Nesta sexta-feira (5), a série de comédia Seinfeld completa 30 anos desde sua estreia na NBC, em 1989.

Como uma grande obra do audiovisual não pode passar despercebida, listamos aqui os 10 melhores episódios da criação sagrada de Jerry Seinfeld e Larry David. Foi difícil listar só 10, mas fizemos o nosso melhor.

Confira abaixo.


10. The Chinese Restaurant

De muitas formas, este é um dos episódios que mais abraça a gênese de Seinfeld: o nada. Todo o episódio se desenrola em tempo real, com Jerry, Elaine e George esperando para serem chamados à sua mesa em um restaurante chinês. Uma situação que qualquer já passou, e que Jerry e Larry David conseguem tirar as piadas mais improváveis e divertidas.

9. The Strike

Festivus for the rest of us! O episódio natalino que traz o feriado mais Anti-Natal possível. Aqui descobrimos mais um elemento bizarro da infância de George, na forma do Festivus, feriado inventado por seu pai para celebrar a inimizade e o anti-materialismo do Natal. Impagável.

8. The Pie

Aqui temos o exemplo de um roteiro perfeito. A trama central envolve Jerry tentando descobrir o mistério insolúvel de por que sua namorada não aceita um pedaço de torta, e acaba amarrando-se com a tentativa de George de conseguir um emprego e a bizarra situação em que Elaine encontra uma sósia sua em um manequim. Todas essas histórias improváveis se combinam de forma histérica.

7. The Airport

Por mais que seja divertido ver os personagens confinados a uma situação, Seinfeld sempre encontrou formas criativas de colocá-los “lá fora”. O episódio em que cada personagem faz algo diferente em um aeroporto é um dos melhores exemplos, garantindo diversas surpresas.

6. The Serenity Now

Mais um episódio que serve como subversão de expectativas e conceitos dos persongens. Enquanto Jerry tenta lidar com um lado mais emotivo e aberto, George é atormentado por seu pai, fascinado pela filosofia do “Serenity Now!”, que acaba trazendo resultados inesperados – e hilários.

5. The Puffy Shirt

Um dos grandes ícones de Seinfeld. Quando Jerry é forçado a usar uma camisa bufante em uma entrevista, ele ameaça iniciar uma nova moda de “pirata moderno”. Divertidíssimo, mas o grande destaque fica com a subtrama em que George se torna modelo de mãos.

4. The Bizarro Jerry

Quando Larry David deixou a série na oitava temporada, Jerry ficou com a responsabilidade de tocar o restante da história sozinho. The Bizarro Jerry é um bom exemplo da abordagem que Seinfeld passou a adotar, abraçando histórias mais surreais e com elementos fantásticos. Aqui, temos o famoso encontro da versão “Bizarro˜ do grupo.

3. The Soup Nazi

No Soup for you! Uma das frases mais famosas de Seinfeld, e que explora um dos aspectos mais fortes da sitcom: figurinhas espalhadas pela cidade. Aqui, o grupo descobre um restaurante que supostamente tem a melhor sopa de Nova York, mas com um detalhe: o dono é de temperamento esquentado, sendo referido secretamente como o Nazista da Sopa.

2. The Contest

Um dos episódios mais clássicos da série, e que ilustra como Jerry e Larry sempre foram capazes de burlar a censura da TV americana. Neste episódio, o grupo faz uma aposta de abstinência para ver quem é capaz de ficar mais tempo sem se masturbar. Uma premissa das mais absurdas, e que rende diversas situações hilárias onde todos os personagens são testados.

1. The Betrayal

Aqui temos um exemplo de Seinfeld em uma de suas formas mais brilhantes. Ele começa com um conceito intrigante para uma sitcom: desenrolar toda sua narrativa ao contrário, exatamente como Christopher Nolan faria anos depois em Amnésia. É puro brilhantismo de roteiro e direção, narrando a viagem de Jerry, Elaine e George para um casamento na Índia, enquanto Kramer precisa sobreviver ao desejo de vingança de um colega.