Chucky ou Freddy Krueger? Veja qual icônico vilão mais matou em filmes de terror

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quando se pensa em vilões de filmes de terror, alguns nomes icônicos vêm à cabeça: Chucky, Freddy Krueger, Jason Voorhees, Jigsaw… Todos eles povoaram os pesadelos de gerações de cinéfilos.

A dúvida que fica é: quem matou mais? Qual dos famosos vilões do terror conta com a maior quantidade de mortes em seu currículo?

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Prepare o coração e confira abaixo os 10 vilões que mais mataram em filmes de terror!

Norman Bates – 20

Norman Bates é um dos psicopatas mais conhecidos do cinema, aterrorizando os hóspedes do Motel Bates desde o lançamento de Psicose, em 1960. No filme de Alfred Hitchcock, a morte mais famosa é a de Marion Crane, na icônica cena do chuveiro. A série Bates Motel expandiu a história do personagem, e trouxe mais assassinatos para o jovem Norman. Entre o cinema e a TV, o personagem matou 20 pessoas.

Leatherface – 31

O Massacre da Serra Elétrica é uma das franquias mais violentas da história do terror. Nos 8 filmes da série, 85 pessoas foram brutalmente assassinadas. Dessas mortes, 31 foram cometidas por Leatherface, o vilão mais conhecido. No primeiro filme, lançado em 1974, ele matar apenas 4 pessoas. Vale lembrar que o personagem foi inspirado em parte pelas ações de Ed Gein, um serial killer da vida real.

Pinhead – 35

Lançado em 1987, Hellraiser: Renascidos do Inferno trouxa uma revitalização necessária para o gênero saturado dos filmes “slashers”. A obra de Clive Barker foi criativa, adulta e extremamente estilizada, trazendo a violência a um novo patamar. Pinhead, o líder dos sadomasoquistas Cenobites, foi responsável pela morte de 35 pessoas. O número pode aumentar, já que a saga deve ganhar um reboot em breve.

Chucky – 38

Pequeno e notável, Chucky é definitivamente o boneco mais perigoso da história do cinema. Aparecendo pela primeira vez em O Brinquedo Assassino, de 1988, Chucky traumatizou toda uma geração de crianças e adolescentes. Após o sucesso do filme original, seis sequências foram lançadas, cada uma mais divertida e sangrenta que a anterior. Entre elas, destacam-se a sinistra Brinquedo Assassino 2 e a hilária A Noiva de Chucky. Em seus mais de 30 anos de brutalidade, Chucky matou 38 pessoas. O boneco, no entanto, ainda não está satisfeito. O número de mortos deve aumentar (e muito) com o lançamento do reboot da franquia. O novo Brinquedo Assassino já está em cartaz nos cinemas brasileiros.

Freddy Krueger – 39

Enquanto Jason Voorhees e Michael Myers foram os assassinos clássicos e originais, Freddy Krueger expandiu os limites do horror com alguma das mortes mais criativas e impressionantes do gênero. O fato do vilão assombrar os sonhos das pessoas e conseguir trazer seus poderes para a vida real, é realmente impressionante. Contando com os 8 filmes da franquia original e o reboot de 2010, o protagonista de A Hora do Pesadelo matou 39 pessoas.

Jigsaw – 60

Produzido com um orçamento de pouco mais de 1 milhão de dólares, Jogos Mortais inovou e revolucionou o cenário do terror, faturando mais de 100 milhões nas bilheterias e ajudando a alavancar a carreira de James Wan. Uma verdadeira pioneira do “terror de tortura”, a franquia conta com um vilão extremamente prolífico. Jigsaw, o responsável pelas armadilhas e “jogos”, matou 60 pessoas de maneiras extremamente criativas.

Hannibal Lecter – 98

Hannibal é com certeza o vilão mais sofisticado e inteligente dessa lista. O psiquiatra canibal, interpretado por Anthony Hopkins na série de filmes iniciada por O Silêncio dos Inocentes, é um dos personagens mais influentes da história do cinema, baseado na obra de Thomas Harris. A história do Dr. Lecter foi expandida ainda mais na série Hannibal, que conta com 3 temporadas. Juntando as versões de Hopkins e Mads Mikkelsen, Hannibal quase chegou à centena de mortes, fechando a conta com 98 corpos.

Homem-Invisível – 123

É até estranho ver um vilão dos primórdios do terror no cinema em uma posição tão alta. O Homem-Invisível é o protagonista do filme homônimo, lançado em 1933. Após conseguir a invisibilidade em um excruciante estudo científico, o Dr. Jack Griffin perde a cabeça e resolve matar qualquer um que entre em seu caminho. O vilão chegou a destruir completamente um trem lotado, o que eleva seu número de mortes para 123.

Michael Myers – 133

Graças ao reboot-continuação de 2018, Michael Myers finalmente superou o saldo de mortos do Homem-Invisível. Um dos vilões mais icônicos não apenas do terror, mas do cinema, Myers é um serial killer poderoso, que escapa do manicômio para massacrar qualquer um na noite do Halloween. Contando com os sete filmes da franquia original, o remake de Rob Zombie e a versão de 2018, Michael Myers assassinou 133 pessoas.

Jason Voorhees – 151

O primeiro lugar não poderia ser diferente. Jason é sinônimo aos filmes de terror, e ficou conhecido para sempre como o rosto do gênero, mesmo este rosto sendo uma máscara. O assassino matou 151 pessoas em oito filmes da franquia original, no bizarro Jason X (que leva o psicopata ao espaço), em Freddy vs. Jason e no reboot de 2009. O interessante é que, no primeiro Sexta Feira 13, Jason não é o responsável pelas mortes dos adolescentes. Quem mata é Pamela Voorhees, a desequilibrada mãe do personagem.

Para quem curte filmes de terror, uma ótima opção está em cartaz nos cinemas brasileiros. O reboot de O Brinquedo Assassino estreou no último dia 22, e traz uma versão completamente diferente (e ao mesmo tempo familiar) do icônico Chucky.

O Brinquedo Assassino tem seu elenco Aubrey Plaza (Legion), Gabriel Bateman (Annabelle) e Mark Hammil (Star Wars) como a voz do boneco. A direção é de Lars Klevberg.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio