10 coisas que sentiremos falta de Supernatural após a série acabar

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Supernatural tem sido uma constante na vida dos fãs nos últimos 14 anos. Para os mais fanáticos, é difícil imaginar a vida sem a série. No entanto, isso é o que os fãs precisam fazer agora que foi anunciado que a série terminará na décima quinta temporada. Aqui, listamos dez coisas que sentiremos falta após a série terminar.

O encontro semanal com os Winchester

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Muitos fãs ficaram tão à vontade com a presença semanal de Supernatural em suas televisões que começaram a acreditar que isso duraria para sempre. Mesmo depois de 14 anos, o elenco e a equipe pareciam que ainda estavam se divertindo. Além disso, depois de tantas temporadas, as renovações anuais pareciam eternas. Infelizmente, nada disto acontecerá mais.

Monstros!

Monstros são uma fonte constante de fascínio, mas poucas histórias se aprofundaram em muitos deles como Supernatural. Os irmãos Winchester vivem em um mundo atormentado por coisas que saem à noite. Embora muitos desses monstros sejam pura maldade, de vez em quando podem ser conflituosos e compreensivos.

A base de fãs

Supernatural é um sucesso que acumulou uma enorme base de fãs. Os fãs se encontram em convenções, conversam on-line e acompanham todos os detalhes da série. O elenco aproveitou o poder da base de fãs para inúmeras causas de caridade ao longo dos anos.

A complexa mitologia

Ao abordar e repensar religião, lenda e folclore, Supernatural criou um quebra-cabeça de mitologias. No entanto, tudo se desenrolou organicamente, permitindo que os fãs acompanhassem as histórias da série sem muita confusão.

O humor

Supernatural brincou com o absurdo de sua premissa em muitas ocasiões, fazendo piadas da forma mais agradável. Muitas delas eram internas, que somente os fãs de longa data entendiam. A quebra da quarta parede levou a alguns episódios hilariantes que tornaram o programa mais interessante para os fãs.

Episódios experimentais

Com o passar de Supernatural, a série ficou cada vez mais disposta a assumir riscos e experimentar novos formatos de contar histórias. Tome como exemplo o episódio “Baby”, da décima primeira temporada, focado no ponto de vista do carro de Dean, e o crossover com Scooby-Doo, feito através de animação.

Personagens secundários

Depois de tantas temporadas, Supernatural criou um grande número de personagens secundários. E muitos deles foram amados pelos fãs. Felizmente, com a premissa mística da série, os personagens secundários aparecem para ajudar os Winchester o tempo todo, mesmo os que tecnicamente estão mortos.

Incríveis personagens femininas

Supernatural nem sempre teve o melhor histórico com personagens femininas. Mas apesar disso, a série incluiu muitas mulheres cheias de nuances e profundidade ao longo dos anos. Várias delas continuam recorrentes na série.

A humanidade crescente de Castiel

O anjo Castiel não apareceu em Supernatural até o primeiro episódio da quarta temporada. No início, Castiel estava quase completamente desprovido de humanidade. Ele não conseguia se relacionar com Sam e Dean e apenas os ajudava a contragosto. No entanto, ao longo das temporadas, a série humanizou muito Castiel, tornando-o um personagem fascinante.

A irmandade de Sam e Dean

A lealdade entre os irmãos Winchester é o coração de Supernatural. Sam e Dean fariam qualquer coisa um pelo outro. A crença um no outro é absoluta e essa confiança permitiu que desafiassem as probabilidades inúmeras vezes. Seu relacionamento tem sido inspirador e tocante. Sentiremos falta disso após o fim da série.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio