Roubou, foi preso e entrou para Livro dos Recordes; coisas que você não sabia sobre The Rock

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nós todos sabemos que Dwayne “The Rock” Johnson é muito carismático, além de ter sido o homem mais sexy do mundo em 2016.

Mas há muito mais sobre Johnson do que o charme, o carisma e a habilidade de trabalhar em muitas grandes produções em sequência.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Aqui estão alguns fatos menos conhecidos (e um tanto estranhos) sobre o astro Dwayne Johnson.

Costumava ter uma vida de crime

Embora seja um dos homens mais agradáveis ​​e bem-sucedidos de Hollywood, Dwayne Johnson nem sempre teve uma vida fácil. Sua adolescência foi bastante problemática.

“Aos 14 anos, quando comecei a treinar, também comecei a ser preso – por lutar, roubar, todos os tipos de coisas idiotas que não deveria estar fazendo. Fui preso 8 ou 9 vezes até os 17 anos”, disse em uma entrevista.

Dwayne Johnson contou mais tarde que participava de uma gangue que roubava itens valiosos de joalherias.

Odiava John Cena

Dwayne Johnson e John Cena, da WWE, são amigos agora, mas a rivalidade entre eles era muito real. Como tudo começou?

Johnson explicou em uma entrevista: “John tinha dito algumas coisas em uma entrevista que não gostei. Senti que as coisas não estavam bem. Apesar de trabalharmos com a mesma coisa, não tínhamos que ser melhores amigos. Foi muito desconfortável.”

O ator adicionou: “Uma noite no ringue – literalmente estávamos nos encarando, a briga começaria a qualquer segundo. Mas através disso, de uma forma louca, estranha e completamente inexplicável, nos tornamos grandes amigos.”

Tem uma treta com Vin Diesel

Em agosto de 2016, Dwayne Johnson entrou na mídia social para criticar uma co-estrela sem nome de Velozes e Furiosos 8 por falta de profissionalismo.

“As atrizes com as quais trabalho são sempre incríveis e as amo”, escreveu. “Meus colegas masculinos, no entanto, são uma história diferente. Alguns se comportam como homens de pé e verdadeiros profissionais, enquanto outros não. Alguns são muito galinhas para serem profissionais. Quando assistirem ao filme e me virem raivoso em uma cena, saibam que eu realmente estava de sangue quente.”

Essa co-estrela era Vin Diesel, especialmente depois que Diesel postou seu próprio vídeo no Facebook em que ele aludiu a uma “semana louca”. “Diesel estava constantemente atrasado. Ele agia como uma diva e já estragou produções antes, então não é surpresa que ele seja o único que The Rock está criticando”, disse uma fonte ao Page Six.

É um sucesso com mulheres mais velhas

Em seu livro de memórias, Dwayne Johnson descreveu, em detalhes, a perda da virgindade aos 14 anos com uma mulher um pouco mais velha. “Sempre fui atraído por mulheres mais velhas e elas frequentemente retribuíram”, escreveu.

“Esse é um dos benefícios de ter um início precoce, acho. Perdi minha virgindade com uma garota de 18 anos chamada Maria. Maria não era apenas uma conhecida ou uma conquista. Ela era, na época, o amor de minha vida. Ela era a única.”

Infelizmente, os policiais terminaram a experiência sexual cedo… porque Johnson e Maria estavam transando em um parque público.

Luta livre é o negócio da família

The Rock é um profissional de luta livre de terceira geração. Seu pai, Rocky Johnson, era um profissional, assim como seu avô do lado da mãe, o “High Chief” Peter Maivia. Sua avó materna, Lia Maivia, foi uma promotora de luta livre profissional e uma das primeiras mulheres do ramo.

O esporte é tão prolífico em sua família que eles foram apelidados de “A Dinastia Samoana”.

Se tornou fisiculturista para superar a pobreza

Além do crime, a adolescência de Johnson também foi atormentada por problemas financeiros.

“Quando era jovem aos 14 anos e estávamos no Havaí, fomos expulsos de nossa pequena casa”, disse Johnson. “Chegamos em casa e tinha um cadeado na porta. Vi minha mãe chorando – era eu e minha mãe – e ela foi despejada. Não havia nada que pudéssemos fazer.”

Esse momento, ele diz, é o que o inspirou a entrar no fisiculturismo. “Só me lembro da época, pensando que nunca queria que isso acontecesse de novo, então queria me tornar um sucesso de alguma forma, para nunca mais sermos despejados”, disse.

“Então, na minha cabeça naquela época, aos 14 anos, os homens que tinham sucesso eram Stallone e Schwarzenegger e caras como esses, que eram esses homens de ação. Caras como eles nunca seriam despejados, eles construíram seus corpos, então decidi construir o meu.”

