Mais do que você gosta.

Publicidade

Sucesso na Netflix, Pedro Coelho revoltou pais nos EUA

Publicado por Redação

02/04/2021 11:07

Pedro Coelho, filme infantil que está fazendo sucesso no catálogo da Netflix, chega ao serviço de streaming depois de um resultado desastroso nos cinemas americanos.

No longa, Pedro Coelho e sua família precisam roubar a horta do Sr. McGregor para se alimentar, o que acaba colocando os roedores em uma série de desventuras.

Continua depois da publicidade

A obra da britânica Beatrix Potter foi adaptada para as telas por Will Gluck, que assumiu roteiro e direção e é acostumado a dirigir comédias nada infantis, como Amizade Colorida e A Mentira. A direção não falha, porém não se sobressai. Will cumpre seu papel e entrega um filme dinâmico e divertido, que entretém as crianças à moda antiga.

Nitidamente inspirado em clássicos da Hanna-Barbera e Looney Tunes, Pedro Coelho traz de volta perseguições que seguem a estética de Tom & Jerry, mas outras referências da cultura pop dos anos 80 podem pegar de surpresa alguns espectadores, como uma citação sobre a imortalidade de Highlander.

Animação causou polêmica

Uma parte da trama de Pedro Coelho causou incômodo nos Estados Unidos: nela, os heróis usam uma alergia alimentar do vilão para atacá-lo, forçando ele a auto-injetar uma dose antialérgica para sofrer, então, um choque anafilático. Alguns pais saíram dos cinemas revoltados com a brincadeira, alegando que seus filhos entenderiam uma condição de saúde como brincadeira.

O filme tem uma bela fotografia, auxiliada pela beleza natural do interior da Inglaterra, e um elenco afiado, liderado por Sam Neill e Rose Byrne. Pedro Coelho também conta com nomes de peso dando voz aos coelhos na dublagem original, como James Corden, Margot Robbie e Daisy Ridley.

O tom realista da animação combina com o longa, fazendo não parecer dissonante os animais antropomórficos que usam roupas naturalmente. Onde o filme realmente peca acaba sendo em suas incursões musicais. As músicas originais não são memoráveis de forma nenhuma, e podem até ser um peso durante a uma hora e meia de filme.

Ainda assim, Pedro Coelho pode divertir a criançada e servir como um bom programa em família, principalmente em época de Páscoa.

Em 2021, o longa ganha uma sequência, Pedro Coelho 2: O Fugitivo.

Publicidade