Os deuses têm sido importantes na série Dragon Ball desde o mangá original, em que fomos apresentados a Kami, uma divindade que serviu como a protetora da Terra. Obviamente, existem muitos tipos diferentes deles. Aqui, listamos as dez divindades canônicas mais poderosas da saga Dragon Ball.

Zamasu

Zamasu era um Kai Supremo em treinamento do Universo 10, treinado por Gowasu. Ele chegou à conclusão depois de muita observação que os mortais eram desnecessários e imperfeitos e eram fonte de imoralidade e corrupção. Ele via a compaixão de Gowasu pelos mortais como uma fraqueza, e seu objetivo era eliminar todos os mortais da existência.


Champa

Enquanto a maioria dos Deuses da Destruição são mais fracos que Beerus, Champa lutou contra ele em várias ocasiões e é um dos únicos capazes de enfrentá-lo. Em um debate entre os dois, Champa e Beerus quase destruíram ambos os seus respectivos universos apenas gritando um com o outro.

Top

Top é apresentado pela primeira vez em Dragon Ball como um membro da equipe do Universo 11 e líder da Tropa do Orgulho, uma equipe de lutadores que trazem justiça para todo o universo. Foi revelado mais tarde que Top era um Deus da Destruição em treinamento, e até mesmo no mangá era capaz de utilizar o poder de um Deus.

Vegeta

Vegeta derrotou Top no Torneio do Poder depois que assumiu a forma de um Deus da Destruição, e treinou com Whis e Beerus por muitos meses. Depois de lutar contra Beerus no mangá de Dragon Ball, ele chegou à conclusão de que Vegeta seria um poderoso Deus da Destruição em outro universo.

Beerus

Beerus foi o primeiro Deus da Destruição que testemunhamos. Sozinho, enfrentou todos os Guerreiros-Z, e foi o primeiro oponente que Goku enfrentou como um Deus Super Saiyajin. Mesmo com o poder de um deus, Goku não conseguiu derrotá-lo, e a Terra só foi poupada porque Beerus queria mantê-la por suas iguarias.

Belmod

Antes do início do Torneio do Poder, Whis falou de um boato de que em outro universo, havia um mortal que é mais poderoso que seu Deus da Destruição, em um universo que conta com um Deus da Destruição mais poderoso que Beerus. Tratava-se de Belmod, e no anime de Dragon Ball esse boato era verdadeiro.

Goku

Goku é considerado um deus desde o início de Dragon Ball Super. Durante o Torneio do Poder, Goku acaba por atingir e dominar um estado conhecido pelos deuses como Ultra Instinto, que é uma técnica que nem os Deuses da Destruição podem aprender facilmente. Com esse poder, ele finalmente derrotou Jiren.

Zalama

Nunca vimos Zalama fazer qualquer coisa diretamente, mas mesmo no Dragon Ball original, está estabelecido que um Dragão Eterno não pode conceder um desejo que está além do poder do criador, o que significa que conceder verdadeira imortalidade, recriar o multiverso e alcançar poder suficiente para matar todos os Deuses da Destruição são desejos ao alcance do poder para Zalama.

Senhor dos Lordes

O Senhor dos Lordes era o Supremo Kai original no Universo 7, o primeiro Supremo Kai que estava ligado a Beerus. Há muito tempo, ele sacrificou todo o seu poder para selar Moro, um poderoso vilão que tem o poder de drenar a energia espiritual de planetas inteiros de cada vez.

Zeno/Zeno do futuro

Whis afirmou que Zeno é capaz de apagar qualquer um e qualquer coisa, independentemente da escala. Planetas, galáxias, universos, linhas do tempo, deuses, anjos, a própria existência. Todos caem com um simples olhar de Zeno. Todos os Deuses da Destruição têm medo dele – e de sua versão do futuro também.