Queria ser jogador de futebol

Dwayne Johnson estava no time de futebol americano da Universidade de Miami, Hurricanes, mas a ESPN relata que ele só jogou uma vez em todo o seu tempo no time. Na verdade, ele foi substituído pelo futuro astro da NFL, Warren Sapp.

Johnson foi descrito como um bom atleta, se destacando particularmente pela força, mas era lento demais mesmo para os padrões do futebol americano.

Teve que perder peso para trabalhar em Hollywood

Não são apenas as mulheres que sofrem pressão para serem magras em Hollywood. Sim, até mesmo o musculoso The Rock foi instruído a reduzir a intensidade de seu corpo.

“Quando ele estava lutando, estava com 122 quilos e era o governante do mundo”, disse a ex-mulher e empresária de Dwayne Johnson, Dany Garcia.

“Quando entrou para Hollywood, ele caiu para 104 quilos e eles lhe disseram para parar de falar sobre luta livre.”

Recordista mundial

Sabe um fato divertido? Em 2015, Dwayne Johnson estabeleceu um recorde mundial de “maior número de selfies tiradas em três minutos”, segundo o Guinness World Records.

O feito moderno foi realizado na estréia mundial de seu grande sucesso de bilheteria Terremoto: A Falha de San Andreas, em Londres, onde ele supostamente tirou 105 selfies no tapete vermelho, de acordo com o livro de registros.

Vince McMahon o rejeitou

Embora ele seja indiscutivelmente o lutador mais famoso de nossa geração, Dwayne Johnson não encontrou sucesso imediato.

Na verdade, em um ponto no início de sua carreira, ele admite que foi afastado por outro ícone da luta livre: Vince McMahon. O motivo: ele ainda tinha muito a aprender.

Tem um salário estelar

The Rock foi eleito o ator mais bem pago de 2016, levando para casa US$ 64,5 milhões – mais do que o dobro que ganhou apenas um ano antes.

A quantia foi cortesia de grandes salários por Moana: Um Mar de Aventuras e Central de Inteligência, bem como Velozes e Furiosos 8, Baywatch e Jumanji: Bem-Vindo à Selva, que só foram lançados em 2017.

É muito reservado às vezes

Quando Dwayne Johnson estrelou Hércules, ele estava determinado a manter seu visual em segredo – e qualquer um que tentasse estragar tudo para os telespectadores estava em apuros.

“Eu diria que talvez cerca de 50 pessoas tenham sido demitidas – membros da equipe – tentando fotografar”, disse. “Havia uma ordem e todos nós concordamos com isso.”

Steven Spielberg é fã dele

The Rock revelou que recebeu uma carta de ninguém menos que Steven Spielberg depois de uma aparição no Saturday Night Live.

Estava escrito: “Desfruto de seus filmes há muitos anos. Muito divertidos. Sinto como se te conhecesse há muito tempo, ainda mais recentemente, depois da aparição no Saturday Night Live. Ótimo trabalho. Fico orgulhoso por você. Estamos ansiosos para conhecê-lo.”

Johnson admitiu que se sentiu como uma criança ao ler a carta enviada por um dos maiores diretores de todos os tempos.

Teve uma adolescência estranha

Acredite ou não, até Dwayne Johnson teve uma fase estranha. Ele disse ao New York Times que, por ser tão grande e ter bigode aos 15 anos, seus colegas de classe o evitavam. “Eles pensavam que eu era um policial disfarçado. Eu não tinha amigos.”

Ele também detalhou que comprou um carro de um viciado em drogas por US$ 40… mas quando levou o carro para a estrada, descobriu que tinha outro viciado dormindo no banco de trás.

“Nós o expulsamos”, disse, “e depois jogamos o carro em um estacionamento do Burger King.”

Falou sobre a morte de Osama Bin Laden antes de ser anunciada

Considerando que Dwayne Johnson recentemente anunciou que pode ter aspirações políticas, não é de admirar que ele de alguma forma soubesse da morte de Osama Bin Laden antes mesmo de o presidente Obama anunciar isso para o resto de nós.

Mais de uma hora antes de Obama fazer sua histórica coletiva de imprensa, Johnson tuitou: “Acabei de receber uma notícia que chocará o mundo – a terra dos livres, casa dos bravos. MUITO ORGULHOSO SER AMERICANO!”

Então, como ele sabia?

“Se eu te disser isso, não vou só ter que te matar, mas vou ter que decapitá-lo – eu tenho minhas fontes”, disse Johnson. “Eu tenho amigos em cargos altos e baixos. Foi um dia muito interessante. Os indivíduos que estavam lá estavam orgulhosos em me avisar. Eu sabia que o presidente iria dar o seu discurso.”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio