Além de conseguir estabelecer os filmes de super-heróis como as maiores bilheterias dos últimos tempos, a Marvel angariou uma enorme base de fãs no mundo todo. Os atores do MCU são os mais bem pagos da atualidade, e o sucesso tender a aumentar ainda mais na Fase 4.

Com tanto sucesso, não é de se espantar que a Marvel também tenha acumulado alguns desafetos no mundo do entretenimento. De 2008 para cá, alguns atores e atrizes importantes criticaram, zoaram ou tretaram com os filmes do MCU.

Confira abaixo!


Terrence Howard

Terrence Howard interpretou James Rhodes, o Máquina de Combate, no primeiro filme do Homem de Ferro. Após a divulgação do sucesso financeiro do filme, o ator se surpreendeu com uma redução considerável em seu salário para a sequência, além de uma diminuição na importância de seu personagem. Ele se recusou a participar do filme e foi substituído por Don Cheadle, que interpreta o herói até hoje.

Em uma entrevista meses após a substituição, Howard afirmou que adorava Don Cheadle e estava feliz com a escalação do amigo. Porém, mandou um recado para a Marvel: “Eles que se f*dam”.

Christopher Eccleston

Como Malekith em Thor: Mundo Sombrio, Chistopher Eccleston se estabeleceu como um dos vilões mais esquecíveis do MCU. O ator britânico contou ter odiado cada minuto das gravações do longa, principalmente pela enorme quantidade de tempo gasta com a aplicação da maquiagem e das próteses do Rei dos Elfos Sombrios.

“Thor? Era como ter uma arma apontada para minha cara”, resumiu Eccleston sobre sua experiência no MCU.

Jodie Foster

O problema de Jodie Foster com a Marvel é puramente artístico. Na verdade, a aclamada atriz nem chegou a citar o nome da companhia em especial, apenas deu sua opinião sobre os filmes de super-heróis em geral.

“O cinema se tornou um parque de diversões. Estúdios produzindo conteúdo ruim para agradar as massas e acionistas… Isso é igual perfurações do solo, você consegue os melhores resultados imediatos mas ferra a Terra em um longo período. Essa prática está arruinando os hábitos dos americanos e do resto do mundo”, explicou Jodie Foster.

George Takei

As críticas de George Takei aos filmes do MCU tinham uma motivação justa. O ator conhecido principalmente por seu papel na saga Star Trek, criticou a escolha de Tilda Swinton para o papel da Anciã em Doutor Estranho. Nas HQs, o personagem é um homem asiático, e a escolha da atriz veio justamente para impedir a caracterização de esteriótipos negativos.

“Eles escalaram uma atriz branca para não prejudicar o faturamento… na Ásia? Devem achar que somos idiotas”, criticou Takei.

Chloe Bennet

Chloe Bennet interpreta Daisy na série Agents of SHIELD. A atriz se cansou do hábito dos filmes do MCU de ignorar todos os acontecimentos da série. Para a artista, não custava incluir algumas referências à série nos filmes, e a esnobada pareceu descaso.

“Pessoal que participa dos filmes da Marvel, por que vocês não reconhecem o que acontece na nossa série? Eles parecem não se importar”, desabafou a atriz em seu Twitter.

Dave Bautista

Dave Bautista, o Drax de Guardiões da Galáxia, se revoltou com as decisões da Disney após a demissão de James Gunn da sequência do longa, após tweets antigos do diretor ressurgirem na internet.

“Não estou feliz com o que fizeram com o James Gunn. Eles estão adiando o filme… indefinitivamente. Para ser honesto com vocês, não sei se vou voltar a trabalhar para a Disney. Sempre fui honesto em minhas críticas, e não tenho medo de admitir como estou me sentindo”.

Simon Pegg

Mesmo participando de vários filmes de comédia e alguns capítulos de Missão Impossível, Simon Pegg criticou os filmes da Marvel por serem “infantis e idiotas”. Curiosamente, as declarações vieram pouco depois da Marvel retirar o ator da produção do filme do Homem-Formiga.

“Essencialmente, estamos consumindo coisas muito infantis. Histórias em quadrinhos e super-heróis. Adultos estão assistindo e levando a sério! Isso é emburrecedor de certa maneira, pois tira o foco de problemas do mundo real”, opinou o britânico.

Idris Elba

Assim como Chistopher Eccleston, Idris Elba não curtiu muito seu tempo na Marvel pelo visual de seu personagem. O ator detestava colocar as lentes de contato, armadura e maquiagem de Heimdall, e descreveu o processo como “tortura”.

“O cabelo falso chegou a grudar na minha cabeça com cola após as gravações. Isso sem contar as lentes de contato e o capacete. Falei com meu agente ‘isso é tortura cara, não quero fazer isso mais’, e ele disse que era parte do acordo”, contou o ator.

Mel Gibson

Mesmo tendo produzido e dirigido o sangrento Paixão de Cristo, Mel Gibson criticou os filmes da Marvel pela violência empregada nas histórias.

“Para falar sobre a questão da violência, veja qualquer filme da Marvel. Eles são muito mais violentos do que qualquer coisa que eu já fiz, e nos meus filmes, o público realmente se importa com os personagens. Isso os torna mais importantes. É só disso que vou dizer”, opinou Gibson.

Edward Norton

Antes do lançamento da trama interligada do MCU, Edward Norton interpretou Hulk no filme do diretor Louis Leterrier. O ator teve um embate com a Marvel antes do lançamento de Vingadores, já que a companhia resolveu substituí-lo por Mark Ruffalo nos filmes subsequentes. Na época, o ator criticou tanto o MCU quanto os filmes de heróis anteriores.

“Eu participei de um grande filme de ação chamado O Incrível Hulk. Você sabe o que deu errado? Eu queria um roteiro melhor”, explicou Edward Norton.