A Marvel é conhecida por ter não só heróis divertidos mas também personagens cativantes e complexos. Desde os mais importantes, como o Homem-Aranha e o Capitão América, até personagens menores como a Valquíria e Wong, a grande maioria dos personagens do Universo Marvel é interessante e tem algo a acrescentar.

Apesar disso, alguns personagens da Marvel simplesmente não funcionaram nas grandes telas, sendo desinteressantes e em alguns casos até irritantes para grande parte do público. Pensando nisso, o WhatCulture listou os 10 personagens mais irritantes dos filmes dos Vingadores. Confira abaixo.

10. Odin

Dentre todos os filmes dos Vingadores, Odin apareceu nos três filmes do Thor, mas foi só em Thor: Ragnarok que o personagem interpretado por Anthony Hopkins teve algum destaque. Sim, em Ragnarok  Hopkins interpreta Loki disfarçado de Odin, mas mesmo assim  essa foi a melhor versão do personagem que apareceu no MCU.


Odin sempre foi um personagem subaproveitado nos filmes da Marvel, aparecendo durante os dois primeiros filmes do Thor apenas para falar uma frase de efeito ou outra. O mais irritante nesse personagem no fim das contas é o fato da Marvel desperdiçar um ator como Anthony Hopkins, que poderia fazer um trabalho muito melhor se o personagem fosse melhor desenvolvido.

9. Christine Everhart

Christine Everhart é bem chata e é uma das personagens mais mal escritas do MCU. Sim, ela existe em Homem de Ferro (2008) para mostrar o lado negro de Tony Stark e a pessoa egocêntrica e ruim que ele era antes do filme. Infelizmente, a mensagem da personagem não é tão efetiva e ela serve apenas como uma ferramenta de roteiro. No fim das contas, Pepper e Happy Hogan são coadjuvantes muito melhores para o personagem que chega a ser o mais importante dos Vingadores.

8. Helen Cho

Helen Cho por si só não é irritante, mas sua introdução em Vingadores: Era de Ultron é tão sem propósito que ela acaba entrando na lista. Apesar de existir nos quadrinhos da Marvel e não ter tanta importância assim por lá também (ela serve apenas para ser mãe de Amadeus Cho), Helen Cho poderia ter sido melhor desenvolvida por Joss Whedon nos cinemas. Infelizmente, a personagem é mais uma que cai no esquecimento e que entra para a lista de personagens inúteis da Marvel nos cinemas.

7. Lorraine

Outra atriz desperdiçada no MCU foi Natalie Dormer, que interpretou Lorraine em Capitão América: O Primeiro Vingador. Durante o filme, a personagem só serve para criar uma tensão entre Steve Rogers e Peggy Carter, flertando com o primeiro sem motivo algum e de maneira patética.  A cena também serve para mostrar a inocência de Rogers diante das mulheres, mas isso poderia ser mostrado de outras maneiras e em cenas melhores. No fim das contas, Lorraine é uma das personagens mais rasas dentre todos os filmes da Marvel e dos Vingadores

6. Três Guerreiros

Os Três Guerreiros são tão irrelevantes para o MCU que eles simplesmente desapareceram em Thor: Ragnarok, juntamente com a Lady Sif. No fim das contas, Os Três Guerreiros nunca tiveram a menor importância dentro dos filmes da Marvel, tendo um desenvolvimento extremamente raso. A prova disso é que o público em geral nem sabe direito quem são esses personagens e quais são as características e a personalidade de cada um. No fim das contas, todas as cenas com Os Três Guerreiros nos filmes da Marvel se tornaram totalmente dispensáveis agora que sabemos da inutilidade deles para Thor e para os Vingadores.

5. Jasper Sitwell

Dá pra argumentar que o papel de Jasper Sitwell na narrativa é de fato ser irritante, mas isso não justifica o desinteresse que o personagem causa. Sim, ele parece inteligente e entende de tecnologia, o que o torna fundamental, mas no fim das contas ele é de longe o menos interessante entre os agentes da HYDRA que aparecem em Capitão América: Soldado Invernal. Sitwell é  na verdade um personagem tosco e irritante e sua ausência no futuro dos Vingadores e da Marvel não deve ser sentida. 

4. Maya Hansen

Pobre Maya Hansen. A personagem inicialmente seria a principal vilã de Homem de Ferro 3, mas a ideia foi vetada pelo estúdio, que achou que uma vilã feminina não venderia tanto assim. No fim das contas o roteirista Shane Black teve que mudar toda a participação da personagem no filme, o que acabou sendo um desserviço para a atriz Rebeca Hall, que viu sua personagem ser desperdiçada no filme. Maya Hansen está em diversos pontos da história de Homem de Ferro 3, mas no fim das contas ela não tem importância alguma, sendo outra personagem inútil nos filmes dos Vingadores e no Universo Marvel.

3. Raza

Raza não é tão irritante assim, o que o prejudica no fim das contas são as comparações com outros vilões da Marvel que acabam inevitavelmente surgindo. Os Vingadores enfrentam vilões como Loki, Killmonger, Hela e Thanos ao longo dos filmes e isso esvazia demais o papel de Raza no MCU. No fim seus objetivos não são críveis e reassistir Homem de Ferro (2008) só aumenta esse sentimento de que Raza é um vilão bem fraco no fim das contas.

2. Darcy

Darcy é um bom exemplo da falta de qualidade dos dois primeiros filmes do Thor e sua ausência no terceiro sequer foi sentida. A personagem representa a dificuldade que os dois primeiros filmes do Thor tinham em expandir sua história e entrar de vez no universo do Asgardiano, abandonando as questões mundanas. Com a mudança de tom que o herói sofreu em Thor: Ragnarok, indo para um lado mais cômico, não existia espaço para Jane Foster e sua amiga Darcy no MCU. A atriz Kat Dennings, que a interpreta é boa em comédia, mas como a personagem serve como uma linha auxiliar de Jane Foster, interpretada por Natalie Portman (que não é tão boa em comédia assim)  no fim das contas ela teve que ser cortada do Universo Marvel. A verdade é que ninguém sentiu muita saudade, não é mesmo?

1. Sharon Carter

Surgindo como um interesse amoroso de Steve Rogers, Sharon Carter é outra personagem que não se sustenta dentro do Universo Marvel. Sua tensão amorosa com o Capitão América é extremamente forçada e inútil no fim das contas, servindo apenas para criar um estranhamento no público agora que ele voltou para o passado para ficar com Peggy Carter, tia-avó de Sharon. No fim das contas, os dois poderiam ter sido apenas amigos e já teria sido o suficiente. 

Vingadores: Ultimato segue em exibição nos cinemas brasileiros.