A Marvel segue em uma crescente de sucesso nos cinemas, arrecandando cada vez mais dinheiro e obtendo um respaldo impressionante também da crítica especializada e dos fãs. Isso não significa que o estúdio está imune de problemas, já que alguns aspectos e métodos que funcionaram nos últimos 10 anos podem acabar se tornando obsoletos se a Marvel não tomar os devidos cuidados.

O CinemaBlend listou 5 problemas que a Marvel pode enfrentar na próxima década.

Fórmula desgastada

Os filmes de super-herói estão em alta no momento, mas isso não significa que esta febre vai durar para sempre. Assim como o que aconteceu com os filmes do gênero faroeste – que eram produzidos em grande escala no passado – a tendência é que as pessoas se cansem de super-heróis em algum momento e a Marvel precisa estar preparada para isso.


Uma maneira de evitar esse problema é investir em cineastas criativos, que fogem do lugar comum e que procuram fazer filmes de super-herói cada vez mais diversos. Além disso, a Marvel poderia reduzir a quantidade de lançamentos anuais, já que uma propagação exagerada de filmes poderia enjoar os espectadores mais rápido do que o normal.

Encontrar novos fãs

Um dos grandes problemas das histórias em quadrinhos é que, na medida em que as tramas vão ganhando sequência, fica cada vez mais difícil para novos fãs começarem a acompanhar as histórias e seus personagens. Um efeito parecido deve acontecer com a Marvel em sua Fase 4, já que para entender os novos filmes, as pessoas precisarão ter assistido os 23 anteriores, o que demanda um tempo e esforço que nem todos estão dispostos a dedicar.

Controvérsia entre os envolvidos

A Marvel teve muita sorte ao longo dos anos, já que poucos artistas envolvidos com o MCU causaram controvérsia e foram alvos de polêmicas, mas isso não significa que algo assim não pode acontecer no futuro. O caso de James Gunn, diretor de Guardiões da Galáxia, que foi demitido e readmitido depois é um grande exemplo disso. Esse tipo de polêmica pode atrapalhar a longevidade da franquia, já que desperta a ira de diversos grupos na sociedade.

Manter o MCU conectado

O MCU tem sido um universo muito sólido e coeso até então, mas manter todas essas histórias e personagens conectados deve se tornar cada vez mais difícil para a Marvel a partir de agora. Com novos personagens e franquias – como os X-Men e o Quarteto Fantástico – chegando, a Marvel vai precisar se superar para manter tudo conectado de uma maneira que faça sentido. O multiverso – conceito introduzido em Homem-Aranha: Longe de Casa – pode ajudar bastante nisso.

Reboots e novas origens

Chegou a hora da Marvel lidar com os X-Men e o Quarteto Fantástico e essas certamente não são tarefas fáceis. Ambas as franquias são muito criticadas e tiveram diversos filmes descartados simplesmente por conta de seus fracassos, o que torna ainda mais difícil a integração delas no MCU. Agora a Marvel tem a difícil missão de dar um reboot satisfatório para as duas franquias, encaixando-as no novo universo sem estragar o que já está aí. Vamos torcer para dar tudo certo.

Mais novo filme da Marvel, Homem-Aranha: Longe de Casa está em exibição nos cinemas brasileiros.