Pokémon Go é coisa do demônio, diz pastor americano

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O pastor americano Rick Wiles acha que Pokémon Go, o novo game da Nintendo, é um instrumento do demônio para corromper bons cristãos. É o que ele disse em entrevista ao programa de rádio RightWingWatch.

Wiles deu as declarações após perceber que um homem suspeito estava “fotografando” o prédio onde fica seu escritório. Na verdade, o homem estava apenas capturando um Pokémon.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Algo sinistro está acontecendo. Esses Pokémons são como cyber-demônios. Demônios virtuais. Acredito que essa coisa é um ímã para os poderes demoníacos. Ela gera demônios dentro das Igrejas, as infesta. Essa tecnologia será usada por inimigos da cruz para identificar, encontrar e matar cristãos”, disse.

Dupla australiana faz engraçada música inspirada no game

Pokémon GO já gerou uma fortuna de US$ 14 milhões em apenas quatro dias e pode render US$1 bilhão por ano para a Nintendo. Tamanho sucesso pode apressar uma versão cinematográfica com atores da franquia – leia mais.

Os 15 perigos da vida real de Pokémon Go

Veja 10 notícias bizarras e impressionantes sobre o jogo

Em Pokémon Go, os jogadores assumem o papel de um treinador e precisam viajar para diversos pontos próximos de onde você mora – ou aonde está visitando – para capturar pokémons e encontrar ginásios para combates.

Nele, os jogadores poderão capturar, treinar e lutar com pokémons no mundo real através de informações de localização geográfica e da câmera dos dispositivos móveis.

Os mais engraçados memes do jogo

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio