Alguns dos melhores episódios de Supernatural apresentaram o formato de Criatura da Semana e muitas dessas criaturas apareceram relativamente pouco. Outras receberam um pouco mais de reconhecimento, mas gostamos tanto delas que gostaríamos de vê-las novamente até o final da série. Aqui, listamos os dez monstros que deveriam retornar para o seriado na última temporada.

Jesse Turner

Resultado de imagem para Jesse Turner supernatural

Ele é o Anticristo, o meio demônio que Lúcifer planejava usar para destruir o exército do Céu durante o Apocalipse. Ele também desapareceu e nunca mais foi visto por quase uma década. Onde esteve durante todo este tempo em Supernatural?


Benny

Resultado de imagem para benny supernatural

Pelo que sabemos, o querido vampiro de Supernatural permanece no purgatório, onde se sentiu confortável e disposto a permanecer, a fim de permitir que Sam escapasse. Benny representa muito para Dean Winchester: não apenas um de seus raros amigos que confia em sua vida, mas também um monstro que se recusou a matar.

Crianças trocadas

Resultado de imagem para CHANGELINGS supernatural

Ter seu filho roubado e substituído por um monstro que se parece com o garoto é uma das situações mais assustadoras retratadas em Supernatural, e achamos que há muito mais potencial para um episódio com crianças trocadas. E se alguém que já conhecemos antes for revelado como uma dessas criaturas assustadoras?

Gabriel

Resultado de imagem para gabriel supernatural

Gabriel era um dos oponentes mais engraçados dos Winchester, e enquanto já estamos cansados de personagens retornando da morte, e se tivéssemos um divertido episódio de flashback onde os irmãos enfrentam o malandro pela última vez? Não seria a primeira vez que isto acontece em Supernatural.

Espantalho

Resultado de imagem para scarecrow supernatural

Episódio icônico da primeira temporada de Supernatural, “Espantalho” mostrava o monstro do título como um deus pagão a quem as pessoas da cidade sacrificavam viajantes humanos em troca de abundância. Foi uma lenda urbana verdadeiramente assustadora que atraiu muitos fãs.

Rugaru

Resultado de imagem para rugaru supernatural

A razão pela qual um Rugaru é complicado de trazer de volta para Supernatural é que é um monstro indetectável até completar 30 anos. Uma vez envelhecido, ele se transforma e não pode ser curado, sendo morto apenas por fogo ou uma arma poderosa.

Jacob Pond

Resultado de imagem para james pond supernatural

Em Supernatural, uma jovem mãe chamada Amy Pond foi morta por Dean Winchester por assassinar criminosos para ajudar a alimentar seu filho. Ela não tinha muita escolha, e não matava exatamente pessoas inocentes. Seu filho, Jacob, prometeu vingá-la um dia, o que claramente não chegou a acontecer.

Os monstros de Chicago

Resultado de imagem para chicago monsters supernatural

Supernatural quase ganhou um derivado chamado Bloodlines, que acabou sendo abandonado. A história apresentaria um monte de famílias de monstros e os caçadores que acabaram com elas. Em um episódio, Sam até mesmo recebeu um e-mail relatando problemas com monstros em Chicago, enredo que seria abordado no derivado. Parece uma ameaça apropriada para os irmãos Winchester.

A Mulher de Branco

Resultado de imagem para woman in white supernatural

A Mulher de Branco foi um monstro que combinou perfeitamente o terror de Supernatural com as lendas urbanas que serviram como base para a série muito antes da briga de anjos contra demônios se tornar o foco. Há muitas histórias sobre essas noivas fantasmagóricas ao redor dos Estados Unidos, então seria interessante se uma nova versão fosse apresentada.

Sam

Resultado de imagem para sam evil supernatural

É isto mesmo, Sam Winchester é outro monstro que gostaríamos de ver de volta em Supernatural! Ambos os irmãos tiveram poderes para o bem e para o mal, dependendo de como os usaram ao longo dos anos, e os poderes de Sam nunca foram verdadeiramente resolvidos. Enquanto ele achava que precisava beber sangue de demônio para melhorar suas habilidades, mais tarde foi descoberto que seus poderes independem de qualquer coisa.