O Rei Leão está de volta aos cinemas. A animação, que é uma das mais amadas da Disney, ganhou um remake que está dando o que falar. Enquanto alguns elogiam o explendor tecnológico do filme, outros criticam a falta de emoção do longa, que não é tão impactante quanto o original. Chegou a hora de falarmos sobre as piores coisas do remake de O Rei Leão.

O ScreenRant listou 5 coisas que tornam o remake de O Rei Leão pior do que a versão original.

Implicações do Hiper-realismo

O hiper-realismo de O Rei Leão é interessante e as tecnologias utilizadas para trazer os animais à vida são bem impressionantes mas nem todos os aspectos disso são positivos. O fato dos animais parecerem bem mais reais do que na animação original tornam algumas cenas bem pertubadoras e desconfortáveis, o que acaba tirando os espectadores do filme.


Uma coisa é ver um leão filhote em 2D chorando pela morte de seu pai. Outra coisa é assistir essa cena quando o leão de fato parece um leão de verdade. Esse aspecto acabou prejudicando bastante a experiência de alguns fãs de O Rei Leão.

Se preparem

O ator Chiwetel Ejiofor vai bem como Scar no remake de O Rei Leão, tão bem quanto o intérprete original, Jeremy Irons. Mesmo assim, quando o assunto é música, Ejiofor infelizmente acaba ficando muito atrás de seu antecessor. A música “Se preparem”, marca registrada do vilão Scar, não passou a emoção necessária na nova versão do filme e Ejiofor não parece ter se dedicado tanto à parte musical quanto Irons.

Rafiki

Rafiki foi um dos personagens mais desperdiçados no remake de O Rei Leão. Uma figura extremamente importante e dramática, que também funciona como um alívio cômico, o personagem funcionava como uma espécie de Yoda – de Star Wars – na animação original, ou seja, um sábio que ao mesmo tempo é sério e engraçado. Aqui, Rafiki não chega a brilhar em momento algum, o que é uma pena.

Originalidade e nostalgia

Infelizmente, o remake de O Rei Leão acaba usando o original de muleta durante quase que a totalidade do filme. Não há nada original e inovador na trama, tudo é pautado na nostalgia e as cenas são basicamente cópias das cenas originais. No fim das contas, essa decisão criativa foi um erro terrível, já que o filme nem de longe consegue impactar como o original. O trunfo deste remake deveria ter sido a originalidade.

Emoção dos personagens

O maior problema do remake de O Rei Leão é a falta de emoção de seus personagens. Sim, mais uma vez, a tecnologia é de fato impressionante, mas nada disso é importante quando os personagens são simplesmente figuras vazias e apáticas. O Rei Leão é uma história de fantasia e não um documentário do Animal Planet. Seus animais não devem ser necessariamente realistas, mas sim carismáticos e cheios de vida. Infelizmente, o remake não consegue emocionar nesse sentido.

O Rei Leão está em exibição nos cinemas brasileiros.