10 famosos que foram abandonados por familiares

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A vida de celebridades, com seu dinheiro e status nem sempre foi boa e muitas delas, passaram por dificuldades inimagináveis.

Nesse caso, veremos alguns famosos que sofreram abandono por parte de sua família. Sejam pais que colocaram os filhos para adoção ou que simplesmente familiares que renegaram os famosos ao longo de sua vida.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja 10 casos de famosos que foram abandonados por familiares.

10 – DEMI LOVATO

Patrick é o nome do pai de Demi. E ele sempre foi considerado um estranho para a cantora. No documentário Simply Complicated, a mãe, Dianna, revelou que Patrick tinha muitos problemas com álcool e drogas, além de problemas mentais, que acabaram prejudicando muito a criação de Demi por parte dele. Demi revelou depois que sentiu que seu pai trocou esses vícios por sua família. Lovato depois escreveu uma música chamada Father e quando ele morreu, em 2013, a cantora disse que ficou muito dividida porque sentia que ele queria ser uma boa pessoa mas era muito abusivo.

9 – JAMIE FOXX

Eric Marlon Bishop, nome verdadeiro de Jamie foi dado por sua mãe que, aos sete meses de idade, deixou o bebê Foxx em uma casa de adoção. Em 2014, Jamie disse que ainda tentava fazer contato com seus pais verdadeiros, apesar de toda estranheza. Apesar de nutrir uma relação um pouco mais carinhosa com sua mãe, mesmo que a tenha abandonado, o cantor e ator contou que há muita dificuldade em falar com seu pai e que apesar de deixar a porta e o coração abertos para ele, se questiona: “Onde você esteve? O que aconteceu?”

8 – MARILYN MONROE

Uma das atrizes mais famosas de todos os tempos, nascida em Los Angeles em 1926, nunca conheceu seu pai. Na verdade, até hoje não se sabe nem quem era e seu nome. A mãe, Gladys, doou a pequena Norma Jeane para uma casa de adoção depois, porque não podia cuidar da filha. Baker tentou ter a guarda de Monroe de volta, dessa vez com uma amiga, Grace. Tempos depois, a mãe foi diagnosticada com esquizofrenia e paranoia. Mesmo que não tenha tido muito contato com a mãe, a atriz ainda assim deixou em testamento uma quantia a ser dada a ela por ano.

7 – KELLY CLARKSON

Piece by Piece, uma das composições de Clarkson foi inspirada publicamente na decepção que a cantora teve com seu pai, que abandonou a família quando ela era ainda uma criança. E que não deseja simpatia do púbico, porque a intenção dela era mostrar o quão difícil é ser abandonada por alguém que tinha uma responsabilidade com ela. Kelly contou em entrevista que tentou diversas vezes entrar em contato com o pai mas que nunca teve sucesso e que depois de um tempo, começou a se sentir humilhada pela negação que ele teve a ela.

6 – ENRIQUE IGLESIAS

Um sobrenome famoso. Enrique, cantor e filho do também cantor e charmoso músico espanhol Julio Iglesias, viu seus pais se separarem muito cedo e seu pai mudar de país, indo para os EUA. Enrique vivia com sua mãe e irmãos até seu avô ser sequestrado por um grupo político espanhol, onde ele foi para Miami viver com seu pai. No entanto, morar com ele não necessariamente quis dizer que eles passavam muito tempo juntos. A agenda de Julio era extremamente ocupada e portanto, Enrique foi criado por sua babá. Quando precisou de dinheiro para gravar músicas, foi a babá que ajudou o jovem cantor e não seu pai. Até hoje, a relação entre Enrique e J ulio não é das melhores.

5 – ADELE

A cantora britânica, quando recebeu o prêmio Grammy em 2017, dedicou ele para seu empresário, no qual ela confessou “amá-lo como um pai”. O verdadeiro pai de Adele, Mark Evans, abandonou Adele e a mãe quando a cantora só tinha 3 anos de idade. Em entrevista, Mark confessou que era um “péssimo pai e que fugiu na hora que mais precisavam dele.”. Mark também confessou que tinha muitos problemas com bebidas e drogas e que evitava estar com a família porque estava em constante estado de embriaguez e vício, se limitando a fugir cada vez mais delas, até desaparecer completamente e ressurgir quando Adele alcançou a fama. Em 2015, a artista disse que perdoou o pai apesar de tudo.

4 – ANGELINA JOLIE

A relação entre Jolie e seu pai, o também ator Jon Voight, nunca foi das melhores e ambos também não fizeram muita questão de melhorá-lo. No entanto, Angelina tem uma motivação coerente: Voight traiu diversas vezes sua mãe, Marchelina Bertrand, abandonando Jolie e seu irmão, James, quando ela tinha 1 ano de idade apenas. A mãe contou que pediu à filha para ter uma relação com o pai, tanto que ambos contracenaram juntos em Lara Croft: Tomb Raide, de 2001. No entanto, um ano depois, Jon disse que a filha tem “sérios problemas mentais”. Em 2010, voltaram a se falar novamente, mas sem muita vontade por parte de ambos.

3 – STEVE JOBS

Jobs, uma das grandes personalidades do mundo e criador da Apple, teve uma infância bastante conturbada por conta de seus pais. Filho de um sírio, Abdulfattah Jandali e Joanne Carole Schieble, Jobs quase que não foi concebido. Isso porque o pai de Joanne não podia aceitar a ideia de que sua filha estava casando e tendo um filho com um muçulmano, proibindo a relação dos dois. Sem contar à Janaldi, Schieble foi para os EUA, onde fez o parte de Steve e colocou para adoção. Jobs depois contou que quando conheceu seu pai biológico, não passou de um aperto de mão e depois pediu para sua mãe biológica ordenar ao pai para que ele não contasse a ninguém que se conheceram.

2 – MACAULAY CULKIN

Macaulay foi um ator que despontou em Hollywood quando ainda era criança, infernizando a vida de ladrões atrapalhados em Esqueceram de Mim. No entanto, Culkin teve um pequeno inferno na vida pessoal também. Em 1995, seus pais, Kim e Patricia, se divorciaram e travaram uma batalha exaustiva sobre a guarda e principalmente, sobre a fortuna do garoto. Macaulay se emancipou de seus pais aos 14 anos e até hoje, mantém uma relação muito conturbada principalmente com o pai, que sofreu um ataque cardíaco o deixando quase paralisado. Em 2015, Kim contou que não considera Culkin mais como seu filho. Uma fonte informou depois que não seria “legal para Macaulay ouvir isso do pai, mesmo que não tenham passado muito tempo juntos”.

1 – JOHN LENNON

Um dos ícones da música, membro fundador dos Beatles, Lennon atravessou por momentos complicados em sua infância. Alfred, o pai de John, se separou da mãe Julia em 1944, deixando uma relação bastante conturbada com o cantor. Em entrevista no ano de 1966, John afirmou que nunca conheceu seu pai. “Eu vi ele duas vezes em toda minha vida até meus 22 anos, quando ele apareceu após eu ter gravado alguns álbuns. Vi e conversei com ele e aí eu decidi que ainda não quero conhecê-lo.” Quatro anos mais tarde, em 1970, John convidou seu pai para jantar em sua casa, mas nada saiu bem. Foi noticiado que o cantor está muito nervoso e que gritou com Alfred diversas vezes, dizendo a ele que se ele fosse à imprensa e contasse sua história, o prenderia em uma caixa e jogaria no mar para que afogasse. Depois disso, Alfred nunca mais viu seu filho e cinco anos depois, em 1975, faleceu.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio