Com a estreia de Nada a Perder, biografia cinematográfica do Bispo Edir Macedo, nessa quinta (29), o cinema nacional prova que continua no pique para lançar produções de escala grandiosa em 2018, consolidando um bom momento na indústria.

Crítica | Nada a Perder – Contra Tudo. Por Todos.

Confira 10 filmes nacionais para aguardar em 2018:


AOS TEUS OLHOS (12/04) | A diretora Carolina Jabor segue o elogiado Boa Sorte com esse drama sobre um professor de natação (Daniel de Oliveira) que enfrenta uma acusação de abuso por parte de um aluno. Lucas Paraizo (Gabriel e a Montanha) escreve, e o elenco inclui Luisa Arraes, Gustavo Falcão e Marco Ricca.

A CIDADE DO FUTURO (26/04) | Esse filme originalmente produzido em 2016 fez sucesso no circuito de festivais, mas deve ser lançado comercialmente apenas agora. Marília Hughes-Carneiro e Cláudio Marques (Depois da Chuva) dirigem a história de um casal gay do interior da Bahia que vive junto com uma moça, que está grávida do filho deles.

NÃO SE ACEITAM DEVOLUÇÕES (31/05) | Adaptação da comédia mexicana Não Aceitamos Devoluções (2013), estrelada por Eugenio Derbez, esse filme vê Leandro Hassum na pele de Juca, um solteirão convicto que parte para os EUA atrás da mãe de uma criança que é deixada sem mais nem menos na soleira da sua porta. André Moraes (Entrando Numa Roubada) dirige.

LEGALIZE JÁ! (14/06) | Um dos grupos de hip hop mais importantes do Brasil vai ganhar uma cinebiografia – Legalize Já! conta a história do Planet Hemp, formado originalmente por Marcelo D2 (Renato Góes) e Skunk (Ícaro Silva). Johnny Araújo e Gustavo Bonafé, dupla da comédia Chocante, dirige a biografia.

UMA QUASE DUPLA (12/07) | Nessa comédia de ação, a improvável dupla Cauã Reymond e Tatá Werneck interpreta policiais que tentam resolver um assassinato em Joinlândia, uma cidade ficcional do interior. Marcus Baldini, diretor de Gosto se Discute e Os Homens São de Marte, assume a produção.

CRÔ EM FAMÍLIA (19/07) | Marcelo Serrado reprisa o papel de Crô, que interpretou primeiro na novela Fina Estampa, e depois no primeiro filme da franquia, lançado em 2013. Aguinaldo Silva volta para escrever a continuação, com Cininha de Paula (Duas de Mim) na direção. Dessa vez, Crô vai encontrar alguns parentes distantes, que causarão problemas na sua vida regrada.

CHACRINHA – O FILME (23/08) | Uma das figuras mais míticas da nossa TV, Chacrinha ganha encarnação inesquecível na pele de Stepan Nercessian nessa cinebiografia dirigida por Andrucha Waddington (Eu Tu Eles, Os Penetras, Sob Pressão). O longa acompanha Chacrinha da juventude como estudante de medicina até o auge de seu sucesso na televisão.

TURMA DA MÔNICA – LAÇOS (11/10) | O desaparecimento de Floquinho, cachorro do Cebolinha, estimula os amigos mais famosos do Brasil a saírem em sua primeira aventura live-action nos cinemas. As criações de Maurício de Sousa atuam sob a direção de Daniel Rezende (Bingo: O Rei das Manhãs).

DE PERNAS PRO AR 3 (20/12) | Uma das franquias cômicas mais bem-sucedidas do cinema brasileiro continua em sua terceira encarnação. Julia Rezende (Meu Passado Me Condena) assume a direção nesse novo capítulo da vida de Alice (Ingrid Guimarães), que dessa vez irá abrir uma filial de sua sex shop em Paris.

OS HOMENS SÃO DE MARTE 2 (27/12) | Susana Garcia, roteirista do primeiro filme da franquia, assume a direção nessa sequência, que traz de volta os astros Mônica Martelli e Paulo Gustavo para as novas aventuras da cerimonialista Fernanda e seu fiel escudeiro, Aníbal. Desde o primeiro filme, a franquia foi continuada em uma série de TV da GNT.