Os melhores uniformes alternativos dos heróis do MCU que você nunca verá nas telas

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Marvel possui diversos profissionais competentes, que sempre trouxeram à vida uniformes e trajes incríveis para os heróis do MCU. Mesmo assim, durante o processo de produção dos filmes, muita coisa acaba sendo descartada, mas nem tudo que é deixado de lado é necessariamente ruim.

Por isso, o CBR resolveu listar as melhores artes conceituais de uniformes alternativos dos heróis da Marvel que acabaram sendo descartadas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Loki

Em uma arte conceitual feita para Thor: Ragnarok, o artista Aleksi Briclot imaginou um Loki completamente diferente do que vimos na Marvel até então. Com um traje elegante e parte da cabeça raspada, Loki aparece nesta arte conceitual ao lado de Fenris Wolf, criatura que acabou se aliado a Hela na versão do filme que chegou aos cinemas.

Mantis

Criada por Andy Park, essa arte conceitual de Mantis chegou a ser aprovada pela Marvel durante a produção de Guardiões da Galáxia Vol.2, mas acabou sendo descartada no final pelo fato de sua realização ser pouco prática. Mesmo assim, podemos observar como Mantis teria uma aparência similar a de um inseto, com um tom de pele amarelado e antenas mais finas.

Bucky

A arte conceitual de Bucky feita para Capitão América: Soldado Invernal é uma das melhores divulgadas pela Marvel. O artista Josh Nizzi deu a Bucky um visual bem interessante, mas esse traje jamais funcionaria no filme, já que grande parte da trama depende do fato de que Bucky está mascarado e disfarçado de Soldado Invernal.

Falcão

Também feita pelo artista Josh Nizzi para Capitão América: Soldado Invernal, essa arte conceitual é uma das mais interessantes da Marvel. Nela, o traje de Sam Wilson se assemelha muito mais ao de um Falcão, com asas mais finas.

Hulk

Em uma arte conceitual feita para Thor: Ragnarok, o artista Ryan Meinerding imaginou Hulk de um jeito bem diferente, com cabelos longos e uma barba mal feita. Esse visual teria sido bem interessante para demonstrar o estado de espírito do gigante da Marvel, que acaba sendo obrigado a lutar como gladiador durante os eventos do filme.

Homem-Aranha

Também feita por Ryan Meinerding, essa arte do uniforme do Homem-Aranha feita para De Volta ao Lar também foi uma das mais interessantes divulgadas pela Marvel. Nela, o uniforme do herói parece mais escuro e a aranha em seu peito parece bem maior do que a do traje original.

Bebê Groot

Essa versão do Bebê Groot, desenhada por Josh Herman é bem parecida com a versão que tivemos nos filmes da Marvel. As únicas diferenças aqui são o tamanho do personagem – que parece um pouco maior nessa arte – e o fato dele carregar um guaxinim de pelúcia – em referência ao seu amigo Rocket Raccoon.

Chitauri

Para quem não se lembra, os Chitauri são a raça que ajudou Loki a invadir a Terra durante Os Vingadores. Nesta arte conceitual, feita por Adi Granov, os Chitauri teriam uma aparência mais futurista e robótica, sendo menos monstruosa do que a versão que acabou chegando aos cinemas.

Capitão América

Esse traje seria perfeito para Capitão América: O Primeiro Vingador e é uma pena que ele não tenha sido utilizado. Feito por Ryan Meinerding, o traje mostra um visual bem diferente do que o personagem geralmente usa na Marvel. Como a maior parte do filme se passa na guerra, teria sido interessante ver Steve Rogers com esse uniforme alternativo.

Pantera Negra

Esse traje feito por Andy Park é de longe a arte conceitual mais linda dos filmes da Marvel. Feito para T’Chaka, o pai do Pantera Negra que conhecemos, o traje mistura a ferocidade do herói e seu status de realeza de uma maneira fantástica. Tomara que esse design seja reaproveitado pela Marvel em algum momento.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio