Mais do que você gosta.

Publicidade

Vingadores: Ultimato: Herói da Marvel quase teve papel surpreendente; veja

Publicado por Guilherme Coral

25/07/2020 13:42

Vingadores: Ultimato trouxe muitos momentos épicos aos fãs da Marvel e provou ser um fim digno para o Homem de Ferro e o Capitão América. Um outro herói, no entanto, quase teve um papel totalmente diferente na batalha final.

O Homem-Formiga acaba aumentando de tamanho, ficando gigante para combater o exército de Thanos na luta final de Vingadores: Ultimato.

Mas o artista de desenvolvimento visual da Marvel Studios, Jackson Sze, revelou que ele teria acabado com as forças Chitauri de maneira bem diferente nessa luta.

Conforme revelou em arte conceitual do filme, o Homem-Formiga teria usado formigas gigantes para combater as tropas de Thanos. A ideia, contudo, jamais foi utilizada.

Considerando a escassez das partículas Pym, podemos entender por que isso não apareceu no filme, mas seria interessante ver isso nos cinemas eventualmente.

Confira a arte conceitual, abaixo.

A grande falha da Marvel

Vingadores: Ultimato pode ter sido uma grande conquista para a Marvel, não somente por ser um projeto extremamente ambicioso, como por ter alcançado o primeiro lugar na lista das maiores bilheterias da história do cinema.

Ainda assim, o filme cometeu um grande erro na sua representação de personagens LGBTQIA+, incluindo uma cena, que, na época, causou bastante polêmica.

O filme todo conta com uma breve cena com um figurante (vivido por um dos diretores do filme) abertamente gay.

A cena não é, nem de longe, essencial para o filme e parece ter sido incluída em Vingadores: Ultimato mais para tapar o Sol com a peneira, buscando aprovação da audiência LGBTQIA+. De forma alguma podemos enxergar isso como uma luta da produção por inclusão.

Em todo caso, o filme obviamente falhou no teste Vito Russo, usado pela GLAAD (Aliança Gay e Lésbica Contra a Difamação).

Para passar no teste, o filme deve incluir “um personagem que pode ser identificado como lésbica, gay, bissexual ou transgênero” e que não seja definido pela sua orientação sexual ou identidade de gênero.

Além disso, o personagem deve ser inserido na trama de tal forma, que sua remoção cause grande impacto no filme.

Obviamente, Vingadores: Ultimato passou longe de ser aprovado no teste. Curiosamente, uma das heroínas do filme, a Valquíria, já foi confirmada como LGBTQIA+, mas isso nunca foi abordado nos filmes.

Vingadores: Ultimato está disponível em DVD, Blu-ray e na Amazon Prime Video.

Publicidade