Publicidade

Game of Thrones | Trama, estreia e tudo o que já sabemos sobre a série derivada

Publicado por Pedro Vieira

03/09/2018 20:00

Em 2019, Game of Thrones chegará ao seu fim, mas os fãs não precisarão se despedir do mundo de Westeros e seus fantásticos personagens.

Isto porque a HBO já confirmou que está desenvolvendo um derivado para a série que deve perdurar por mais algumas longas temporadas e fazer a alegria dos fãs do seriado.

Game of Thrones | 8ª temporada ganha teaser; veja mais 9 coisas que já sabemos

Para aqueles que estão ansiosos para ver o spin-off, resolvemos listas abaixo o que já sabemos desse vindouro programa:

A série não será uma sequência

O derivado de Game of Thrones deverá ser um prelúdio e não uma sequência, algo que já foi confirmado pelo autor dos livros que originaram a série, George. R. R. Martin. Segundo ele, em todas as conversas que teve com a HBO, a ideia de que a serie deverá ser um prelúdio foi abordada, mesmo que a nova série seja considerada a sucessora da original.

As pessoas que vão escrever a série

Além do próprio Martin estar envolvido na produção e elaboração das tramas dos episódios do derivado, outros nomes famosos do cinema e da TV estarão trabalhando no programa: Max Borenstein (Kong: Ilha da Caveira), Jane Goldman (Kingsman), Brian Helgeland (LA Confidential), Carly Wray (Westworld) e Bryan Cogman (que trabalha em Game of Thrones). Os showrunners da série original, David Benioff e D.B. Weiss, não estão envolvidos no projeto.

Quem estará na série

Casey Bloys, presidente de programação da HBO, já disse que o derivado não deve contar com a presença de personagens como Jon Snow e Daenerys. Entretanto, Bloys confirmou que personagens de famílias famosas de Westeros deverão aparecer no programa, inclusive alguns ancestrais de Daenerys e de Brienne.

Quando a série estreará

As filmagens começam em fevereiro de 2019, mas a HBO já confirmou que não pretende lançar o derivado até pelo menos um ano ter se passado após o fim de Game of Thrones. Como a série está programa para ser finalizada na metade de 2019, os fãs terão de esperar no mínimo até a segunda metade de 2020 pela chegada do novo programa. A ideia é que não haja distrações por parte da produção e do público em relação à última temporada de Game of Thrones.

A trama da nova série

Apesar do derivado ser situado no passado de Game of Thrones, a HBO não quer repetir narrativas vistas na série original através de flashbacks ou que já foram explicitadas pelos personagens da obra. Dessa forma, histórias como a Rebelião de Robert Baratheon não devem fazer parte do programa.

Entretanto, uma das possibilidades já exposta pelos produtores é uma adaptação de As Aventuras de Dunk e Egg, uma série de história sobre a dinastia Targaryen que poderia ser contada em episódios individuais como filmes.

Outra possibilidade é a guerra civil de Westeros conhecia como A Dança dos Dragões. A história oferece a oportunidade de se aprofundar nas conquistas de Aegon Targaryen e é cheia de reviravoltas, do jeito que os fãs gostam.

Uma história que os fãs esperam que a série aborde é a origem do Rei da Noite. Tal fato já foi levemente abordado em Game of Thrones, mas com a morte dos filhos da floresta, uma parte dessa narrativa foi perdida e poderia ser desenvolvida facilmente no derivado.

Por falar em Rei da Noite, a origem do personagem ainda abre espaço para ser explorada a lenda da Longa Noite, quando os homens do norte enfrentaram o exército de mortos vivos pela primeira vez.

Caso se foque na exploração de alguns lugares do mundo de Game of Thrones, a série pode abordar a fundação de Bravos e as cidades livres que habitam seus arredores.

Por fim, alguns personagens de Game of Thrones poderiam ter sua juventude mostrada no seriado, como o enigmático e engenhoso Varys, e o adorado Bronn. Ambos são importantes para o seriado e o derivado poderia oferecer mais detalhes do passado de cada um.

10 novas séries de fantasia que podem ser a próxima Game of Thrones

Publicidade