Vingadores: Ultimato teve a capacidade de encerrar 11 anos de histórias do MCU, amarrando todas as pontas soltas de maneira brilhante. É claro que para isso, diversos ajustes tiveram de ser feitos e o roteiro do filme teve de ser reescrito diversas vezes, o que mudou a história completamente. Em diversas entrevistas, os roteiristas Stephen McFeely e Cristopher Markus revelaram como Vingadores: Ultimato poderia ter sido diferente.

O WhatCulture listou 10 coisas que poderiam ter acontecido em Vingadores: Ultimato mas que foram mudadas na versão final do filme.

8. A morte do Gavião Arqueiro

Originalmente, o sacrifício da Víuva Negra em Vormir não aconteceria. De acordo com os roteiristas do filme, na versão inicial do roteiro de Vingadores: Ultimato, quem se sacrificaria para obter a Jóia da Alma seria o Gavião Arqueiro. A mudança só veio graças à produtora Jen Underdahl, que achou que a cena uma conclusão perfeita para a história da personagem, que encontrou nos Vingadores a sua verdadeira família.


7. Um novo personagem

Outra mudança de Vingadores: Ultimato poderia ter sido a presença de um novo personagem. De acordo com os roteiristas, o Tribunal Vivo, uma entidade cósmica que age como uma espécie de juiz de todos os seres cósmicos do Universo Marvel, originalmente apareceria no filme. No fim das contas, o personagem foi excluído pelo simples fato de não se encaixar no filme, além de deixar a história ainda mais complexa e com mais personagens do que deveria. Mesmo assim, tudo indica que Kevin Feige, o chefe da Marvel, tem planos para o Tribunal Vivo no futuro do MCU.

6. O momento “Eu sou o Homem de Ferro” não existiria

Na batalha final de Vingadores: Ultimato, Thanos diz “Eu sou inevitável” e Tony Stark responde “Eu sou o Homem de Ferro”, logo depois estalando os dedos e eliminando o titã para sempre. Porém, de acordo com os Irmãos Russo, inicialmente Tony Stark não falaria esta frase.

Na verdade ele não falava nada, o que acabou incomodando todos os envolvidos no filme em algum momento, até que o editor de Vingadores: Utimato, Jeff Ford, sugeriu que Tony Stark falasse sua épica frase, o que acabou servindo como um final brilhante para a saga de 22 filmes do MCU.

5. O estalo não aconteceria em Vingadores: Guerra Infinita

Todos se lembram do momento épico em que Thanos estala os dedos em Vingadores: Guerra Infinita, promovendo a Dizimação que elimina 50% de toda a vida no universo. Porém, de acordo com os roteiristas, inicialmente a ideia era incluir essa cena em Vingadores: Ultimato.

De acordo com os roteiristas, a cena em que Thanos estala os dedos foi antecipada para Vingadores: Guerra Infinita para que o filme de fato tivesse uma conclusão satisfatória e impactante, já que a ideia era realmente que o filme fosse o segundo ato de uma grande história. Vingadores: Ultimato tem cenas épicas o suficiente, então no fim das contas deixar a Dizimação para Vingadores: Guerra Infinita foi uma decisão acertada.

4. Outros personagens voltariam

De acordo com os roteiristas de Vingadores: Ultimato, muitos outros personagens poderiam ter ressuscitado durante o filme. Em certo ponto, foi cogitada a ideia de incluir Hank Pym e Janet van Dyne na batalha final, mas os roteiristas acharam que o filme ficaria muito “lotado” de personagens e acabaram rejeitando a ideia. Além disso, personagens das séries de TV da Marvel (como Luke Cage) também poderia ter aparecido no filme, mas a confusão que isso geraria nos espectadores acabou inviabilizando essa possibilidade.

3. A batalha final sofreu alguns ajustes

Em uma versão inicial do roteiro de Vingadores: Ultimato, a batalha final contra Thanos seria ainda mais longa. De acordo com os roteiristas, em algum momento a batalha teria uma espécie de “pausa” em que todos os heróis poderiam conversar sobre o confronto e planejar seus próximos movimentos.

Essa cena foi cortada do filme para dar um ritmo melhor à batalha, já que os roteiristas acharam que pausar toda a sequência de ação para mostrar diálogos seria um pouco anticlimático. Além disso, a épica cena em que todas as heroínas aparecem juntas durante a batalha quase foi cortada do filme, mas os roteiristas (assim como os fãs) gostaram tanto que acabaram deixando ela na versão final de Vingadores: Ultimato.

2. O Professor Hulk já teria sido apresentado

Inicialmente, a ideia dos roteiristas de Vingadores: Ultimato era incluir a transformação de Bruce Banner em Professor Hulk em Vingadores: Guerra Infinita. Esse momento aconteceria durante a batalha de Wakanda, mas os roteiristas acharam que a cena não iria funcionar direito, então decidiram mudar completamente, introduzindo o Professor Hulk depois do salto de 5 anos no tempo de Vingadores: Ultimato.

1. Heimdall versus Tony Stark

Inicialmente, os roteiristas não planejavam que a Batalha de Nova York fosse revisitada em Vingadores: Ultimato. O plano era de que os Vingadores conseguissem o Tesseract em Asgard, o que iria incluir uma viagem do Homem de Ferro para o local. Essa cena incluiria uma luta entre Tony Stark e Heimdall, que seria o único enxergando o Homem de Ferro em seu traje invisível. No fim das contas isso foi cortado do filme e os Vingadores tiveram que obter o Tesseract de outra maneira.

Vingadores: Ultimato segue em exibição nos cinemas.

Próximo filme da Marvel, Homem-Aranha: Longe de Casa estreia no dia 4 de julho.