Do pior ao melhor: Ranqueamos os vilões da Fase 3 da Marvel

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Fase 3 da Marvel introduziu alguns dos vilões mais memoráveis da franquia.

Em certas ocasiões, os malfeitores roubaram a cena e ficaram mais populares que os heróis. Em outras, foram rapidamente esquecidos pelo público.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O site What Culture elaborou um ranking com os melhores vilões da Fase 3 do MCU; confira abaixo!

Atenção! Loki não está nessa lista pois sua primeira aparição aconteceu bem antes da Fase 3.

Ghost

Ghost é a vilã de Homem-Formiga e a Vespa. Com a habilidade de atravessar objetos sólidos, Ghost não queria vingança ou dominação mundial. O objetivo da personagem era se curar a partir do trabalho de Hank Pym. O público conseguiu ter empatia com a personagem, e sua trágica história emocionou muita gente.

Kaecilius

Mads Mikkelsen tem um talento especial para interpretar vilões. Kaecilius teve um início promissor em Doutor Estranho, porém a introdução de Dormammu acabou roubando os holofotes.

Yon-Rogg

Durante a divulgação de Capitã Marvel, o papel de Jude Law permaneceu em segredo. Uma das reviravoltas do filme apresenta Yon-Rogg como o vilão, e o ator produz uma performance decente e adequada para o personagem. Infelizmente, o público não tem a possibilidade de conhecer melhor o personagem, já que ele fica ausente de boa parte do filme.

Ego

Uma das partes mais interessantes de Ego é seu relacionamento com Peter Quill. A revelação da verdadeira identidade do pai do herói pegou muita gente de surpresa, e foi um dos pontos altos de Guardiões da Galáxia 2.

Zemo

Sem poderes especiais ou super habilidades, Barão Zemo foi a mente brilhante por trás de grande parte dos eventos de Capitão América: Guerra Civil. O personagem vai retornar na série Falcão e o Soldado Invernal.

Mysterio

Fãs da Marvel comemoraram quando Mysterio foi anunciado como um dos protagonistas de Homem-Aranha: Longe de Casa. Jake Gyllenhaal correspondeu às expectativas dos fãs e apresentou um vilão interessante, misterioso e eficiente.

Hela

Hela roubou a cena em Thor: Ragnarok, e poderia ter sido muito melhor utilizada no MCU se não morresse no final do longa. Os filmes da Marvel não contam com muitas vilãs, e até agora Hela é a melhor entre elas. A personagem estabeleceu no início do filme seu poder e carisma, contando com uma interpretação memorável de Cate Blanchett, que parecia estar se divertindo horrores na pele da vilã.

Abutre

Em mais uma performance sensacional, Michael Keaton dá novos contornos para o inimigo do Homem-Aranha. Apresentado inicialmente como um homem comum tentando sustentar a família, o Abutre conseguiu a simpatia do público ao mostrar os efeitos das tramas dos super heróis na vida dos cidadãos comuns. Keaton consegue mostrar com facilidade os dois lados conflitantes do vilão.

Killmonger

Em um raro exemplo nos filmes da Marvel, Killmonger se estabelece como um vilão com motivações extremamente justificadas. Utilizando métodos extremos para atingir seus objetivos, Erik Killmonger consegue até mesmo mudar alguns aspectos da opinião de T’Challa. Além disso, a cena da morte do personagem emocionou fãs do mundo inteiro.

Thanos

O primeiro lugar não poderia ser diferente. Vilões como Killmonger e Hela podem até ser mais carismáticos, mas nenhum foi mais importante que o Titã Louco. O personagem conseguiu manter a trama das Joias viva por vários filmes, e encontrou um final à altura em Vingadores: Ultimato.

Você sabe como Vingadores: Ultimato preparou o terreno para as séries do MCU? Descubra TUDO o que sabemos sobre as séries da Disney+ e muito mais no Observatório de Séries. Além disso, confira o gameplay de Marvel Ultimate Alliance 3, que trará Thanos e a Ordem Negra de volta, no Observatório de Games!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio