Em três temporadas e 25 episódios, Stranger Things entregou diversos momentos impactantes e emocionantes. Seja por conta do Mundo Invertido, dos Demogorgons ou do Devorador de Mentes, os cidadãos de Hawkins simplesmente não conseguem encontrar paz.

O ScreenRant listou os 10 momentos mais emocionantes de Stranger Things.

10. Eleven desaparece

No fim da primeira temporada de Stranger Things, Eleven simplesmente desaparece e nós só descobrimos seu destino no início da 2ª temporada. No fim das contas, Eleven aparece bem, mas nada diminui a tristeza que foi assistir Mike sofrendo por ela.


9. Will é possuído

Depois que Will voltou do Mundo Invertido nós achamos que ele teria sossego, mas isso não existe em Stranger Things. Na 2ª temporada, o garoto é possuído pelo Devorador de Mentes e os fãs tiveram que assistir sua mente se deteriorando ao longo dos episódios. No fim ele se liberta, mas toda essa jornada foi bem triste de acompanhar.

8. A morte de Barb

Barb nunca teve a chance de brilhar em Stranger Things. A pobre garota desaparece depois de uma festa – em que ela esteve acompanhada de Steve. Seu cadáver é encontrado no Mundo Invertido no final da 1ª temporada.

7. Os experimentos de Brenner

A origem de Eleven é uma das coisas mais tristes de Stranger Things. Quando descobrimos que a garota – e tantas outras – era utilizada como um rato de laboratório do cruel Doutor Brenner, foi díficil segurar as lágrimas.

6. A redenção de Billy

Billy sempre foi um personagem detestável em Stranger Things, mas ao final da 3ª temporada, ele finalmente encontra redenção. Depois de ser utilizado pelo Devorador de Mentes durante toda a temporada, o garoto é finalmente convencido a mudar de lado por Eleven. Ele acaba se sacrificando para que os garotos escapem, morrendo na frente de sua irmã Max em uma das cenas mais tristes da série.

5. O heroísmo de Bob

Bob Newby foi um verdadeiro herói em Stranger Things. Namorado de Joyce, Bob se sacrifica para salvar Joyce, Hopper, Mike e Will, morrendo de maneira heróica enquanto o grupo escapa do laboratório de Hawkins.

4. A mãe de Eleven

Parte da história da 2ª temporada de Stranger Things é sobre Terry, a mãe de Eleven. Em vários episódios, descobrimos por flashback que Terry tentou salvar Eleven do laboratório e acabou falhando.

A pobre mulher foi submetida a um tratamento de choque que a deixou catatônica, presa em sua própria mente e com apenas memórias de Eleven – que ela chama de Jane. A história de Terry é certamente uma das mais devastadoras de Stranger Things.

3. O fim de Hopper

O fim de Hopper em Stranger Things 3 foi um dos momentos mais chocantes da série. Nosso herói acaba sendo vítima da explosão do gerador que abre o portal de Hawkins, o que – supostamente – acaba o matando. Existem alguns indícios de que Hopper tenha sobrevivido, mas essa cena é certamente uma das mais trágicas da série.

2. Eleven descobre

Pior do que o fim de Hopper, só a reação de Eleven ao acontecimento. A cena em que a garota recebe das mãos de Joyce uma carta escrita por seu pai adotivo é simplesmente uma das mais devastadoras de Stranger Things. O pobre Hopper não pode sequer se despedir de sua filha.

1. A mudança dos Byers

Ao fim de Stranger Things 3 temos a cena mais triste de todas. Cansados de tanto sofrimento, os Byers, Will, Jonathan, Joyce e Eleven, resolvem se mudar de Hawkins. A mudança da família muda a série para sempre, já que ela separa casais – Jonathan e Nancy e Eleven e Mike – e amigos. Veremos como a quarta temporada da série vai fazer para unir todos os personagens novamente.

Todas as três temporadas de Stranger Things estão disponíveis na Netflix.