Por trás das câmeras, nem sempre sabemos quem estão trabalhando nas nossas séries favoritas. Por isso, nomes que quase não conhecemos podem ser responsáveis por diversos títulos que amamos, e nem sabíamos disso!

10 séries ótimas que estragaram tudo justo na última temporada

Reunimos 10 showrunners que criaram séries extraordinárias – e muito diferentes entre si. Confira:


J.J. Abrams

FELICIY & LOST (J.J. Abrams) | O sucesso de Lost foi tão transcendente para a cultura pop que Abrams pulou direto para o cinema depois da produção do suspense, famosamente dirigindo entradas em franquias como Missão Impossível, Star Trek e Star Wars. No entanto, antes de Lost ele não só avia criado a série de espiões Alias: Codinome Perigo (2001-2006), como também o romance adolescente Felicity (1998-2002)!

Kevin Williamson

DAWSON’S CREEK & THE VAMPIRE DIARIES (Kevin Williamson) | Kevin Williamson fez a trajetória contrária do colega de lista acima. Primeiro, virou astro dos roteiros cinematográficos com a franquia Pânico, e depois investiu na TV, conseguindo sucesso primeiro com o drama adolescente Dawson’s Creek (1998-2003), e depois com o sobrenatural The Vampire Diaries (2009-2017).

ALLY MCBEAL & BIG LITTLE LIES (David E. Kelley) | Ele já ganhou 11 (sim, 11!) Emmys. David E. Kelley criou séries que foram fenômenos nos EUA, como O Desafio (1997-2004) e Justiça Sem Limites (2004-2008), mas seus maiores sucessos internacionais não poderiam ser mais diversos: Ally McBeal (1997-2002), a “dramédia” de advogados estrelada por Calista Flockhart, e Big Little Lies (2017-), o hit da HBO com Nicole Kidman e Reese Witherspoon.

Greg Berlanti, produtor das séries da DC

EVERWOOD & ARROW (Greg Berlanti) | Hoje em dia ele é conhecido como o superprodutor por trás de Arrow, The Flash, Legends of Tomorrow e Supergirl, as quatro séries de super-heróis da CW. No entanto, antes disso, Berlanti era um escritor procurando seu espaço em Hollywood, que conseguiu sucesso com o drama Everwood (2002-2006), sobre um cirurgião viúvo que se muda para uma cidade do interior americano.

O produtor executivo e criador de American Horror Story, Ryan Murphy.
Ryan Murphy

NIP/TUCK & AMERICAN HORROR STORY (Ryan Murphy) | Glee (2009-2015) transformou Ryan Murphy em uma verdadeira “grife” da TV americana, que produz sucessos como American Horror Story (2011-), Feud (2017-) e 9-1-1 (2018-). No entanto, antes disso, ele ganhou o público com um bizarro suspense sobre cirurgia plástica, Nip/Tuck (ou Estética, como era chamada no Brasil), série que ficou no ar entre 2003 e 2010.

Bryan Fuller
Bryan Fuller

HANNIBAL & STAR TREK: DISCOVERY (Bryan Fuller) | 2017 foi um ano agitado para Bryan Fuller, que viu suas Star Trek: Discovery e American Gods irem ao ar em emissoras diferentes. Embora Fuller tenha sido afastado como showrunner da nova Star Trek, ele continua creditado como criador – mais um crédito notável para o criador de Hannibal (2013-2016), Pushing Daisies (2007-2009) e Dead Like Me (2003-2004).

Alan Ball

A SETE PALMOS & TRUE BLOOD (Alan Ball) |Depois de vencer o Oscar por Beleza Americana, o roteirista Alan Ball tomou gosto pela TV. Seu primeiro sucesso foi na HBO, o drama A Sete Palmos (2001-2005), considerada uma das melhores séries da história. Depois, foi a vez da adaptação True Blood (2008-2014), na mesmíssima emissora. Aguarde Here and Now, sua nova série, para 2018 – na HBO, é claro!

DR. HOUSE & THE GOOD DOCTOR (David Shore) | Esse escritor canadense começou a conquistar a TV americana já na primeira série que criou: Dr. House (2004-2012), o clássico título sobre o médico rabugento interpretado por Hugh Laurie. Após um alarme falso com sua criação seguinte, Battle Creek (2015), ele aproveita novos sucessos com The Good Doctor (2017-) e Sneaky Pete (2017-).

LAW & ORDER & CHICAGO P.D. (Dick Wolf) | O caso de Wolf é excepcional – o homem só sabe criar grandes franquias! Em 1990, ele estreou Law & Order, que ficaria no ar até 2010 e renderia outras duas derivadas bem sucedidas, SVU (1999-) e Crimes Premeditados (2001-2011). Após servir como produtor assistente em Chicago Fire (2012-), Wolf ganhou o comando de dois dos spin-offs dessa série, Chicago P.D. (2014-) e Chicago Med (2015-).

A produtora e criadora de Orange Is The New Black, Jenji Kohan.

WEEDS & ORANGE IS THE NEW BLACK (Jenji Kohan) | Essa californiana cheia de personalidade criou um dos maiores sucessos dos anos 2000 para a HBO, a comédia Weeds (2005-2012), estrelada por Mary-Louise Parker. Apenas um ano depois, já estava embarcando na Netflix (consideravelmente antes de todo mundo fazer o mesmo) com a excelente Orange is the New Black (2013-), e agora também produz GLOW (2017-) para a plataforma.