10 séries que quase tiveram títulos diferentes (e horrorosos)

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quem ama séries de TV sabe que a coisa mais comum do mundo é estar no meio de uma conversa e falar o nome da série sem nem pensar. Mas já pensou se a sua produção de TV favorita tivesse um nome completamente diferente?

10 séries que decaíram em qualidade após serem abandonadas pelos criadores

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

As séries que reunimos nessa lista quase ganharam outros títulos, que sinceramente achamos bem piores que os que acabaram ficando. Confira:

NEW GIRL | A sitcom, que atualmente exibe sua sétima e última temporada, se chama “Garota Nova” porque a protagonista, Jess (Zooey Deschanel), é exatamente isso para os rapazes com quem ela se muda em um apartamento. Já o título alternativo é bem mais apimentado: Chicks and Dicks, ou “Garotas e P*ntos”, em tradução literal das gírias devidamente suavizadas para uma versão à la TV aberta.

LOST | O título da série de mistério da ABC (“Perdidos”) sempre foi icônico porque refletia também o que o espectador sentia ao ser jogado no mundo da ilha onde o voo Oceanic 815 caiu. No entanto, a série quase se chamou “Lugar Nenhum”, ou Nowhere, o que entregaria um pouco demais os planos futuros para a trama, não acham?

Elenco de Friends

FRIENDS | Você consegue imaginar a clássica comédia noventista com algum outro título? Os produtores sim, já que o primeiro título de trabalho de Friends (ou simplesmente “Amigos”) foi na realidade bem mais elaborado: Insomnia Café, ou “Café da Insônia”, se referindo ao estabelecimento (o lendário Central Perk) onde os protagonistas se reuniam.

HANNAH MONTANA | O fofo nome rimado da popstar interpretada por Miley Cyrus nessa série da Disney que marcou época quase tirou inspiração de outro estado americano – isso mesmo, Hannah Montana quase foi… Alexis Texas? O problema é que o nome já estava sendo usado – por uma estrela pornô!

THE BIG BANG THEORY | Outra sitcom que dificilmente conseguimos imaginar com outro nome, já que está no ar há tanto tempo. Mesmo assim, a primeira versão do roteiro tinha o nome de Lenny, Kenny & Penny, em referência aos nomes dos personagens principais – Leonard e Sheldon se chamavam Lenny e Kenny, respectivamente, nessa versão.

ROSEANNE | A série cômica, uma das mais populares durante os anos 1990, vai retornar em 2018 com uma nova temporada – mas a verdade é que, se tivesse mantido o título original, talvez Roseanne não tivesse feito tanto sucesso assim. A série quase se chamou Life and Stuff (“Vida e etc”, ou algo assim), um título pouco chamativo, ao invés de ter o nome de sua protagonista e criadora, Roseanne Barr.

Grey’s Anatomy

GREY’S ANATOMY | Ao invés de fazer trocadilho com o famoso livro de medicina A Anatomia de Gray, a série médica da ABC quase se chamou – atenção! – Surgeons, ou “Cirurgiões”, um título bem genérico que a faz parecer uma novelinha americana dessas que ficam décadas no ar. Visto o destino da criação de Shonda Rhimes, no ar há 14 temporadas, não é tão inapropriado!

OS FLINTSTONES | A nossa família pré-história favorita quase teve um sobrenome diferente. Você assistiria um desenho sobre Fred Flagstone e companhia? Esse era o nome original dos personagens, que aliás só foram criados depois que a dupla Hanna-Barbera descartou várias outras ideias – uma família do Império Romano, um clã de peregrinos, uma família de caipiras…

SEINFELD | O sobrenome marcante do criador Jerry Seinfeld sempre esteve no título da sitcom, considerada uma das melhores de todos os tempos – mas, mesmo no episódio piloto exibido pela NBC, o título completo era The Seinfeld Chronicles, ou As Crônicas de Seinfeld. A emissora mudou para que os espectadores não confundissem com The Marshall Chronicles, estreia da emissora rival (ABC) que só foi exibida por seis (seis!) semanas.

GALERA DO BARULHO |Em 1987, a NBC produziu Good Morning, Miss Bliss (Bom Dia, Senhora Bliss), uma comédia escolar focada na professora titular e seus alunos adolescentes. No entanto, o piloto não agradou, e a série foi passada para a Disney, que só exibiu a primeira temporada antes de cancelar a produção – recalculando sua decisão, a NBC então pegou a série de volta e a reescreveu para focar nos alunos ao invés da professora. O resultado foi Saved By the Bell (Salvo Pelo Sinal), ou Galera do Barulho no Brasil.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio