Ranqueamos TODOS os filmes do Homem-Aranha no cinema

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com o iminente lançamento de Homem-Aranha: Longe de Casa, o icônico Cabeça de Teia da Marvel agora apareceu em 8 aventuras solo nos cinemas e foi interpretado por 4 atores diferentes (bem mais, se considerarmos as múltiplas versões em Homem-Aranha no Aranhaverso).

Aqui, ranqueamos todos esses filmes do Homem-Aranha, do pior para o melhor.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Espetacular Homem-Aranha 2

O Espetacular Homem-Aranha 2, de Marc Webb, foi uma grande bagunça. O primeiro já não tinha sido muito bom, mas a sequência deu um jeito de piorar ainda mais seus elementos mais problemáticos, como o Peter “popular” e irritante, os vilões terríveis e um enredo com subtramas demais.

Homem-Aranha 3

Dirigido por Sam Raimi, Homem-Aranha 3 pode ter sido polêmico, mas não é tão ruim quanto as pessoas se lembram.

Se removermos todos os elementos relacionados ao Venom, incluindo aquela ridícula cena da dança, temos um filme decente e com muita carga emocional. Foi uma pena que a Sony tenha pressionado tanto Raimi para inserir Venom na história.

O Espetacular Homem-Aranha

O Espetacular Homem-Aranha não é exatamente bom. Lagarto foi um vilão muito mal desenvolvido, a subtrama com os pais de Peter Parker é desnecessária e podiam ter evitado transformar Peter num daqueles adolescentes “legais” que andam de skate.

Mas, pelo menos foi uma produção bem realizada e original, que conseguiu ser superior à sua sequência e Homem-Aranha 3.

Homem-Aranha: Longe de Casa

Tem muita gente que adorou Homem-Aranha: Longe de Casa e anda dizendo por aí que é o melhor live-action do Homem-Aranha até o momento, mas espere até a empolgação passar e a poeira baixar.

Homem-Aranha: Longe de Casa é bom, mas sofre com momentos bobinhos e tediosos e, no fundo, parece “mais do mesmo” em comparação com Homem-Aranha: De Volta ao Lar.

Homem-Aranha: De Volta ao Lar

Homem-Aranha: De Volta ao Lar foi um bom acerto da Marvel. A performance de Tom Holland traz uma energia única para o Homem-Aranha, sem falar no ótimo Abutre vivido por Michael Keaton, que muitos argumentam ser até melhor que o próprio vilão nos quadrinhos.

No geral, tem suas partes irritantes, mas surpreendeu por ser uma abordagem refrescante e original sobre os quadrinhos do maior super-herói da Marvel.

Homem-Aranha

Homem-Aranha, de 2002, começou tudo. Anteriormente conhecido pelo terror, o diretor Sam Raimi conseguiu entregar uma trama charmosa e ao mesmo tempo muito pessoal, impulsionando um gênero que estava voltando a engatinhar após Batman & Robin quase destruí-lo.

É um pouco datado, e a aparência do Duende Verde foi questionável até mesmo para a época, mas no geral representou um ótimo começo para o Homem-Aranha nos cinemas.

Homem-Aranha 2

Na sequência, Sam Raimi melhorou praticamente tudo o que tinha funcionado e também o que não tinha funcionado em Homem-Aranha. Homem-Aranha 2 é mais inteligente, mais divertido e mais emocionante que o antecessor.

O ótimo Doutor Octopus vivido por Alfred Molina foi um destaque, mas talvez o que tenha tornado Homem-Aranha 2 um grande sucesso foi o foco nos problemas pessoais de Peter Parker. Problemas com os quais o espectador podia se relacionar.

Homem-Aranha no Aranhaverso

Homem-Aranha no Aranhaverso não é apenas uma aventura incrivelmente divertida e muito bem animada, mas também brinca com conceitos relacionados às histórias em quadrinhos de maneiras muitos surpreendentes, unindo Miles Morales, Peter Parker, Gwen Stacy e companhia pela primeira vez nos cinemas.

Não foi à toa que ganhou o Oscar de Melhor Animação.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio