Normalmente, quando uma continuação está a caminho, os estúdios de Hollywood fazem de tudo para renovar os contratos do elenco original, a fim de chamar o mesmo público que lotou os cinemas para uma nova aventura com os mesmos personagens.

Crítica | Círculo de Fogo: A Revolta

Não é o que faz Círculo de Fogo: A Revolta, que traz de volta Rinko Kikuchi (Mako), Burn Gorman (Geiszler) e Charlie Day (Gottlieb), mas não o protagonista Idris Elba (Stacker) e outros astros do primeiro filme. Com John Boyega na liderança na pele do filho de Stacker, a continuação chega aos cinemas nessa quinta (22).


Confira filmes que fizeram o mesmo:

PIRATAS DO CARIBE: NAVEGANDO EM ÁGUAS MISTERIOSAS (2011) | O que faz um filme de Piratas do Caribe ser um filme de Piratas do Caribe? Se sua resposta é Capitão Jack Sparrow (Johnny Depp), então Navegando em Águas Misteriosas (2011) funcionou para você. No entanto, além dele, só Geoffrey Rush retornou como Barbossa – nada de Orlando Bloom (Will), Keira Knightley (Elizabeth), Jack Davenport (Norrington), Bill Nighy (Davy Jones) e outros membros do elenco original.

HANNIBAL – A ORIGEM DO MAL (2007) | A única grande constante dos filmes de Hannibal Lecter era Anthony Hopkins na pele do canibal mais famoso da cultura pop – após Hannibal (2001) trazer Julianne Moore para substituir Jodie Foster como Clarice Sterling, a porta foi aberta para uma mudança total de elenco, que A Origem do Mal (2007) traçou a infância do psicopata com Gaspard Uliel como Hannibal e um elenco totalmente novo.

PREDADOR 2 – A CAÇADA CONTINUA (1990) | Com O Predador prestes a invadir os cinemas mais uma vez com um remake, vale lembrar dos dois filmes originais, e o quão diferentes um do outro eles são – começando pelo elenco. O original de John McTiernan tinha Arnold Schwarzenegger, Carl Weathers, Bill Duke, Jesse Ventura… todos sumidos sem rastros no segundo, que tem Danny Glover, Gary Busey e Bill Paxton.

A RAINHA DOS CONDENADOS (2002) | O sucesso absoluto dos livros de vampiros da autora Anne Rice nunca conseguiu se traduzir exatamente no cinema – apesar de reavaliado hoje em dia, Entrevista Com o Vampiro não foi nenhum hit na época de seu lançamento. Por isso, talvez, que o vistoso Tom Cruise tenha sido substituído pelo bonitinho, mas ordinário, Stuart Townsend em A Rainha dos Condenados. Adaptação de outro conto envolvendo o vampiro Lestat, o longa não trouxe de volta nenhum membro do elenco original.

FRANQUIA BATMAN (1989-1997) |Eu sei que é difícil engolir, mas os dois filmes de Tim Burton (1989, 1992) e os dois de Joel Schumacher (1995, 1997) estrelados pelo Batman fazem, oficialmente, parte da mesma continuidade. Os atores de Alfred (Michael Gough) e Comissário Gordon (Pat Hingle) são os únicos que se mantiveram por toda a “saga”, no entanto, já que os quatro filmes tem três Batman’s diferentes, e uma roleta constante de vilões e coadjuvantes.

FRANQUIA O EXTERMINADOR DO FUTURO (1984-2015) | Nem Arnold Schwarzenegger é uma constante nos cinco filmes de O Exterminador do Futuro – no quarto, de 2009, a pontinha do T-800 foi performada por Roland Kickinger. A saga já teve duas Sarah Connor’s (Linda Hamilton, Emilia Clarke), quatro John Connor’s (Edward Furlong, Nick Stahl, Christian Bale, Jason Clarke), três Kyle Reese’s (Michael Biehn, Anton Yelchin, Jai Courtney) e duas Kate Connor’s (Claire Danes, Bryce Dallas Howard).

FRANQUIA A HISTÓRIA SEM FIM (1984-1994) | A franquia de histórias infanto-juvenis é tão inconsistente que o único ator a fazer mais de um filme foi Thomas Hill, que foi o Carl Conrad Coreander nos dois primeiros longas. Bastian (Barret Oliver, Jonathan Brandis, Jason James Richter), a Imperatriz (Tami Stronach, Alexandra Johnes, Julie Cox), Atreyu (Noah Hathaway, Kenny Morrison) e todos os outros personagens passaram por mudanças de atores.

FRANQUIA 7 HOMENS (1960-1972) | Muito antes do remake de 2016, com Denzel Washington, Chris Pratt e outros astros no elenco, Sete Homens e Um Destino (1960) gerou três continuações, nas quais o elenco de grandes nomes foi gradualmente substituído. Steve McQueen (Vin) virou Robert Fuller, Yul Brynner (Chris) virou George Kennedy, e por aí vai…

Michael Fassbender em Prometheus

FRANQUIA ALIEN (1979-2017) | Os dois primeiros filmes de Alien tem uma boa continuidade entre eles, com nada menos que sete atores reprisando seus papéis (mesmo que só em pequenas pontas, abrindo espaço para novas introduções ao universo) – no entanto, a partir do terceiro, a roda de novos personagens girou tanto que até Ripley (Sigourney Weaver) foi substituída na prequel Prometheus (2012) e sua continuação, Covenant (2017).

FRANQUIA A BRUXA DE BLAIR (1999-2015) | São apenas três longa-metragens oficiais, mas a franquia A Bruxa de Blair é uma verdadeira porta giratória de personagens e atores. Cada um dos filmes tem um elenco completamente diferente – os protagonistas originais, Heather Donahue, Michael C. Williams e Joshua Leonards, foram sucedidos por gente como Kim Director, Jeffrey Donovan, Callie Hernandez e Valorie Curry.