Liga da Justiça, Quarteto Fantástico e os maiores fracassos de filmes de super-heróis da década

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Não há dúvidas de que os filmes de super-heróis dominam as bilheterias na atualidade. Com orçamentos milionários e resultados ainda mais lucrativos, tudo indica que essa onda vai demorar a passar.

Mesmo assim, as histórias de super-heróis não são garantia de sucesso. Filmes da Marvel, DC e outras companhias já amargaram fracassos de bilheteria e críticas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O site CBR listou os maiores fracassos de filmes de super-heróis na última década, confira abaixo!

Max Steel

Max Steel causou uma impressão tão insignificante nos cinemas que muita gente nem se lembra de sua existência. Lançado em 2016, o filme conta com 0% de aprovação no Rotten Tomatoes. Max Steel custou dez milhões de dólares para ser produzido, e faturou apenas 6,3 milhões em sua bilheteria.

Os Guardiões

Este filme russo lançado em 2017 causou a falência do estúdio Enjoy Movies. Os Guardiões custou 5,4 milhões e arrecadou 15 milhões nas bilheterias. O montante está longe de ser um fracasso, porém foi bem menor do que o prometido para os investidores. Insatisfeitos, um grupo de patrocinadores processou o estúdio que foi à falência pouco depois.

Dredd

Nem todos os fracassos de bilheterias são filmes ruins, e este remake é a prova disso. O longa traz o retorno do clássico personagem Judge Dredd, com orçamento de 45 milhões. Infelizmente, a bilheteria do filme não superou o orçamento, com 41 milhões. Desde então, o filme ganhou um certo caráter cult e fez sucesso em plataformas digitais.

Hellboy

O remake de Hellboy, lançado neste ano com David Harbour como protagonista estava fadado ao fracasso desde o lançamento de seu primeiro trailer. O filme foi massacrado pelos críticos e falhou em recuperar seu custo de produção.

Liga da Justiça

Prejudicada pelo lançamento corrido, inúmeras refilmagens, edições e cortes, Liga da Justiça não alcançou nem de longe o impacto desejado pela DC. Liga da Justiça custou 300 milhões para ser produzido e faturou 657 milhões nas bilheterias. No entanto, devido a um orçamento milionário em marketing e divulgação, além dos atrasos da produção, o filme representou um prejuízo de 50 a 100 para a Warner.

As Tartarugas Ninja – Fora das Sombras

Apesar do sucesso considerável do primeiro reboot de As Tartarugas Ninja, a sequência do longa falhou em recuperar o custo de sua produção, não gerando lucro para o estúdio.

Lanterna Verde

O fracasso de Lanterna Verde foi tão grande que fez com que a Warner congelasse por anos a possibilidade de um Universo da DC nos cinemas. Nem o carisma de Ryan Reynolds salvou Lanterna Verde, condenado por críticos e fãs das HQs. O filme teve orçamento de 200 milhões e faturou apenas 219 nas bilheterias.

Power Rangers

O reboot de Power Rangers foi bem recebido pelos críticos, e trouxe uma revitalização necessário para a franquia. Prejudicado pela classificação indicativa, o filme contou com apenas 42 milhões a mais que seu custo de produção nas bilheterias.

Quarteto Fantástico

O reboot de Quarteto Fantástico, lançado em 2015 entrou nos anais da história como um dos piores filmes de super-heróis de todos os tempos, e discutivelmente o pior da década. O longa foi criticado em basicamente todos os aspectos, de atuação à roteiro, passando pela caracterização dos personagens (que assumiu um caminho bem diferente das HQs). Com uma produção avaliada de 120 a 155 milhões, sem custos de publicidade, a bilheteria terminou com apenas 168 milhões. Segundo análises financeiras, o longa representou um prejuízo de 80 a 100 milhões para a Fox.

R.I.P.D

Em listas de filmes de super-heróis, R.I.P.D é muitas vezes esquecido. Com uma premissa simples, o filme não empolgou audiências. Com orçamento de 153 milhões, o filme faturou apenas 78,3 nas bilheterias.

X-Men: Fênix Negra

X-Men: Fênix Negra ainda está sendo exibido em alguns países, porém seu fracasso já está mais que confirmado. Massacrado por críticos e fãs da Marvel, o filme marcou um triste fim para a história dos mutantes na Fox. Uma das maiores bombas do ano, o filme causou um prejuízo de cerca de 170 milhões de dólares.

O Cavaleiro Solitário

Lançado no início do declínio da carreira de Johnny Depp, O Cavaleiro Solitário foi extremamente criticado por sua duração exagerada, tom inconsistente e estereótipos raciais. Com um orçamento de cerca de 250 milhões de dólares (sem contar com a divulgação), o filme contou com uma bilheteria de apenas 260 milhões.

John Carter

John Carter já é considerado uma das maiores bombas da história do cinema. Baseado na história do personagem homônimo criado por Edgar Rice Burroughs, o autor de Tarzan, o filme foi divulgado como uma obra prima do cinema. Infelizmente, John Carter nunca conseguiu encontrar seu público. O filme causou um prejuízo de cerca de 200 milhões de dólares para a Disney.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio