10 pares de séries que são do mesmo criador – e você não fazia ideia!

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Por trás das câmeras, nem sempre sabemos quem estão trabalhando nas nossas séries favoritas. Por isso, nomes que quase não conhecemos podem ser responsáveis por diversos títulos que amamos, e nem sabíamos disso!

10 séries ótimas que estragaram tudo justo na última temporada

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Reunimos 10 showrunners que criaram séries extraordinárias – e muito diferentes entre si. Confira:

J.J. Abrams

FELICIY & LOST (J.J. Abrams) | O sucesso de Lost foi tão transcendente para a cultura pop que Abrams pulou direto para o cinema depois da produção do suspense, famosamente dirigindo entradas em franquias como Missão Impossível, Star Trek e Star Wars. No entanto, antes de Lost ele não só avia criado a série de espiões Alias: Codinome Perigo (2001-2006), como também o romance adolescente Felicity (1998-2002)!

Kevin Williamson

DAWSON’S CREEK & THE VAMPIRE DIARIES (Kevin Williamson) | Kevin Williamson fez a trajetória contrária do colega de lista acima. Primeiro, virou astro dos roteiros cinematográficos com a franquia Pânico, e depois investiu na TV, conseguindo sucesso primeiro com o drama adolescente Dawson’s Creek (1998-2003), e depois com o sobrenatural The Vampire Diaries (2009-2017).

ALLY MCBEAL & BIG LITTLE LIES (David E. Kelley) | Ele já ganhou 11 (sim, 11!) Emmys. David E. Kelley criou séries que foram fenômenos nos EUA, como O Desafio (1997-2004) e Justiça Sem Limites (2004-2008), mas seus maiores sucessos internacionais não poderiam ser mais diversos: Ally McBeal (1997-2002), a “dramédia” de advogados estrelada por Calista Flockhart, e Big Little Lies (2017-), o hit da HBO com Nicole Kidman e Reese Witherspoon.

Greg Berlanti, produtor das séries da DC

EVERWOOD & ARROW (Greg Berlanti) | Hoje em dia ele é conhecido como o superprodutor por trás de Arrow, The Flash, Legends of Tomorrow e Supergirl, as quatro séries de super-heróis da CW. No entanto, antes disso, Berlanti era um escritor procurando seu espaço em Hollywood, que conseguiu sucesso com o drama Everwood (2002-2006), sobre um cirurgião viúvo que se muda para uma cidade do interior americano.

Ryan Murphy

NIP/TUCK & AMERICAN HORROR STORY (Ryan Murphy) | Glee (2009-2015) transformou Ryan Murphy em uma verdadeira “grife” da TV americana, que produz sucessos como American Horror Story (2011-), Feud (2017-) e 9-1-1 (2018-). No entanto, antes disso, ele ganhou o público com um bizarro suspense sobre cirurgia plástica, Nip/Tuck (ou Estética, como era chamada no Brasil), série que ficou no ar entre 2003 e 2010.

Bryan Fuller

HANNIBAL & STAR TREK: DISCOVERY (Bryan Fuller) | 2017 foi um ano agitado para Bryan Fuller, que viu suas Star Trek: Discovery e American Gods irem ao ar em emissoras diferentes. Embora Fuller tenha sido afastado como showrunner da nova Star Trek, ele continua creditado como criador – mais um crédito notável para o criador de Hannibal (2013-2016), Pushing Daisies (2007-2009) e Dead Like Me (2003-2004).

Alan Ball

A SETE PALMOS & TRUE BLOOD (Alan Ball) |Depois de vencer o Oscar por Beleza Americana, o roteirista Alan Ball tomou gosto pela TV. Seu primeiro sucesso foi na HBO, o drama A Sete Palmos (2001-2005), considerada uma das melhores séries da história. Depois, foi a vez da adaptação True Blood (2008-2014), na mesmíssima emissora. Aguarde Here and Now, sua nova série, para 2018 – na HBO, é claro!

DR. HOUSE & THE GOOD DOCTOR (David Shore) | Esse escritor canadense começou a conquistar a TV americana já na primeira série que criou: Dr. House (2004-2012), o clássico título sobre o médico rabugento interpretado por Hugh Laurie. Após um alarme falso com sua criação seguinte, Battle Creek (2015), ele aproveita novos sucessos com The Good Doctor (2017-) e Sneaky Pete (2017-).

LAW & ORDER & CHICAGO P.D. (Dick Wolf) | O caso de Wolf é excepcional – o homem só sabe criar grandes franquias! Em 1990, ele estreou Law & Order, que ficaria no ar até 2010 e renderia outras duas derivadas bem sucedidas, SVU (1999-) e Crimes Premeditados (2001-2011). Após servir como produtor assistente em Chicago Fire (2012-), Wolf ganhou o comando de dois dos spin-offs dessa série, Chicago P.D. (2014-) e Chicago Med (2015-).

A produtora e criadora de Orange Is The New Black, Jenji Kohan.

WEEDS & ORANGE IS THE NEW BLACK (Jenji Kohan) | Essa californiana cheia de personalidade criou um dos maiores sucessos dos anos 2000 para a HBO, a comédia Weeds (2005-2012), estrelada por Mary-Louise Parker. Apenas um ano depois, já estava embarcando na Netflix (consideravelmente antes de todo mundo fazer o mesmo) com a excelente Orange is the New Black (2013-), e agora também produz GLOW (2017-) para a plataforma.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio