Durante a D23, foi divulgado um trailer de Star Wars: A Ascensão Skywalker que mostra a protagonista Rey (Daisy Ridley) completamente diferente do que já vimos. Encapuzada e com um Sabre de Luz vermelho, a heroína parece ter sucumbido de vez ao lado sombrio da Força.

Apesar de não haver certeza sobre a veracidade dessa cena – que pode ser uma ilusão ou visão de Rey – não é segredo que Star Wars já flerta com a possibilidade de Rey ir para o lado negro há algum tempo.

Por isso, o ScreenRant listou as 10 vezes em que Star Wars previu Rey indo para o lado negro da Força.


A caverna

Quando Rey cogita fazer uma visita na caverna de Ach-To em Star Wars: Os Últimos Jedi, Luke Skywalker (Mark Hamill) a repreende, dizendo, “Você foi direto para a escuridão. Esse lugar te oferece algo que você precisa, e você nem tentou se controlar”.

Apesar da caverna não ter revelado nada significante para Rey, esse diálogo mostra que a protagonista está mesmo sendo atraída pelo lado negro da Força em Star Wars.

Raiva em batalha

Rey sempre mostra uma fúria intensa em combate. Isso pode ser visto pela primeira vez em Star Wars: O Despertar da Força, quando a heroína enfrenta Kylo Ren (Adam Driver) utilizando toda a sua raiva em combate. Como Yoda disse uma vez, “A raiva leva ao ódio e o ódio leva ao lado negro da Força”.

Conexão com Kylo Ren

A conexão complexa entre Rey e Kylo Ren durante Star Wars: Os Últimos Jedi deixou diversos fãs preocupados com o futuro da heroína. Visivelmente tentada, a personagem acabou se aproximando demais do vilão, o que pode indicar uma possível virada para o lado negro.

Tentativa de matar Snoke

Um Jedi só mata quando necessário. Em Star Wars: Os Últimos Jedi, o primeiro instinto de Rey ao entrar em contato com o Supremo Líder Snoke (Andy Serkis) é tentar matá-lo. Ela falha nesse aspecto, mas essa vontade constante só mostra que Rey está mesmo sendo tentada – e cedendo – à sua raiva.

Domínio da Força em apenas um dia

Quando Luke Skywalker pergunta para Yoda se o lado negro é mais forte do que o lado da luz, Yoda responde que ele é apenas mais fácil. Esse argumento pode ser usado para justificar a facilidade em que Rey aprende a usar seus poderes em Star Wars: O Despertar da Força. Será que Rey seguiu o caminho fácil aqui? É possível.

A vida em Jakku

Em Star Wars: O Despertar da Força, somos apresentados a Rey, uma jovem orfã que vive sua vida como uma colecionadora de sucatas. Essa origem pobre e desajustada é bem semelhante a de Anakin Skywalker/Darth Vader, e todos sabemos como ele acabou sucumbindo para o lado negro. Portanto, essa início conturbado pode ser mais um indício de que Rey tem tendência a cair para o lado sombrio.

Atacar Luke

Convencida pela história de Kylo Ren, Rey confronta Luke Skywalker em Star Wars: Os Últimos Jedi, chegando inclusive a combater seu mestre e golpeá-lo. Isso certamente não é uma coisa que um Jedi faria.

A raiva de Rey no combate na Sala do Trono

Mais uma vez, a raiva de Rey em combates vem à tona. Na cena da Sala do Trono em Star Wars: Os Últimos Jedi, Rey enfrenta os Guardas Pretorianos ao lado de Kylo Ren. O que se destaca aqui é sua fúria em combate, que difere totalmente do que foi mostrado por Mestres Jedi como Yoda e Qui-Gon, que lutavam calmamente para não ceder ao lado negro da força.

Visão dos Cavaleiros de Ren

Em Star Wars: O Despertar da Força, Rey tem uma visão dos Cavaleiros de Ren ao tocar o Sabre de Luz de Luke. Curiosamente, a protagonista não se mostra assustada nessa cena, sua expressão parece ser mais de curiosidade e dúvida do que qualquer outra coisa.

Como os Cavaleiros de Ren finalmente vão aparecer em Star Wars: A Ascensão Skywalker, talvez eles tenham algum papel em recrutar Rey para o lado negro da força.

Rey matou seus pais?

Ok, essa é apenas uma teoria dos fãs de Star Wars, mas não é impossível que ela seja verdade. Com toda a evidência e flashbacks que temos, é possível que a jovem Rey tenha eliminado seus pais em um acesso de raiva, ou por falta de controle dos seus poderes. Se isso de fato aconteceu, está mais do que provado que Rey é mesmo uma usuária do lado negro da força.

Star Wars: A Ascensão Skywalker estreia em 19 de dezembro.