Vingadores: Ultimato fez o impossível, encerrando histórias iniciadas há décadas atrás e dando a elas uma conclusão satisfatória. Mesmo assim, apesar do sucesso de público e bilheteria, no fim das contas é impossível agradar todo mundo. O filme recebeu algumas reclamações gerais e menores, mas também foi alvo de muita controvérsia.

O WhatCulture listou as 10 maiores controvérsias em torno de Vingadores: Ultimato.

10. Fortnite

Essa polêmica é muito estúpida e por isso está na posição mais baixa da lista. Na cena em que reencontramos Thor em Vingadores: Ultimato, Korg, colega de casa de Thor, está jogando Fortnite, o que incomodou muitos fãs, por mais idiota que isso possa ser. Sim, tudo isso foi parte de uma parceria entre o jogo e a Marvel, já que Fortnite é muito popular, mas a cena é tão curta que não atrapalha em nada a imersão no filme, o que torna a irritação de algumas pessoas simplesmente inexplicável.


9. O pôster de Danai Gurira

Durante a divulgação dos pôsteres de Vingadores: Ultimato, a Marvel divulgou o de Okoye sem o nome da atriz Danai Gurira, o que levantou uma certa polêmica nas redes sócias, já que alguns fãs começaram a reclamar do descaso do estúdio com a atriz e com a personagem. No fim das contas,  a Marvel pediu desculpa e publicou o pôster corrigido, encerrando a polêmica antes que ela se tornasse algo verdadeiramente grande.

8. Spoilers gigantes

Em algumas semanas antes da estreia de Vingadores: Ultimato, diversos spoilers do filme foram divulgados em fóruns como o Reddit e o 4Chan, revelando coisas cruciais sobre o terceiro ato do filme. É claro que alguns eram verdadeiros (Cap utilizando o Mjolnir) e outros falsos (a aparição do Wolverine no filme), mas no fim das contas, fugir de spoilers se tornou bem difícil. Até mesmo pessoas envolvidas na Marvel divulgaram spoilers, Gwyneth Paltrow divulgou a armadura de Rescue antes da hora, Chris Pratt postou um vídeo com spoilers do filme e a própria Marvel publicou no Twitter um pequeno trailer na estreia do filme, que mostrava o Professor Hulk e a Batalha de Nova York

No fim das contas, sortudos foram aqueles que conseguiram assistir Vingadores: Ultimato sem saber nenhum detalhe sobre a trama.

7. A duração do filme

Vingadores: Ultimato tem uma duração absurda de 3 horas e 1min, tornando ele o filme mais longo da Marvel. Apesar da duração ter agradado os fãs, a MTV levantou uma polêmica importante sobre a questão. De acordo com eles, é pouco razoável esperar que as pessoas se segurem para ir ao banheiro durante uma sessão de cinema tão longa, especialmente se considerarmos pessoas com doenças ou alguma necessidade especial.

A discussão foi importante, mas não gerou tantos problemas quanto poderia, já que diversos cinemas tiveram o cuidado de avisar as pessoas sobre a longa duração de Vingadores: Ultimato e muitos fãs deram dicas sobre quais partes do filme eram menos importantes para que aqueles muito “apertados” pudessem se aliviar sem perder nada da trama principal.

6. Todos odeiam Brie Larson

Alguns fãs da Marvel simplesmente decidiram travar uma guerra contra Brie Larson, que interpreta a Capitã Marvel em Vingadores: Ultimato. Assumidamente feminista, a atriz declarou que o filme Uma Dobra no Tempo (2018) não foi feito exclusivamente para homens brancos e portanto não deveria ser julgado apenas por eles. Esse comentário foi o suficiente para enfurecer alguns fãs da Marvel, que passaram a atacar a atriz nas redes sociais, além de criar teorias de que os atores de Vingadores: Ultimato odiavam Larson.

No fim das contas, esse ódio existe pelo simples fato de Brie Larson interpretar a primeira heroína que ganha um filme solo no MCU, o que é um fato que parece incomodar alguns fãs infantis e ignorantes.

5. O primeiro personagem gay do MCU

O primeiro personagem gay do MCU gerou duas polêmicas, mas as duas surgiram de grupos de pessoas diferentes com motivações bem distintas. O personagem em questão é interpretado pelo diretor Joe Russo, aparecendo apenas em uma pequena cena de Vingadores: Ultimato. Para alguns fãs, a existência de um personagem gay no MCU é um problema (o que é uma tremenda idiotice e é simples e unicamente homofobia), mas para outros fãs, o problema aqui é a falta de representatividade, já que incluir um único personagem LGBT em uma franquia de 22 filmes é deixar de representar um grupo de pessoas muito importante.

Felizmente, o MCU deve investir mais em personagens LGBT a partir de agora, pelo menos é o que Kevin Feige e outros produtores do Marvel Studios disseram nos últimos meses.

4. Falhar com a Viúva Negra

A Viúva Negra teve um desenvolvimento impressionante, se tornando uma das personagens mais importantes do MCU em Vingadores: Ultimato. Mesmo assim, a morte da personagem levantou muita polêmica entre os fãs. Para muitos, a morte dela foi um ato machista por parte dos realizadores do filme, que preferiram excluir ela do que matar o Gavião Arqueiro.

Apesar da polêmica, o arco da Viúva Negra é um dos mais coerentes de Vingadores: Ultimato, já que encerra a jornada da personagem mostrando como ela abraçou a ideia dos Vingadores e se mostrou disposta a morrer por ela, encontrando enfim uma família e um ideal pelo qual vale a pena lutar.

3. A-Force

A-Force é o nome dado ao grupo das heroínas de Vingadores nos quadrinhos da Marvel. Em Vingadores: Ultimato, tivemos uma cena que faz uma homenagem a A-Force, que mostra todas as heroínas presentes na batalha final contra Thanos se unindo em combate. A cena incomodou pessoas por todos os lados. Teve gente que achou que a cena foi puramente fan-service, teve gente que achou que faltou fan-service e teve gente que simplesmente odiou por odiar. No fim das contas, em um filme que envolve aliens e robôs, uma cena com um grupo de heroínas se unindo não deveria incomodar tanto.

2. A versão do 4Chan

No ato mais patético já visto, um usuário no 4Chan divulgou na internet uma edição editada de Vingadores: Ultimato que exclui tudo que ele acha ruim. Ou seja, mulheres, homossexuais e negros. Esse ato é simplesmente uma das coisas mais infantis e preconceituosas já vistas e só mostra o quão tóxica pode ser uma comunidade de fãs.

1. ”Thor gordo”

O “Thor Gordo” de Vingadores: Ultimato também esteve envolto em muita controvérsia. Para muitos, o filme convidava o espectador a rir do personagem pelo simples fato dele ter engordado, o que não é legal (e nem engraçado) visto que o personagem sofre de depressão. Para outros, nada disso é verdade e Vingadores: Ultimato dá um arco heroico e interessante para o personagem, mostrando que ele é digno do Mjolnir apesar de suas falhas. No fim das contas, essa discussão nunca vai acabar e as pessoas vão continuar interpretando o filme de maneiras diferentes, o que é no fim das contas a beleza de qualquer entretenimento.

Vingadores: Ultimato segue em exibição nos cinemas.

Próximo filme da Marvel, Homem-Aranha: Longe de Casa estreia no dia 4 de julho.