O Predador marca a sexta aparição do caçador alienígena da Fox nos cinemas, que fez sua estreia no clássico de 1987 com Arnold Schwarzenegger e já teve diferentes encarnações nas telas, incluindo confrontos com o Alien xenomorfo.

Aproveitando a estreia do filme de Shane Black, olhamos para trás e comparamos a nova versão com os outros filmes lançados pela Fox, montando um ranking do pior para o melhor da franquia.

Confira:


O Predador | Conheça as habilidades e as diferenças do novo Super Predador

6. ALIEN VS. PREDADOR 2

É muito difícil que qualquer filme contemporâneo atinja o baixo nível de Alien vs Predador 2, tentativa patética da Fox em tentar replicar o sucesso do filme anterior. É um esforço quase amador, onde personagens mal escritos e um roteiro pavoroso tiram qualquer interesse, além do óbvio fato de o filme ser excessivamente escuro – um erro deplorável da dupla de diretores iniciantes. Pra ser esquecido.

5. O PREDADOR (2018)

Por pouco Shane Black não entrega o pior filme com o Predador, conseguindo ao menos ser o pior filme solo estrelado pelo caçador alienígena. Em uma narrativa caótica e que não sabe que tipo de história quer contar, misturando um humor irritante e uma sucessão de ideias ruins – que incluem até mesmo cães de caça do Predador, o novo filme é um desastre.

4. ALIEN VS. PREDADOR (2004)

Temos aqui um legítimo guilty pleasure. O filme de Paul W.S. Anderson é um mero caça-níquel para juntar os ícones das franquias Alien e Predador para uma série de batalhas. Não dá pra cobrar uma história séria ou um grande desenvolvimento de personagens, mas AVP se diverte e entrega uma diversão inofensiva, sendo capaz de entreter como algo passageiro até hoje.

3. PREDADORES (2010)

A primeira tentativa de trazer os Predadores de volta à glória se deu no bom experimento de 2010, que contou com o apadrinhamento de Robert Rodriguez. A ideia talvez seja a melhor de todos os filmes: jogar uma seleção de assassinos, mercenários e caçadores de diferentes países e culturas em um planeta alienígena para que sejam caçados por uma legião de Predadores. O filme de Nimród Antal tem bons momentos e diverte, mas infelizmente não alcança todo o seu potencial.

2. PREDADOR 2 – A CAÇADA CONTINUA (1990)

Após o espetacular sucesso do primeiro filme, a Fox apostou em uma continuação que troca a selva pela cidade e o gigantesco Schwarzenegger pelo intenso Danny Glover. É um filme mais violento e brutal do que o original, que mistura bem a caçada alienígena com a guerra de gangues em Los Angeles. Glover segura o papel bem, mas no fim, é um impacto menos poderoso do que o primeiro.

1. PREDADOR (1987)

Não tem como superar um clássico. John McTierman juntou o melhor do cinema de ação com a ficção científica, e trouxe um dos grandes ícones da carreira de Arnold Schwarzenegger. Desde o conceito e visual impressionante da criatura até a elaboração do suspense, o filme de 1987 é uma obra magistral, e que ainda não ganhou uma continuação à altura.

Leia a nossa crítica de O Predador