Não é nenhuma novidade que séries de TV são capazes de juntar pessoas em torno de um gosto em comum, e que uma comunidade de fãs é capaz de muita coisa quando organizada – e as emissoras das séries abaixo sentiram isso na pele.

10 séries canceladas que foram ressuscitadas por outras emissoras

Confira as coisas mais doidas que fãs já fizeram para salvar suas séries do cancelamento:


STAR TREK | Assim como muitas outras coisas na televisão, Star Trek foi pioneira em termos de campanha dos fãs para salvar uma série. Os espectadores da série clássica começaram a escrever cartas para a NBC, emissora original da trama, quando o cancelamento foi anunciado após apenas duas temporadas – eles conseguiram uma terceira, mas a série foi cancelada novamente logo depois. A popularidade da franquia só seria provada mais tarde, com os filmes.

Twin Peaks

TWIN PEAKSApós executivos da ABC obrigarem os criadores David Lynch e Mark Frost a revelarem o mistério principal da série (quem matou Laura Palmer?) no meio da segunda temporada, a série perdeu audiência. Quando a emissora resolveu cancelá-la no meio da temporada, no entanto, os fãs ficaram furiosos – além das já tradicionais cartas à emissora, eles organizaram um protesto real na frente da sede da ABC, e até o criador Lynch compareceu ao talk show de David Letterman para apelar pela exibição dos episódios finais.

Arquivo Roswell
Arquivo Roswell

ARQUIVO ROSWELLContinuando a lenta evolução das campanhas de fãs com o passar dos anos, aquela comandada pelos fãs de Arquivo Roswell em 2000 mostrou o poder que a internet teria na década seguinte. Organizando-se em um fórum on-line pela primeira vez, os fãs se juntaram para enviar centenas de embalagens do molho Tobasco, um favorito dos alienígenas da série, para a emissora WB. Deu certo, e a série rendeu mais duas temporadas depois disso.

JERICHOTalvez a campanha de “salvamento” mais famosa de todos os tempos, os fãs do drama nuclear da CBS enviaram duas toneladas de nozes para a sede da emissora quando a série foi cancelada na primeira temporada, em referência a uma frase do episódio de estreia. O canal cedeu e encomendou um segundo ano, mas logo depois cancelou a série novamente, ignorando a campanha que se seguiu para uma nova retratação da decisão. Jericho continuou sua história nos quadrinhos.

VERONICA MARSOs fãs não conseguiram salvar a sua detetive adolescente favorita do cancelamento em 2007, ao fim da terceira temporada, mas teriam sua vitória alguns anos depois. Na época, enviaram barras de chocolate da marca Mars para a emissora UPN, e também notas de dólar falso com a inscrição “Veronica Mars é mais esperta do que eu”. Apesar do cancelamento, a vingança viria em 2014, com o filme da personagem, fundado inteiramente por fãs.

ANGEL: O CAÇA-VAMPIROS | Os fãs já tinham perdido a série-mãe, Buffy, em 2003. Quando a WB anunciou o cancelamento da derivada Angel no ano seguinte, uma campanha organizada na internet, que incluiu um site visitado por 1.5 milhões de fãs e até a compra de outdoors e anúncios em revistas e jornais, foi feita para a retratação da decisão. Surpreendentemente, não funcionou – e Angel permaneceu cancelada.

ARRESTED DEVELOPMENTAntes da Netflix reconhecer a legião de fãs de Arrested Development com um revival que já conta com duas temporadas, os fãs fizeram uma campanha para a Fox não cancelar a série em seu segundo ano, lá em 2005. Organizada na internet, a campanha enviou caixas de banana para a emissora (em referência ao negócio “mais legítimo” da família Bluth), e conseguiu a renovação para mais uma temporada.

Shadowhunters

SHADOWHUNTERS | Após o cancelamento de Shadowhunters em sua 3ª temporada pela Freeform, os fãs mais fiéis começaram uma campanha para que a Netflix ou alguma outra emissora salve a série – para isso, contrataram até um avião, que sobrevoará a sede da Netflix em Los Angeles com um gigante banner escrito #SaveShadowhunters. Ainda não sabemos se a estratégia funcionou.