CONTÉM SPOILERS!

Ambas as cenas pós-créditos de Homem-Aranha: Longe de Casa funcionam para nos empolgar para o futuro do MCU, particularmente para Homem-Aranha 3 da Sony Pictures e do Marvel Studios, assim como outros potenciais filmes de Fase 4.

Com o lançamento de Homem-Aranha: Longe de Casa nessa semana, explicamos o que acontece nas cenas pós-créditos – e por que são verdadeiras bombas no MCU.


O Clarim Diário existe nesse universo

Um aspecto da mitologia do Homem-Aranha que ainda não tinha aparecido no MCU é o Clarim Diário, o jornal da cidade de Nova York para o qual Peter Parker trabalha como fotógrafo. O Clarim Diário desempenhou um papel fundamental na trilogia do Homem-Aranha de Sam Raimi no início dos anos 2000.

Agora, embora não tenha sido apresentado antes, Homem-Aranha: Longe de Casa confirma que o Clarim Diário existe no MCU, mas em vez de um jornal, é um polêmico site de teorias da conspiração e notícias falsas. A mídia não leva o Clarim Diário muito a sério, mas acaba reportando a nova – e devastadora – informação que eles têm.

J.K. Simmons retorna como J. Jonah Jameson

Talvez a maior bomba das cenas pós-créditos de Homem-Aranha: Longe de Casa seja a revelação de que J.K. Simmons interpreta o J. Jonah Jameson do MCU. O ator, é claro, interpretou J. Jonah Jameson na trilogia de Homem-Aranha de Raimi.

Embora os fãs tenham sugerido novos atores que poderiam interpretar o editor-chefe do Clarim Diário no MCU, parece que o Marvel Studios acredita que Simmons ainda é o ator certo para o trabalho.

No entanto, fica claro que essa nova versão de J. Jonah Jameson não é a mesma da anterior. Esse Jameson é um comentarista político e “jornalista” do site do Clarim Diário que relata uma teoria conspiratória sobre a verdadeira identidade do Homem-Aranha. Seu visual também é bem diferente.

Mystério revela que Peter Parker é o Homem-Aranha

O cerne do relatório de J. Jonah Jameson é duplo. Primeiro, há um vídeo do Mystério que “revela” que o Homem-Aranha o atacou (insinuando que o Homem-Aranha o matou) e estava por trás do ataque dos Elementais em Londres.

É simplesmente mais uma ilusão e um truque final sobre o Homem-Aranha depois que Mystério “morreu” em Londres. A segunda parte do relatório, no entanto, revela que a identidade secreta do Homem-Aranha é a do estudante de ensino médio Peter Parker. Há várias direções nas quais o Marvel Studios poderia adotar este tópico da história.

Talos estava disfarçado de Nick Fury

A segunda cena pós-créditos de Homem-Aranha: Longe de Casa foca mais em Nick Fury e Maria Hill – exceto, é claro, que Fury e Hill não eram realmente eles mesmos.

Em vez disso, é revelado que Talos (Ben Mendelsohn), o metamorfo Skrull introduzido em Capitã Marvel, estava disfarçado como Fury o tempo todo, enquanto sua esposa Soren (Sharon Blynn) estava disfarçada como Hill. Essa revelação na cena pós-créditos explica algumas peculiaridades e furos de roteiro de Homem-Aranha: Longe de Casa.

O verdadeiro Nick Fury está no espaço

Enquanto Talos estava disfarçado como Fury na Terra, o verdadeiro Fury estava no espaço trabalhando com os Skrulls em alguma coisa. Quando vemos Fury, parece que ele está descansando em uma praia, mas a câmera se afasta e revela que ele está descansando em uma sala de uma nave espacial.

Quando sai da sala, ele grita para ninguém em particular para voltar ao trabalho. Ele parece estar de férias, mas a nave deve ter um propósito mais sério.

E.S.P.A.D.A. existe no MCU?

Os fãs da Marvel podem ter uma ideia do que Fury está fazendo em uma espaçonave, o que pode ter relação com a ESPADA (Equipe de Supervisão, Pesquisa, Avaliação e Defesa Alienigena).

Para ser claro, a cena pós-créditos de Homem-Aranha: Longe de Casa não menciona ESPADA pelo nome, mas como Fury está trabalhando em uma espaçonave e presumivelmente monitorando ameaças extraterrestres, não seria surpreendente se tivesse alguma conexão com essa organização.

Nos quadrinhos, a organização é semelhante à SHIELD, mas se concentra em ameaças extraterrestres e não terrestres.