Vingadores: Ultimato é um grande filme, e talvez melhor do que a maioria dos exemplares da franquia X-Men. Porém, os mutantes tiveram diretores muito melhores do que qualquer um que já tenha passado pelo Universo Cinematográfico da Marvel.

Dessa forma, a franquia X-Men (ainda que imperfeita) rendeu algumas das melhores cenas que o gênero de super-heróis já teve, e separamos aqui 10 delas que podem bater de frente com qualquer coisa que o MCU já produziu.

Confira abaixo.


10. Jean libera seu poder – X-Men: Apocalipse

Esqueça X-Men; Fênix Negra, a melhor cena de Sophie Turner como a versão sombria de Jean Grey está em Apocalipse. Em um clímax bem orquestrado, Jean libera sua força interior – contando com uma montagem paralela que a coloca em duelo psíquico com o vilão – para derrotar o Apocalipse de Oscar Isaac. Uma cena poderosa e extremamente bem fotografada.

9. A Ponte Golden Gate – X-Men 3

X-Men: O Confronto Final pode não ser o filme mais querido dos fãs, mas é inegável que tem algumas sequências fantásticas. Novamente trazendo uma amostra do poder de Magneto, o Mestre do Magnetismo levanta a ponte Golden Gate, em São Francisco, para formar uma passagem para seu grupo mutante. Uma cena que já nasceu icônica, e até hoje impressiona.

8. Luta contra as Sentinelas – X-Men: Dias de um Futuro Esquecido

Todo cineasta que almeje trabalhar a distribuição de poderes precisa assistir essa cena em looping. Para uma das sequências inicias de Dias de um Futuro Esquecido, Bryan Singer retrata a luta de um grupo sobrevivente dos X-Men contra as poderosas Sentinelas, sendo extremamente criativo na forma como usa os diferentes poderes dos mutantes – especialmente os portais de teleporte de Blink.

7. Magneto foge da prisão –  X-Men 2

Magneto sempre protagonizou algumas das melhores sequências de toda a franquia X-Men, e no segundo filme da trilogia original, temos uma aula de fuga de prisão. Usando apenas 2 esferas de metal, ele destrói a prisão de plástico do governo e protagoniza uma escapada de mestre.

6. Magneto caça nazistas – X-Men: Primeira Classe

Primeira Classe precisava mudar nossa percepção em relação aos mutantes, e Matthew Vaughn o fez isso ao tornar os personagens mais radicais. Isso começou quando vimos o jovem Magneto de Michael Fassbender em um tipo de missão empolgante: caçando antigos nazistas, no que resulta em um diálogo inteligente, bem dirigido e empolgante.

5. Revelação de X-23 – Logan

Quando tivemos um filme do Wolverine para maiores de 18 anos, era exatamente esse tipo de cena que esperávamos ver. Wolverine conhece Laura, a X-23, uma jovem mutante que tem garras de adamantium como ele, e um verdadeiro banho de sangue começa quando a dupla é interceptada por uma milícia. Gloriosa carnificina com garras de adamantium, obrigado.

4. Noturno invade a Casa Branca – X-Men 2

É assim que se começa um filme. Nos primeiros minutos de X-Men 2, somos apresentados ao mutante Noturno e sua habilidade de teletransporte de forma intensa e assustadora. Enquanto o misterioso personagem de Alan Cumming se move pela Casa Branca para tentar matar o presidente dos EUA, “Dis Irae”, de Mozart, pincela o tom de forma elegante e operática. Uma das grandes sequências do gênero.

3. Encontro dos Xaviers – X-Men: Dias de um Futuro Esquecido

Agora não estamos falando de ação ou grandes set pieces, mas sim de puro coração. Uma das cenas mais poderosas de X-Men: Dias de um Futuro Esquecido envolve o Xavier do passado acessando a mente de Wolverine para ter um diálogo com sua versão do futuro. É um momento de extrema sinceridade e emoção, onde Patrick Stewart ajuda James McAvoy a se levantar e reencontrar o sentido da vida. É um tipo de cena que raramente vemos no gênero, e duvido que haja algo desse nível em qualquer outro filme da Marvel Studios.

2. Mercúrio na Cozinha – X-Men: Dias de um Futuro Esquecido

Até hoje lembro-me de catar os pedaços de minha cabeça do chão após essa cena deslumbrante. Apresentando o mutante Mercúrio, a cena da cozinha de X-Men: Dias de um Futuro Esquecido desacelera o tempo para explorar seu poder de velocidade, gerando imagens impressionantes ao som de “Time in a Bottle”, de Jim Croce.

1. Mercúrio salva os mutantes – X-Men: Apocalipse

Se a cena da cozinha de Dias de um Futuro Esquecido já era impressionante, Bryan Singer levou tudo a outro nível em X-Men: Apocalipse. Mais longa e complexa do que a do filme anterior, a cena mostra Mercúrio salvando todos os mutantes de uma explosão devastadora na mansão de Xavier, e nem consigo começar a raciocinar sobre o trabalho da direção, fotografia e os efeitos visuais nessa sequência maravilhosa. Pra melhorar, ela ainda tem “Sweet Dreams” na trilha sonora.

X-Men: Fênix Negra está em exibição nos cinemas.