Conforme mostrado em O Golpista do Tinder, Shimon Hayut fingiu ser herdeiro da família Leviev. Agora ele está sendo processado pela família, uma das maiores companhias de diamante do mundo.

Shimon fingiu ser Simon Leviev para enganar mulheres nos aplicativos de namoro, conseguindo fortunas a partir dessa mentira.

Continua depois da publicidade

Ele já foi acusado por diversas mulheres de terem milhões de dólares roubados, deixando-as com montanhas de dívidas.

Agora, os filhos de verdade de Lev Leviev entraram com processo em Tel Aviv contra Shimon Hayut, especificamente por difamação e violação de privacidade.

O advogado que representa a família Leviev disse que esta é a primeira de muitas queixas contra Shimon, e que a família pretende doar o dinheiro obtido de Shimon para as outras vítimas.

Entenda o documentário de O Golpista do Tinder

O Golpista do Tinder – também encontrado com o título original The Tinder Swindler – é uma produção da cineasta Felicity Morris.

Com pouco menos de duas horas de duração, O Golpista do Tinder introduz os espectadores à história do vigarista israelense Shimon Hayut, que supostamente aplicou golpes em múltiplas mulheres utilizando o aplicativo.

Posando como Simon Leviev, o filho do bilionário Lev Leviev, Shimon usava seu charme para conquistar as vítimas – e roubar centenas de milhares de dólares.

De acordo com a revista Variety, o golpista do Tinder costumava focar em mulheres de países como Noruega, Finlândia e Dinamarca, convencendo as vítimas a enviar valores expressivos em dinheiro sob promessas falsas.

Shimon chegou a convencer uma de suas vítimas a pedir empréstimos bancários e repassar o dinheiro para ele, afirmando que precisava pagar as contas e se proteger dos “inimigos”.

Em dezembro de 2019, Hayut foi preso em Israel e condenado a 15 meses de prisão. No entanto, ele foi libertado após cumprir apenas 5 meses de sua sentença.

O Golpista do Tinder, na Netflix, conta com entrevistas com vítimas do trapaceiro e envolvidos na investigação.

Uma das mulheres entrevistadas e a norueguesa Cecile Fjellhøy, que junto com outra mulher enganada por Shimon, decidiu investigar a história e levar o golpista à Justiça.

“Quando o conto de fadas chega ao fim, um thriller de vingança se inicia. Cecile descobre outras vítimas, e nesse momento, o Golpista do Tinder encontra uma inimiga à altura”, afirma a sinopse oficial da produção.

O Golpista do Tinder está disponível na Netflix.

Publicidade