A empresa de segurança mobile PSafe liberou um relatório mostrando os ataques virtuais perpetuados através de Pokémon Go, game da Niantic/Nintendo lançado há algumas semanas no Brasil.

Segundo eles, só nos primeiro 15 dias a PSafe já bloqueou cerca de 120 mil desses ataques, lançados de 300 métodos diferentes – a maioria usando vírus contidos em aplicativos ou guias de como jogar o game.

Um dos vírus, inclusive é capaz de “travar” seu celular indefinidamente, após você colocar suas informações no cadastro – efetivamente te trancando para fora de qualquer funcionalidade do aparelho.


Sinais de cansaço? Pokémon Go perde quase 10 milhões de usuários

Em Pokémon Go, os jogadores assumem o papel de um treinador e precisam viajar para diversos pontos próximos de onde você mora – ou aonde está visitando – para capturar pokémons e encontrar ginásios para combates.

Confira 10 dicas básicas e valiosas para arrasar no game

Os 15 perigos da vida real de Pokémon Go

Nele, os jogadores poderão capturar, treinar e lutar com pokémons no mundo real através de informações de localização geográfica e da câmera dos dispositivos móveis.

Os mais engraçados memes do jogo