Vingadores: Ultimato já está nos cinemas há algum tempo, por isso, os realizadores do filme estão cada vez mais à vontade para comentar detalhes do filme e divulgar informações de bastidores.

Os roteiristas de Vingadores: Ultimato, Christopher Markus e Stephen McFeely, estão falando cada vez mais sobre detalhes da trama, inclusive comentando sobre cenas e histórias que foram cortadas da versão final que foi aos cinemas.

O ScreenRant preparou uma lista com as 10 cenas mais épicas que foram cortadas de Vingadores: Ultimato. Confira a seguir.


10 – A dizimação de Thanos aconteceria em Vingadores: Ultimato

Resultado de imagem para thanosTodos se lembram do momento épico em que Thanos estala os dedos em Vingadores: Guerra Infinita, promovendo a Dizimação que elimina 50% de toda a vida no universo. Porém, de acordo com os roteiristas, essa cena inicialmente aconteceria em Vingadores: Ultimato.

O roteirista Christopher Markus explicou a decisão, dizendo que a cena em que Thanos estala os dedos foi antecipada para Vingadores: Guerra Infinita para que o filme de fato tivesse uma conclusão satisfatória e não deixasse um sentimento de inconclusão no ar. Vingadores: Ultimato tem cenas épicas o suficiente, então no fim das contas deixar a Dizimação para Vingadores: Guerra Infinita foi uma decisão acertada.

9 – Thor versus Thor

Resultado de imagem para thor endgameUma das cenas mais empolgantes e divertidas de Vingadores: Ultimato é o momento em que o Capitão América enfrenta uma versão de si mesmo no passado. Bem, de acordo com os roteiristas, inicialmente a ideia era que Thor enfrentasse a si mesmo e não o Capitão América.

Isso teria sido uma escolha interessante, já que o Thor de Vingadores: Ultimato está bem debilitado e certamente teria muitas dificuldades em enfrentar uma versão sua mais poderosa e saudável.

8 – Tony Stark vai para Asgard

Resultado de imagem para tony starkOutra mudança apontada pelos roteiristas de Vingadores: Ultimato envolve Tony Stark. De acordo com eles, no planejamento inicial do roteiro do filme, o Homem de Ferro iria para Asgard e não para a batalha de Nova York retratada em Os Vingadores. Essa batalha inclusive nem seria revisitada no filme, o que tornaria tudo bem diferente.

7 – Conversas durante a batalha final

Resultado de imagem para spiderman battle talk avengersEm uma versão inicial do roteiro, a batalha final de Vingadores: Ultimato seria ainda mais longa. De acordo com os roteiristas, em algum momento a batalha teria uma pausa e todos os heróis poderiam conversar sobre o confronto e planejar seus próximos movimentos. Essa cena foi cortada do filme para dar um ritmo melhor à batalha, já que os roteiristas acharam que pausar toda a sequência de ação para mostrar diálogos seria um pouco anti-climático.

6 – A cena em Morag seria debaixo d’agua

Resultado de imagem para peter quill moragA cena de Vingadores: Ultimato em que o Máquina de Guerra e a Nebulosa vão à Morag para encontrar a Jóia do Poder seria bem diferente se os roteiristas seguissem seu planejamento original. De acordo com eles, a cena seria totalmente debaixo d’agua, mas como a ideia parecia difícil de ser executada nas telas, a cena foi alterada e acabou acontecendo do jeito que está nos cinemas, o que acabou funcionando muito bem, já que a cena em que Peter Quill é nocauteado acaba sendo bem divertida.

5 – Sem o momento “Eu sou o Homem de Ferro”

Resultado de imagem para tony stark i am iron manA saga do Infinito chega a sua conclusão em Vingadores: Ultimato de uma maneira épica, fazendo uma referência ao Homem de Ferro (2008), primeiro filme dos 22 do MCU. Na batalha final de Vingadores: Ultimato, Thanos diz “Eu sou inevitável” e Tony Stark responde “Eu sou o Homem de Ferro”, logo depois estalando os dedos e eliminando o titã para sempre.

Apesar disso, de acordo com os Irmãos Russo, inicialmente Tony Stark não falaria esta frase, na verdade ele não falava nada, o que acabou incomodando todos os envolvidos no filme em algum momento, até que o editor de Vingadores: Utimato, Jeff Ford, sugeriu que Tony Stark falasse sua épica frase, o que encerrou a saga de 22 filmes do MCU de maneira brilhante.

4 – Thor seria motivado pela vingança e não pela depressão

Resultado de imagem para thorDe acordo com os roteiristas, inicialmente as motivações de Thor seriam diferentes em Vingadores: Ultimato. O personagem seria movido pela vingança ao longo do filme, buscando matar Thanos a todo custo. A ideia de abordar o lado depressivo de Thor veio quando os roteiristas acharam que a motivação por vingança seria muito repetitiva, já que Thor sempre buscou isso em filmes anteriores.

3 – Tribunal Vivo estaria no filme

Resultado de imagem para the living tribunalO personagem Tribunal Vivo foi mais um dos que foram cortados em Vingadores: Ultimato. Tribunal Vivo é uma entidade cósmica que age como uma espécie de juiz de todos os seres cósmicos do Universo Marvel. De acordo com os roteiristas, o personagem foi excluído pelo simples fato de não se encaixar no filme, além de deixar a história ainda mais complexa e com mais personagens.

2 – Gavião Arqueiro se sacrificaria em Vormir

Resultado de imagem para clint bartonO sacrifício da Víuva Negra em Vormir foi uma das cenas mais emocionantes de Vingadores: Ultimato mas de acordo com os roteiristas do filme, ela poderia ter sido bem diferente. Na versão inicial do roteiro, quem se sacrificaria para obter a Jóia da Alma seria o Gavião Arqueiro. A mudança só veio graças à produtora Jen Underdahl, que achou que a cena seria bem empoderadora para a Viúva Negra, dando um fim digno para o arco da personagem.

1 – Morgan Stark adulta

Resultado de imagem para katherine langfordUm dos grandes mistérios durante a produção de Vingadores: Ultimato foi a participação da atriz Katherine Langford, de 13 Reasons Why no filme. De acordo com os Irmãos Russo, a atriz interpretou uma versão adulta de Morgan Stark, filha de Tony Stark, porém a cena foi cortada da versão do filme.

Depois de usar as Joias do Infinito para eliminar Thanos, Tony teria uma visão de sua filha Morgan como adulta, que iria informá-lo que ele conseguiu de fato salvar o mundo, apesar de seu sacrifício. De acordo com Anthony Russo, a cena foi cortada porque os espectadores não teriam nenhuma conexão com Morgan Stark, o que deixaria a cena com uma carga emocional menor do que o esperado.