Com 15 temporadas já lançadas e mais uma a caminho, Grey’s Anatomy se tornou a série médica mais duradoura da TV e mudou completamente a cara do gênero.

Com uma alta rotatividade de atores, os bastidores da série sempre foram marcados por confusões, desentendimentos, e muito drama.

Confira abaixo os maiores escândalos dos bastidores de Grey’s Anatomy e os segredos mais chocantes do elenco da série.


A homofobia de Isaiah Washington

Isaiah Washington, o Dr. Preston Burke, foi demitido de Grey’s Anatomy após chamar se referir ao colega T.J. Knight (George O’Malley) com um xingamento homofóbico durante uma discussão acalorada com Patrick Dempsey. Na época, Knight ainda não havia assumido sua sexualidade. A situação piorou ainda mais com um estranho discurso de Washington durante o Globo de Ouro.

A reputação de Katherine Heigl

Katherine Heigl, a Dra. Izzie Stevens, causou um climão nos bastidores de Grey’s Anatomy. A atriz se recusou a concorrer ao Emmy, afirmando que os roteiristas da série não haviam criado um material digno da premiação. Depois dessa confusão, Izzie durou apenas mais dois meses na série.

A saída de T.J. Knight

T.J. Knight interpretou George O’Malley em Grey’s Anatomy. O personagem era muito querido pelo público, o que fez sua morte por acidente de ônibus ainda mais chocante. O que muita gente não sabe é que o próprio ator decidiu deixar a série, insatisfeito com os rumos da trama de seu personagem. Após manifestar suas críticas e ser ignorado pela equipe de produção, ele preferiu abandonar o navio.

O comportamento de Patrick Dempsey

Patrick Dempsey, o Derek, sempre será um dos atores mais queridos pelos fãs de Grey’s Anatomy. Sua saída da série foi uma decisão conjunta entre o ator e Shonda Rhimes. Mesmo com a despedida amigável, jornais e revistas da época noticiaram um padrão preocupante no comportamento do ator nos sets da série. Aparentemente, Dempsey se comportava como “uma diva”, e chegou a se envolver em um affair com uma funcionária da equipe de produção, o que desagradou (e muito) Shonda Rhimes.

O estresse de Ellen Pompeo

Após se despedir do colega de elenco Patrick Dempsey, Ellen Pompeo decidiu tirar férias para esfriar a cabeça. No entanto, o que deveria ser apenas uma viagem relaxante para a Sicília, se tornou em um pesadelo publicitário. Segundo a intérprete de Meredith, o estúdio não a deixou em paz. Os dirigentes da ABC estavam prontos para escolher o novo lar romântico da atriz, e nem os pedidos sinceros de Pompeo conseguiram parar a enxurrada de ligações.

A vida amorosa de Jesse Williams

Casado há mais de uma década com Aryn Drake Lee, Jesse Williams surpreendeu fãs ao anunciar o divórcio em 2017. Logo após o anúncio, sites começaram a especular que o ator teria traído sua esposa com a atriz Minka Kelly. Na época, ele negou, porém o casal foi flagrado andando de mãos dadas em Paris pouco tempo depois.

O sucesso de Kate Walsh

Após fazer sucesso como a Dra. Addison em Grey’s Anatomy, Kate Walsh ganhou seu próprio derivado, Private Practice, e deixou a série. Segundo notícias da época, praticamente todo o elenco de Grey’s Anatomy ficou com ciúmes do sucesso da atriz, e supostamente, muitos deles torciam pelo fracasso da série da ex-colega.

As queixas de Eric Dane

Eric Dane, o Dr. Mark Sloan também deixou a série de maneira chocante. Na época, os motivos não foram realmente revelados, porém depois, o ator afirmou que se sentia como “um pedaço de carne” na série. Outros sites, no entanto afirmam que o comportamento disruptivo do ator e seu vício em remédios foram os verdadeiros motivos de sua saída.

Shonda Rhimes vs. ABC

Durante as 16 temporadas de Grey’s Anatomy, Shonda Rhimes travou batalhas importantes com os executivos da ABC. Segundo informações do set, a showrunner é extremamente perfeccionista, e não lida bem com críticas e pitacos da emissora. A maioria da brigas teria acontecido pela decisão do canal de cortar ou editar cenas da série.

A justificativa de Ellen Pompeo

Há algum tempo, o site Deadline noticiou que Ellen Pompeo era a verdadeira responsável pela saída de vários atores da série, citando especificamente Jessica Capshaw (Arizona) e Sarah Drew (April). A atriz, no entanto, negou veementemente a acusação, e criticou o site por incentivar a rivalidade feminina