Desde que Friends acabou em 2003, os fãs têm desejado por um revival da adorada sitcom da NBC. Porém, todas as vezes em que projeto chegou perto de ser realizado, alguma coisa dava errada.

E certamente por um bom motivo. A ideia de um revival de Friends não é das mais animadoras, e separamos abaixo alguns argumentos para que a série dos amigos fique intocada.

Confira abaixo.


Não mexa no que deu certo

Ao longo de suas 10 temporadas, Friends trouxe arcos satisfatórios, desenvolvimentos envolventes e encerrou tudo com um final bem eficiente e emocionante. Não podemos pensar em como trazer algo que agregue à história original, tampouco em histórias empolgantes para esse grupo de adultos que agora está mais maduro. Nem mesmo o elenco da série parece empolgado em um retorno, com Matt Le Blanc já tendo negado uma reunião diversas vezes.

Lembram de Joey?

Se alguém quiser alguma ideia do que é uma continuação de Friends, basta revirar as fitas VHS de seus pais para encontrar Joey. O personagem de Matt Le Blanc gerou um derivado desastroso onde Joey se muda para Los Angeles para perseguir a carreira de atuação. Uma boa premissa, mas que rendeu apenas 2 péssimas temporadas. Uma das críticas da série, sem surpresa, foi notar como Joey não era o mesmo sem seu grupo de amigos.

Piadas e narrativas podem envelhecer

É um fato que o mundo está um pouco mais delicado para comediantes, e piadas do passado não seriam tão bem aceitas no século XXI. Friends está cheia delas, desde gordofobia com a família de Monica ou o problemático tratamento do pai de Chandler, um transexual. É uma questão que qualquer sitcom da década de 90 enfrentaria se fosse lançada hoje.

Os fãs nunca ficarão satisfeitos

Isso é bem evidente. Por mais que revivals como os de Gilmore Girls e Will & Grace tenham funcionado, Friends é muito mais difícil por ser uma das comédias mais populares da televisão, e os fãs vão esperar muito. Será impossível atender às expectativas, e definitivamente teríamos uma recepção mista.

Friends durou 10 temporadas na NBC americana, sendo exibida pelo Warner Channel no Brasil. Além disso, todos os episódios estão disponíveis no catálogo da Netflix.