Tudo tem um lado negativo. Por mais que as chances de que Robert Pattinson seja um bom Batman sejam muito maiores do que o oposto, às vezes é necessário fazer o papel do advogado do diabo.

Aqui, listamos 5 motivos que podem atrapalhar ou prejudicar o trabalho de Robert Pattinson como o Cavaleiro das Trevas, o que pode resultar em um trabalho ruim.

Confira abaixo.


Marcado por Crepúsculo

Por mais que Robert Pattinson tenha feito muitos trabalhos renomados após o fim da saga Crepúsculo, o público geral sempre o verá como Edward Cullen. É uma imagem difícil de ser desconstruída sem a bagagem alternativa do ator, e que exigirá muito de sua performance.

Christian Bale como Batman na trilogia Nolan.
Batman

Comparações serão inevitáveis

Essa é a sina de qualquer ator que assume um papel que já pertenceu a outro intérprete. Ainda mais considerando que a resposta a Ben Affleck como Batman foi muito positiva, Pattinson precisará lidar com a pressão e a cobrança dos fãs da DC.

Nunca fez ação 

Se desconsiderarmos as cenas com cabos em Crepúsculo, Robert Pattinson nunca fez grandes cenas de ação – tampouco de lutas. O ator nunca participou de grandes sequências de luta ou artes marciais, e isso será um desafio, certamente.

Não é ameaçador

Uma faceta que muitos esperam de um intérprete de Batman é que o ator seja capaz de evocar ameaça e medo; grande arma do Cavaleiro das Trevas. A tentativa de Pattinson de ser ameaçador em Crepúsculo foi patética, mas para dar o benefício da dúvida, nunca o vimos em um papel desse caráter em sua fase pós-Edward Cullen.

Não tem o físico

Isso é uma questão que qualquer bom personal trainer pode resolver, mas atualmente Robert Pattinson passa longe do físico que se espera de um super-herói. Especialmente o Batman.

Escrito e dirigido por Matt Reeves (Planeta dos Macacos: A Guerra), The Batman vai explorar o lado mais detetive e noir do herói.

The Batman chega aos cinemas em 25 de junho de 2021.