Desde que o Homem-Aranha foi introduzido em Amazing Fantasy #15 em 1962, seu mundo se expandiu de muitas maneiras, tornando-se muito mais profundo e complexo.

O mesmo aconteceu com sua galeria de vilões, que é considerada uma das maiores e melhoras das histórias em quadrinhos.

Aqui, aproveitando o lançamento de Homem-Aranha: Longe de Casa, te apresentamos os mais poderosos vilões do Cabeça de Teia da Marvel.


Escorpião

Em O Espantoso Homem-Aranha #19 (1964), J. Jonah Jameson contrata o investigador particular Macdonald “Mac” Gargan para descobrir como Peter Parker é capaz de conseguir suas suspeitas ótimas fotos do Homem-Aranha.

Gargan falha em sua missão e Jameson o contrata para participar de um experimento que lhe dará úteis habilidades de animais. O procedimento funciona parcialmente, dando características de escorpião para Gargan, mas ao custo de deixá-lo louco.

Gargan é equipado com um traje de alta tecnologia com uma cauda mecânica antes de ser enviado para caçar o Homem-Aranha.

Lagarto

O Lagarto é um dos muitos casos de amigos do Homem-Aranha que se tornaram seus inimigos. O Dr. Curtis Connors trabalhava em uma fórmula envolvendo DNA de lagarto para entender o segredo reptiliano de regeneração de membros.

Sua experiência funciona e o bom médico recria seu braço perdido, mas é transformado em um grande Lagarto humanoide no processo.

Em sua versão original, Connors perdia sua grande inteligência quando se transformava, tornando-se uma besta irracional e violenta, mas os quadrinhos mais recentes passaram a brincar com o nível de controle mental do cientista.

Kraven, o Caçador

Sergei Kravinoff é um ex-aristocrata russo que abandonou sua dinastia em favor de se tornar um grande caçador.

Depois de ter caçado com sucesso as criaturas mais perigosas da Terra, seu foco se torna o Homem-Aranha, que ele acredita que será a joia de sua coleção.

Em preparação para a missão, Kraven, o Caçador bebe um elixir dado a ele por Calypso, uma sacerdotisa do vodu, e ganha uma série de habilidades sobre-humanas, incluindo força aprimorada e um processo de envelhecimento drasticamente retardado.

Homem-Areia

William Baker, também conhecido como o trapaceiro de rua Flint Marko, ganhou super-poderes enquanto fugia das autoridades.

Em sua primeira aparição em O Espantoso Homem-Aranha #4 (1963), Marko se esconde da lei em uma área de testes. Uma bomba nuclear explode nas proximidades e a energia radioativa faz com que ele se funda com a areia sob seus pés.

Como resultado disso, Marko se torna um metamorfo conhecido como Homem-Areia, agora com a capacidade de manipular seu tamanho e forma à vontade.

Rino

Aleksei Sytsevich, o famoso Rino, é um clássico exemplo de vilões grandes, mas extremamente burros.

Sytsevich foi apresentado em O Espantoso Homem-Aranha #41 (1966) como um mafioso russo que é selecionado devido ao seu tamanho e baixa inteligência para passar por severos tratamentos químicos e de radiação para transformá-lo em um super-humano.

Sua armadura de rinoceronte é modelada diretamente em sua pele e fica permanentemente ligada a ele.

Electro

Maxwell Dillon sempre foi um dos mais perigosos super-vilões do Homem-Aranha nas revistas em quadrinhos.

Depois de concordar em ajudar um técnico de manutenção elétrica em apuros por uma quantia em dinheiro, Maxwell acaba sendo atingido por um raio e se torna um capacitor de eletricidade vivo, capaz de disparar explosões elétricas de alta voltagem, bem como se transformar em pura energia e escapar através de fios e soquetes.

Dillon naturalmente usa esses dons para roubar bancos e cometer outras ilegalidades, tornando-se o criminoso Electro.

Venom

Venom é um dos vilões mais populares e icônicos do Homem-Aranha. Um simbionte alienígena chega à Terra e se liga com o Homem-Aranha, dando-lhe um incrível traje preto e branco, aumentando seus poderes.

O processo começou a mudar a personalidade de Peter Parker, que descobriu que não conseguia se livrar to traje. Com a ajuda do Senhor Fantástico, o Homem-Aranha descobriu que o simbionte não conseguia suportar fogo e altos ruídos.

Peter eventualmente acaba no topo de uma torre de igreja, usando os grandes sinos para se separar da gosma do mal. Ele consegue, mas o simbionte enfraquecido se agarra ao jornalista Eddie Brock, que também odiava Peter Parker.

Doutor Octopus

Otto Octavius é um dos inimigos mais antigos do Homem-Aranha. Levou apenas três edições de O Espantoso Homem-Aranha para o Doutor Octopus começar a causar problemas na vida do Homem-Aranha.

Octavius é um cientista genial que acaba com quatro braços mecânicos fundidos a ele depois que um experimento dá errado. O acidente o deixou com a capacidade de controlar telepaticamente os braços e ele logo se tornou megalomaníaco, voltando-se para uma vida de crime para financiar e construir invenções perigosas.

Carnificina

Carnificina e Venom compartilham a mesma herança alienígena, mas há várias coisas que diferenciam o primeiro dos outros simbiontes.

O Carnificina é a prole do simbionte original de Venom, que se liga com o colega de cela de Eddie Brock na cadeia: o assassino em série Cletus Kasady.

Simplificando, Carnificina é o que provavelmente aconteceria se o simbionte fosse ligado ao Coringa.

Duende Verde

Dos muitos vilões do Homem-Aranha, o Duende Verde é o seu maior arqui-inimigo.

O brilhante homem de negócios, cientista e pai negligente Norman Osborn experimenta o que eventualmente foi chamado de Fórmula do Duende.

A fórmula deu-lhe maior força e impulsionou sua mente já bem acima da média, fazendo dele um gênio. No entanto, o preço que Osborn pagou foi sua sanidade, e ele logo se tornou uma adição perigosamente desequilibrada à vida do Homem-Aranha.