A trágica vida de Pauley Perrette, ex-estrela de NCIS

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Por 15 anos, Pauley Perrette conquistou os fãs da série NCIS como a excêntrica cientista forense Abby Sciuto.

Para a surpresa do público, a atriz deixou a série no ano passado, se queixando do tratamento desrespeitoso e negligente com sua personagem.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os incidentes nos bastidores de NCIS foram apenas um dos capítulos de uma vida marcada por violência, tragédias e dramas pessoais.

Um casamento conturbado

O primeiro e único casamento de Pauley Perrette terminou em 2004, em meio às acusações de violência doméstica e abuso.

Perrette foi casada com o músico e DJ Francis ‘Coyote’ Shivers. Antes de se divorciar oficialmente, a atriz conseguiu uma medida protetiva contra o marido alegando violência física, sexual e psicológica. Na mesma época, duas ex-namoradas de Shivers corroboraram as acusações e fizeram novos relatos.

Mesmo com a medida protetiva, Shivers foi preso diversas vezes por descumprir as decisões judiciais.

Um ataque violento

Em novembro de 2015, Pauley Perrette foi brutalmente atacada por um invasor em sua casa em Hollywood Hills.

Na ocasião, um homem invadiu a casa da atriz, a jogou no chão e a espancou, além de ameaçá-la de morte.

David Merck, de 45 anos, sofria com problemas psicológicos e foi internado em um manicômio após o ataque.

Infelizmente, este não foi o último encontro de Pauley Perrette com atos de violência.

Mais um ataque

Em 2016, Pauley Perrette foi atacada mais uma vez.

Neste novo incidente, a atriz estava parada em um sinal vermelho quando foi surpreendida por um mendigo.

Após Perrette se recusar a dar esmolas, o morador de rua se irritou e agarrou com força o braço da atriz.

Tudo aconteceu muito rápido, e a identidade do agressor nunca foi descoberta.

Abuso sexual

Em 2013, Mike Tyson foi convidado para fazer uma participação especial em NCIS. Logo após o anúncio, atrizes e roteiristas participaram de uma campanha contra o lutador, conhecido por agredir mulheres.

Em solidariedade ao movimento, Perrette revelou em suas redes sociais que havia sido estuprada na adolescência.

A violência aconteceu quando Perrette tinha 15 anos, e influencia sua vida e relacionamentos até hoje.

Stalker

Em 2017, Pauley Perrette abriu o jogo sobre sua luta contínua contra um stalker.

Segundo a atriz, um homem a persegue a mais de dez anos, chegando a ameaçar sua segurança diversas vezes.

Junto com o deputado americano Adam Schiff, a atriz luta no congresso pela aprovação de leis mais severas contra perseguidores.

NCIS

Após deixar NCIS no ano passado, Pauley Perrette deu a entender que sua saída foi motivada por “múltiplos atos de violência”.

No entanto, Perrette não revelou detalhes sobre a situação, afirmando que “existe uma rica e poderosa máquina de publicidade a impedindo de falar”.

Após a saída da atriz, a CBS emitiu uma nota oficial afirmando que Perrette realmente se queixou de incidente no ambiente de trabalho há mais de um ano, porém que tudo já havia sido resolvido.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio