Alguns podem nem saber, mas Sylvester Stallone reprisará um de seus personagens mais icônicos pela última vez este ano com Rambo 5. Ao que parece, será o fim do letal soldado atormentado pela Guerra do Vietnã.

Para comprovar que Rambo ainda é capaz de provocar antecipação, separamos alguns motivos para animar o espectador para o quinto filme, e por que ele pode se revelar como uma grata surpresa.

Confira abaixo.


Sylvester Stallone mais maduro

Todos gostamos de ver Stallone retornando a seus papéis icônicos, vide a jornada satisfatória de Rocky Balboa em Creed, mas John Rambo não teve isso em 2008 – com o sanguinolento e trash Rambo IV. Este novo filme parece mostrar um Rambo mais dramático e traumatizado, e deve garantir uma performance mais profunda do astro.

Stallone não está dirigindo

Não dizendo que Sylvester Stallone seja um mau diretor, muito pelo contrário. Porém, Sly geralmente ganha quando outros artistas trabalham em cima de suas criações (vide Ryan Coogler), às vezes até por se arriscar mais em decisões ousadas. Ver um novo nome, Adrian Grunberg, assumindo a direção deste novo Rambo 5 é algo promissor para a história.

Stallone em Rambo 5

Ecos de faroeste

O primeiro trailer de Rambo 5 certamente foi crucial para conquistar muitos céticos. A atmosfera do filme parece similar à de faroestes clássicos de Clint Eastwood, abordando a proposta do velho aposentado que precisa abandonar sua comodidade quando um banho de violência bate à sua porta. Estamos muito empolgados.

Abordagem dramática

Muitos se esquecem de que o primeiro filme de Rambo não era exatamente um festival de ação desenfreada. Era um drama pesado sobre o trauma da guerra, e que trazia um discurso crítico eficiente e memorável – que foi esquecido ou abordado superficialmente pelos demais. Rambo 5 parece trazer isso de volta, especialmente pelo monólogo no trailer em que John Rambo explora seu estresse pós-traumático.

Mais mortes de Rambo

Não podemos esperar menos do que muitas mortes em um filme de Rambo. Nas rede sociais, Stallone já afirmou que Rambo 5 será um dos mais violentos de toda a saga, e isso é dizer algo após toda a carnificina do quarto filme.

É o capítulo final

Confesso que uma das melhores coisas de Rambo 5 é seu título original: Last Blood, fazendo alusão ao First Blood do primeiro filme – que no Brasil se chama Rambo: Programado para Matar. Isso garante uma sensação de desfecho e conclusão para o personagem, e que pode até passar abraçar um fim trágico para John Rambo. É um personagem icônico, e seu fim não pode passar batido.

Em Rambo 5, a filha de um dos amigos do herói titular, vivido por Sylvester Stallone, é sequestrada, fazendo com que ele vá atrás de um dos cartéis mais violentos do México para recuperar a garota.

Além de Sylvester Stallone, o elenco de Rambo 5 traz ainda Paz Vega, Sergio Peris-Mencheta, Adrianna Barraza, Yvette Monreal, Genie Kim aka Yenah Han, Joaquin Cosio e Oscar Jaenada. A direção é de Adrian Grunberg.

Rambo 5 chega aos cinemas brasileiros em 19 de setembro.