A Parada do Orgulho LGBT de São Paulo acontece no próximo domingo (03), e deve continuar a tradição de ser uma das festas mais belas e coloridas do mundo.

10 divas gays que nunca se apresentaram no Brasil

Para preparar o leitor que pretende comparecer ao evento, o Observatório juntou os personagens LGBT que nos dão orgulho nas séries de TV:


Nomi e Amanita em Sense8

NOMI E AMANITA, Sense8 | A série campeã de diversidade da Netflix trouxe um casal lésbico em que uma das mulheres é transgênero. Mas não é só isso, é claro – a verdade é que ambas são personagens adoráveis, fortes e incríveis independente de suas identidades sexual e de gênero.

Empire

JAMAL LYON, Empire | Representar homens negros gays na TV não é para qualquer um, mas a segurança inabalável do ator Jussie Smollett (e sua voz incrível) são constantemente o grande destaque de Empire, uma das séries mais vistas da TV aberta americana há quatro temporadas.

YARA GREYJOY, Game of Thrones | Representando os personagens LGBT no épico da HBO após a morte do pretendente a rei Renly, do brutalizado Loras e do inesquecível conquistador Oberyn, Yara mostra que mulheres lésbicas podem ser verdadeiras forças da natureza e líderes natas.

CAM E MITCH, Modern Family | Profissionais bem-sucedidos, personagens hilários e pais exemplares, o casal de Modern Family representa famílias LGBT na TV desde 2009! Enquanto a série caminha para a sua 10ª temporada, vale reconhecer o pioneirismo e o respeito com que ela retratou esse lindo casal.

NOVA, Queen Sugar | Jornalista competente, ativista inabalável, irmã amorosa, conselheira espiritual e mulher bissexual que já viveu romances com homens e mulheres nas duas temporadas de Queen Sugar – Nova é uma das personagens LGBT mais complexas da televisão.

TITUSS, Unbreakable Kimmy Schmidt | O companheiro de quarto de Kimmy é um dos personagens mais hilários da TV, e o ator Tituss Burgess encontra o equilíbrio certo entre tirar sarro dos estereótipos e construir uma persona única e inconfundível. Uma pena que a série está acabando!

JOSH, Please Like Me | O personagem neurótico, cínico e cheio de defeitos do também criador Josh Thomas em Please Like Me mostrou na TV, por quatro magistrais temporadas, que homens gays são tão complexos e interessantes quanto suas contrapartes héteros.

Cosima em Orphan Black

COSIMA, Orphan Black | Com tantos clones de Tatiana Maslany andando por aí, é claro que um deles tinha que ser LGBT. A cientista Cosima superou uma doença grave e ficou com o amor de sua vida, Delphine, no final. Que jornada maravilhosa!