Atenção! A lista abaixo traz spoilers de diversas HQs da Marvel e DC.

A morte é uma temática utilizada de diferentes maneiras nas HQs. Quadrinistas tentam manter o equilíbrio em despedidas que carregam uma grande carga emocional e ao mesmo tempo confirmam o caráter fantástico das histórias.

Muitas vezes, heróis e vilões morrem apenas para retornarem à vida edições depois. Em outras, os óbitos são definitivos.


Confira abaixo dez mortes controversas na Marvel e DC!

Viúva Negra – Secret Empire

Secret Empire é uma das HQs mais polêmicas da Marvel. A trama revela que o Capitão América era um agente secreto da Hydra. Em uma cena bizarra e chocante, o herói tornado vilão quebra o pescoço de Natasha Romanoff. Para a surpresa dos fãs, a heroína retornou em 2018 na HQ Tales of Suspense.

Stephanie Brown – War Games

Stephanie Brown há tempos não assumia um papel importante nas HQs do Batman, mas sua morte em War Games foi considerado cruel em demasia. Após assumir a identidade da heroína Spoiler, Brown é torturada por Máscara Negra. Ela consegue escapar e encontra a Dra. Leslie Thomkins, que de propósito a deixa morrer. Arrependida, a DC trouxe a personagem de volta anos depois.

Wally West – Heroes in Crisis

Wally West foi uma das versões mais populares do Flash nas HQs da DC. Para a surpresa dos fãs, o personagem foi completamente esquecido após um dos reboots da companhia. O herói chegou a retornar em DC Rebirth apenas para morrer de novo em Heroes in Crisis.

Bruce Banner – Guerra Civil II

Na segunda versão de Guerra Civil, um cenário parecido com o do filme Minority Report, Bruce Banner encontra seu fim após uma flecha misteriosa atingir sua cabeça. Depois é revelado que o assassino é Clint Barton, atuando sob um pedido do próprio Bruce Banner. Como o Hulk é um dos personagens mais queridos da Marvel, seu retorno não demorou para acontecer.

A Vespa – Ultimatum

Ultimatum, parte do Ultimate Universe, irritou fãs da Marvel ao trazer a morte de inúmeros personagens queridos. Uma das mais estranhas foi a da Vespa, que é derrotada por Blob e tem seu corpo canibalizado.

Sue Dibny – Identity Crisis

A morte de Sue Dibny é um dos eventos que dá início às tramas da HQ Identity Crisis. A personagem é a esposa do Homem Alongado, e é encontrada morta em seu apartamento. No final é revelado que a verdadeira responsável pela morte de Dibny é Jean Loring, a ex-esposa do Átomo. A personagem é enviada para Arkham após a descoberta.

Lian Harper – Cry For Justice

A morte de Lian Harper, a pequena filha de Roy Harper, entristeceu os fãs das histórias do Arqueiro Verde. A garotinha acaba soterrada em escombros após Prometheus executar parte de seu plano para destruir Star City.

Peter Parker – O Espetacular Homem-Aranha

Na última década, Peter Parker morreu duas vezes nas HQs da Marvel. Sua primeira despedida foi um ferramenta narrativa brilhante, que possibilitou a chegada de Miles Morales. A segunda, no entanto, foi bem criticada. Às portas da morte e sofrendo com câncer, o Dr. Octopus desenvolve uma maneira de trocar de corpo com o Homem-Aranha. O vilão tem êxito em seu plano maligno e Peter Parker acaba morrendo no corpo doente de Octopus.

Hera Venenosa – Heroes in Crisis

Os fãs da Hera Venenosa estão brigados com a DC. Após roubar a cena em muitas edições em Heroes in Crisis, a personagem morte de uma hora para a outra. Pior ainda, a imagem de Hera morta foi apresentada de maneira relativamente “sexy”. Ainda existem chances dela retornar em breve.

Superman – The Death of Superman

The Death of Superman foi um dos eventos mais icônicos e importantes na história das HQs. A maioria dos fãs se emocionou com a passagem do herói. Por isso, seu retorno já era esperado.