Com o Coronavírus se espalhando cada vez mais por vários países pelo mundo, a recomendação das autoridades é para que as pessoas fiquem em casa.

Em alguns países com a situação em um grau caótico, como a Itália, onde a doença vem causando um grande número de mortes, a população está, inclusive, proibida de sair na rua, exceto em casos de urgência.

Causando dor de cabeça

Mesmo com a vida em risco, algumas pessoas acabam não respeitando o isolamento, e recentemente um rapaz foi multado por sair de sua residência por um motivo inusitado: ele estava jogando Pokémon Go.


Desde a estreia do jogo em 2016, Pokémon Go forneceu várias dores de cabeça para as autoridades em todo o mundo.

O fascínio de pegar Pokémons nas ruas às vezes pode anular o bom senso, o que resultou em alguns jogadores indo a lugares que não deveriam, incluindo instalações militares canadenses.

Bem, depois de todos esses anos, os jogadores de Pokémon Go ainda estão quebrando as regras para jogar, como um homem de 31 anos de idade que foi acusado na Itália por violar as regras de quarentena no país.

De acordo com o site italiano Leggo, o morador de San Fermo aparentemente estava jogando ao lado de sua filha quando foi parado pela polícia. Ele recebeu uma multa e foi liberado para voltar pra sua casa.

Pokemon Go está disponível para smartphones com as plataformas iOS e Android.