Mariah Carey não está sozinha: 8 famosos que sofrem com a bipolaridade

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O transtorno bipolar é um dos problemas mais sérios da psicologia, uma síndrome que é capaz de provocar períodos de intensa depressão seguidos de episódios de euforia pura e desestabilizar a vida do indivíduo.

Na saúde e na doença: 10 famosos que lutaram contra doenças ao lado dos cônjuges

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Vários famosos, no entanto, mostram que é possível lidar bem com a doença, viver com ela. Confira:

Mariah Carey

MARIAH CAREY | A estrela Mariah Carey se abriu pela primeira vez sobre o transtorno bipolar, distúrbio mental com o qual foi diagnosticada em 2001, durante entrevista com a revista People. “Eu procurei e recebi tratamento, o que foi a coisa mais difícil que já passei. Eu me cerquei de pessoas positivas e voltei a fazer o que eu amo, que é escrever canções e gravar música”, contou.

Demi Lovato em Simply Complicated

DEMI LOVATODemi Lovato comemorou durante um show da turnê Tell Me You Love Me, no último mês de março, os seis anos em que tem estado sóbria desde que começou sua luta contra abuso de drogas e tratamentos contra bipolaridade e bulimia. “Eu ainda fico de olho no meu comportamento e nos meus pensamentos para manter tudo sob controle. Minha luta com distúrbios alimentares continua, é algo diário”, diz ela.

Caterine Zeta-Jones

CATHERINE ZETA-JONES | A atriz galesa foi diagnosticada com bipolaridade e desordem mental de nível II, e manteve tudo escondido do público até o momento em que teve que se internar em uma clínica pouco depois do marido, Michael Douglas, vencer uma batalha contra o câncer. O estresse do problema de saúde do amado pesou sobre Zeta-Jones, que partiu cuidar de seu próprio bem-estar depois.

Carrie Fisher como Leia.

CARRIE FISHER | A eterna Princesa Leia foi diagnosticada com transtorno bipolar em 1985, e desse ano até a sua morte em 2017 foi internada diversas vezes. “Eu costumava achar que era só uma viciada em drogas, e é claro que eu era isso também, mas também tinha um tipo severo de desequilíbrio psíquico”, disse ela.

Vivien Leigh em …E O Vento Levou

VIVIEN LEIGH | …E O Vento Levou arrecadou em torno de US$1.5 bilhão nas bilheterias, em valores corrigidos. No entanto, Leigh não conseguiria desfrutar do sucesso. Ainda em 1937, ela mostrou os primeiros sinais de uma depressão e transtorno bipolar nunca diagnosticados – tomaria poucos (mas marcantes) papeis no cinema até sua morte, em 1967, aos 53 anos.

Mel Gibson

MEL GIBSON | Em entrevista a um documentário em 2008, o ex-astro de ação confessou que sofria de transtorno bipolar, o que joga nova luz sobre seu comportamento errático, que o colocou no topo das manchetes durante um tempo. Gibson é, na vida pessoal, conhecido pelo temperamento explosivo, e é acusado por uma ex-esposa (Oksana Grigorieva) de agressão.

RUSSELL BRAND | O comediante britânico, conhecido por papéis em filmes como Rock of Ages, foi diagnosticado com transtorno bipolar ainda na adolescência. Ele não falou sobre a doença publicamente até sua autobiografia, Recovery: Freedom From Our Addictions, onde detalha como a bipolaridade o levou ao abuso de drogas, e como se recuperou dessa “estrada muitas vezes sem volta”.

KURT COBAIN | O vocalista do Nirvana foi diagnosticado com déficit de atenção na infância, o que mais tarde foi corrigido (ou deteriorado) para transtorno bipolar. Cobain nunca buscou tratamento formal para a doença, e acabaria tirando a própria vida em 1994, aos 27 anos de idade.

 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio