Stan Lee | 6 maneiras em que ele mudou os quadrinhos para sempre

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Stan Lee nos deixou no dia 12 de novembro de 2018, aos 95 anos, deixando para trás um gigantesco legado que o transformou em uma verdadeira lenda dos quadrinhos.

Tendo criado inúmeros dos heróis mais famosos dos quadrinhos, Stan Lee também mudou a indústria completamente, a transformando naquela que conhecemos hoje em dia. Não apenas isso, ele ajudou a estabelecer os heróis nos cinemas, dentre muitas outras contribuições.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

DC homenageia Stan Lee após seu falecimento

Pensando nisso, decidimos homenagear essa lenda com uma lista de seis formas que ele mudou os quadrinhos para sempre.

Confira abaixo.

Escolheu Ditko ao invés de Kirby para o Homem-Aranha

Ainda há muito debate sobre a influência de Jack Kirby no Homem-Aranha, mas é inegável que, ao escolher Steve Ditko para co-escrever e fazer a arte das revistas do Cabeça de Teia, Stan Lee alterou a história dos quadrinhos para sempre. Ao escolher Ditko, Lee ajudou a criar o Homem-Aranha que conhecemos hoje, que, ao longo dos anos, se tornou o rosto da Marvel Comics, sendo seu principal super-herói, algo que se manteve basicamente até os filmes da Marvel Studios.

Ele ajudou a criar o Método Marvel

Durante a década de 1960, Stan Lee era o principal roteirista, diretor de arte e editor de praticamente todas as publicações da Marvel. Como não é humanamente possível escrever tantos roteiros a cada mês, Lee criou uma solução: escrever uma sinopse simples, algumas vezes de uma página, ou até menos, e entregar para o artista da HQ. Como ele estava trabalhando com lendas como Kirby, Ditko e John Romita Sr., ele algumas vezes só descrevia verbalmente a trama e deixava o artista fazer o resto.

Com a arte terminada, Lee preencheria os diálogos para se encaixar com as imagens e, somente depois, entrava a arte-final. Com isso, a história de como quadrinhos são feitos mudou completamente e estabeleceu que os quadrinhos da Marvel são obras colaborativas.

Além disso, os artistas passaram a ganhar muito mais liberdade criativa, o que levou a algumas das obras mais emblemáticas dos quadrinhos.

Stan Lee estabeleceu os créditos de criador

Embora Lee tenha levado crédito por mais HQs do que ele realmente criou, foi ele que estabeleceu o padrão das páginas com os créditos de autor, incluindo artista, roteirista, arte, arte-final, letras, etc.

Com isso, foi imediatamente criada uma maior proximidade dos fãs com os artistas responsáveis pelas HQs.

A Era das graphic novels

Em 1974, a Marvel relançou algumas icônicas histórias em quadrinhos em coletâneas de capa dura e, em uma dessas histórias, mais especificamente do Surfista Prateado em 1978, Lee e Kirby criaram uma nova história que é considerada uma das primeiras graphic novels da História, além de ter marcado a última colaboração da dupla.

Lee vendeu os quadrinhos para Hollywood

Décadas antes dos super-heróis dominarem Hollywood, Stan lee já tentava vender essas ideias de adaptação para os produtores e chegou a se encontrar com realizadores como Federico Fellini. Apesar de muitas recusas, ele continuou advogando por essa causa e focou em criar filmes e séries com os personagens da Marvel.

Foram essas contínuas tentativas que deram origem aos filmes que conhecemos hoje em dia.

Ele conversava com os fãs

Stan Lee

Muito antes de suas icônicas aparições nos filmes da Marvel e participações em eventos de quadrinhos, Stan Lee já divertia os fãs e conversava com eles nas páginas dos quadrinhos, em pequenos textos chamados “Stan’s Soapbox”.

Nas páginas finais das revistas, ele realmente conversava com os fãs, dando a impressão de que estava falando diretamente conosco. Com menos participações na autoria de revistas, passando a atuar mais como embaixador da Marvel Comics, Lee essas colunas diminuíram, mas se mantiveram basicamente mensalmente, como uma carta de um tio distante.

Com isso, aos poucos ele se aproximou dos fãs se tornando a figura que é hoje em dia, lembrado e querido por todos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio