Quando Thomas e Martha Wayne foram mortos a tiros no Beco do Crime por Joe Chill em um ato sem sentido de violência, despertou um desejo interminável em seu jovem filho, Bruce. Esse desejo seria que uma guerra interminável contra o crime fizesse o possível para garantir que a tragédia que o abateu nunca mais aconteceria com ninguém.

Ele treinou seu corpo, ele treinou sua mente. Ele se tornou o Batman, um símbolo de esperança para todas as pessoas boas de Gotham City e um símbolo de pavor e terror para os criminosos.

Ao longo dos anos, Bruce Wayne inventou todos os tipos de ferramentas, instrumentos e armas para ajudar sua guerra contra o crime. Quando seu “super-poder” é uma conta bancária sem fim, você pode criar ou comprar tudo o que precisar.


Mas, além de ser prático, pragmático e um pouco paranoico, Bruce é um cara muito sádico. De que outra forma ele seria capaz de assustar criminosos? Ele criou uma tonelada de invenções e armas apavorantes ao longo dos anos. Aqui estão as dez coisas mais perigosas que Bruce Wayne já criou.

Máquina de hipnose

Nos últimos anos, surgiu um meme de Batman dando um tapa na cara do Robin. Além do abuso infantil que foi permitido retratar durante esses anos nos quadrinhos, o resto da história tem mais tortura psicológica.

Na história imaginária, contada em World’s Finest #153, Bruce fica furioso porque o Superman matou seus pais. Robin leva um tapa enquanto tenta defender Clark. Em seguida, ele é colocado na máquina de hipnose de Bruce, sua memória é limpa e ele é devolvido ao orfanato de onde veio. Nunca contradiga o Batman.

Um satélite espião

Depois que Sue Dibny foi violentamente espancada pelas mãos do Dr. Luz, alguns membros mais jovens da Liga da Justiça decidiram ensinar-lhe uma lição.

Zatanna apagou a mente de Batman do incidente, mas quando ele se lembrou do que havia acontecido, Bruce Wayne usou várias subsidiárias para colocar um satélite espião gigante em órbita.

Ele coletou grandes quantidades de dados sobre qualquer um. Infelizmente, Ra’s al Ghul conseguiu invadir o sistema, iniciando os eventos da Torre de Babel.

Bala vibratória

Depois que Bruce lançou o satélite espião, os dados que ele coletou quase aniquilaram completamente a Liga da Justiça. Como você para Flash, o homem mais rápido do mundo?

De alguma forma, Batman conseguiu fabricar uma “bala vibratória”, causando convulsões epilépticas à velocidade da luz com uma bala que Flash não conseguia atravessar.

Um vírus para Ciborgue

Batman deve ter visto um ou dois filmes de O Exterminador do Futuro durante sua vida. De que outra forma você explicaria que ele era tão paranoico com a possibilidade de que Ciborgue se tornasse mau?

Enquanto o software de Ciborgue está constantemente se atualizando, o que o mantém protegido de todos os tipos de vírus de computador, Bruce decidiu infectar o código-fonte do garoto. Em Injustice #15, foi revelado que Batman teve a intenção de lançar um vírus nele.

Dispositivo sonar

Em Batman: O Cavaleiro das Trevas, Lucius apresenta Bruce a uma versão em miniatura da tecnologia de sonar, quando ele está prestes a pegar um suspeito e trazê-lo de volta aos Estados Unidos.

Ele então pega esse conceito e trabalha com tudo, transformando todos os celulares em Gotham City em um sistema de câmera/sonar em miniatura para ajudá-lo a encontrar o Coringa. Embora Lucius o tenha destruído no final, não há dúvida de que Batman teria um sistema de espionagem maior em funcionamento em algum lugar.

Planos de defesa contra a Liga da Justiça

Batman elaborou um plano de contingência para todo e qualquer um de seus companheiros de equipe da Liga da Justiça, caso algum dia eles ficassem maus. Alguns exigiram que ele criasse novos instrumentos de tortura, como uma bala vibratória para o Flash.

Outros envolveram alguma tecnologia existente, como infectar a Mulher-Maravilha com um nanite para fazê-la pensar que ela estava em um combate mortal com sua igual.

No entanto, é o simples fato de ele ter inventado todos esses planos que é realmente chocante. Ele até tinha um para si, se alguma vez visse o suficiente para se tornar o vilão: a própria Liga da Justiça.

Tumbler

É um tanque gigante que acelera por Gotham City, não há muitas coisas mais aterrorizantes do que ter essa monstruosidade de veículo atrás de você.

O Tumbler pode ter sido projetado por Lucius Fox, mas Bruce certamente fez algumas atualizações. Mais notavelmente, o Batpod que ejetou para fora do tanque quando foi destruído.

Bat-taser

Correr e combater o crime com uma fantasia de morcego gigante atrairá alguns inimigos ao longo dos anos. Alguém certamente gostaria de descobrir sua identidade secreta.

Como Batman é responsável por tudo, todo o seu traje está equipado com um mecanismo anti-roubo, caso alguém seja burro o suficiente para tentar espiar por baixo do capuz.

Além de um pequeno choque estático, a corrente elétrica do traje pode ser controlada através das luvas de Bruce. Talvez com esse tipo de mecanismo de defesa, o Batman deva usá-lo com mais frequência ao espancar criminosos.

Nanites inflamáveis

O Caçador de Marte não é apenas um dos membros mais poderosos da Liga da Justiça, mas também um dos mais respeitados. A maior fraqueza dele é o fogo.

Foi exatamente por ser tão poderoso que o plano de Batman para pará-lo consistia em expor o Caçador de Marte a nanites inflamáveis, que o fazia explodir em chamas ao ser exposto à atmosfera. Ele seria um dos primeiros heróis a serem atacados em Torre de Babel.

Kryptonita vermelha

Há muito tempo, Superman deu a Batman um anel de kryptonita, caso ele precisasse ser derrubado. Ao longo dos anos, Batman tem armado a kryptonita em todos os tipos de medidas de segurança contra o Superman – armas, manoplas, flechas.

Mas ele também expôs a pedra a todos os tipos de radiação, criando a kryptonita vermelha. O novo elemento causou intensa dor ao Superman, além de superexpor seus sentidos. Batman criou isso no caso de precisar manter o Superman à distância e não matá-lo.

Você conferiu TUDO o que a DC Universe anunciou na San Diego Comic Con? Até mesmo o trailer CHEIO de palavrões de Arlequina? Veja como Brooklyn Nine-Nine foi oficializado no universo da DC graças ao Batman, a teoria de que Aqualad estará morto em Titãs e muito mais no Observatório de Séries.